Litania da Fome

(…)
Aqui é o fim do mundo

Minha terra tem palmeiras
Onde sopra o vento forte
Da fome, do medo e muito
Principalmente da morte
Olelê, Lalá
(Torquato Neto)

O testemunho da fome, colhida na rede social Facebook. As pessoas em desespero sem ter a quem recorrer e escutar suas dificuldades e necessidades, deram de conversar com o Banco. Esta instituição, um banco estatal, foi designado para realizar os pagamentos do auxílio emergencial. Diante da dificuldade em receber o dinheiro do auxilio, acessaram a página do Banco na esperança de serem ouvidas e terem suas garantias respeitadas.
Este módico auxílio foi designado para que as pessoas ficassem em suas casas durante o distanciamento social realizado como medida sanitária durante a pandemia do Coronavírus.
Para inscreverem-se deveriam acessar um App ou um site e demonstrarem estar em situação vulnerável. Após preencherem o cadastro, e caso fossem aprovados deveriam acessar um outro app, agora do Banco para receberem o dinheiro ou fazerem transferências ou pagamento de contas. As pessoas que já estavam inscritas em programas sociais do governo receberiam automaticamente.
Mais de 50 milhões de pessoas se inscreveram para receber o auxílio. E aqui damos voz a estes sobreviventes que dormiram em calçadas enquanto tentavam submetê-los a paisagem inóspita e ao esmagamento à mera vida.

1º. Dia da Fome: Alguém sabe me dizer se mães adolescentes menores de 18 anos conseguem o auxílio ?
2º. Dia da Fome: Eu sou autônoma, trabalho como diarista, sou chefe de família pois não tenho marido. Tenho 2 filhos que dependem de mim , com essa pandemia estou parada a mais de 15 dias como posso me inscrever?
3º. Dia da Fome: Banco, me responde pelo amor de Deus.
4º. Dia da Fome: Banco, o suporte é péssimo viu, zero. Não consigo falar em nenhum dos canais, por telefone é impossível. Precisa melhorar muito esse atendimento.
5º. Dia da Fome : Nenhum canal de atendimento de vocês está funcionando? Estou tentando contato há 3 dias e não consigo!!!!
6º. Dia da Fome: Banco, o povo tem pressa, as pessoas estão passando necessidade..
7º. Dia da Fome: Só começa a semana que vem? E agora… acabou tudo em casa.
8º. Dia da Fome: Meu aplicativo não está aparecendo opção que não sou um robô. É erro do aplicativo. Não consigo me cadastrar.
9º. Dia da Fome: É terrível você tentar conseguir alguma informação. Sou deficiente, não tenho nenhuma renda ou benefício, quero me cadastrar para receber o auxílio emergencial e nada consigo.
10º. Dia da Fome: Boa noite! Meu cadastro no auxílio emergência está em análise a mais de 5 dias e me foi informado que a análise seria em 5 dias… o que significa?
11º. Dia da Fome: O app esta dando erro, será que em alguma determinada hora irei conseguir me cadastrar? Vocês terão outra maneira de inscrição? Estamos precisando do dinheiro, já começa a faltar o básico e temos duas crianças.
12º. Dia da Fome: Esse auxílio tá demorando demais , até sair as pessoas já morreram de fome! Tem pessoas que não tem nem o arroz pra comer .
13º. Dia da Fome: Agora me diz quem realmente está precisando comprar alimentos pra dentro de casa, quando não se tem sequer nada? Você sabe o que é isso Banco?
14º. Dia da Fome: E o meu continua em análise , até quando vai continuar essa palhaçada, se tem algum erro ,atualiza para podermos arrumar ,que falta de respeito com o cidadão.
15º. Dia da Fome: Banco, meu auxílio foi negado, consta que eu tenho emprego formal, por gentileza quero o emprego que vocês DIZEM que tenho, já que estou desempregada.
16º. Dia da Fome: Fiz o cadastro do auxílio pra um senhor que mora de aluguel, trabalhador informal, pois esse senhor não sabe usar aplicativos e internet, foi aprovado, mas pro azar dele perdeu a identidade, e no aplicativo do Banco diz pra ele enviar uma foto dele e da identidade. O que fazer nessa situação ?
17º. Dia da Fome: Até agora só consigo sacar o vento.
18º. Dia da Fome: Vocês poderiam responder as mensagens. Precisamos receber, é um direito nosso.
19º. Dia da Fome: Banco, faltou vocês falarem que para conseguir receber precisa ter um dinossauro e o troféu da Copa de 70.
20º. Dia da Fome: O meu benefício foi aprovado há 1 semana e continua dizendo que não possuo uma conta digital do Banco.
21º. Dia da Fome: Tentei entrar mas da uma mensagem que é pra tentar daqui 5 dias que esta em manutenção.
22º. Dia da Fome: Banco , e quem ainda esta em análise a mais de 20 dias, ainda vai receber esse bendito auxilio? Até quando teremos que esperar? Isso já esta virando humilhação.
23º. Dia da Fome: Estou aprovado a quase 20 dias e até agora não liberaram o dinheiro!
24º. Dia da Fome: Meu auxílio já tá liberado , mas não consigo fazer nada, sempre mostra , e-mail divergente
25º. Dia da Fome: Paguem o povo e deixem de enrolação!
26º. Dia da Fome: Mentira, deram apenas 400 senhas no dia, o resto volta pra casa,tem que passar a noite na porta do Banco. Uma vergonha.
27º. Dia da Fome: O Banco só está funcionando no mundo do faz de conta.
28º. Dia da Fome: .É. Um. Horror. Fila. Da. Morte. Certa
29º. Dia da Fome: Quase um mês em análise, quem realmente precisa não consegue receber.
30º. Dia da Fome: Banco , facilita por meio do aplicativo a abertura da conta a ser depositado o auxílio para pessoas que não tem conta bancária, evitando assim aglomerações nas agências e lotéricas, desde já agradeço.
31º. Dia da Fome: Valeu. Sugestão seria vocês concatenarem Bolsa Família com conta do Banco. (corrente ou outras modalidades de poupança) para facilitar ainda mais o saque e evitar aglomerações nas agências e lotéricas.
32º. Dia da Fome: Um mês sem água, sem luz, sem comida e em análise. Isso é brincadeira porque falam que vai sair da análise e nunca sai.
33º. Dia da Fome: Pessoal do Banco meu pagamento está em processamento até hoje, gostaria de uma solução. A única alternativa é esperar mesmo?
34º. Dia da Fome: Desculpa, mas é mentira essa informação, minha vó é acamada, fiquei na fila do Banco em São Paulo e distribuíram senhas, quando chegou na metade fomos dispensados , pediram para voltar no outro dia e de preferência de madrugada para conseguir pegar a senha
35º. Dia da Fome: Não é mais fácil vocês melhorarem o aceso do aplicativo ? Eu não precisei ir nas filas mas fiquei 7 dias tentando acessar, várias e várias vezes . Ah e porque tem essa palhaçada de só transferir dinheiro no horário estabelecido de vocês ? Melhorem isso pode ter certeza que as filas vão diminuir.
36º. Dia da Fome: Banco, vocês estão matando pessoas nessas filas, muita humilhação.
37º. Dia da Fome: Já que é para evitar aglomeração, deveria no mínimo disponibilizar mais número de telefones para as pessoas poderem resolver e tirar suas dúvidas. Três dias ligando e passar mais de uma hora em espera e ainda não dá certo a ligação. É muita falta de respeito com o cidadão.
38º. Dia da Fome: Pelo amor de Deus para receber esse auxílio é um parto.
39º. Dia da Fome: Eu dormi com os meus meninos na porta do Banco, eu falei pras crianças esperarem mais um pouco pra comer, que no dia seguinte a gente ia ter dinheiro. Mas no dia seguinte o Banco não abriu. Só as agências longe que a gente nunca consegue chegar.
40º. Dia da Fome: Nojo do Banco, fiz transferência do auxílio emergencial pelo aplicativo, o dinheiro sumiu. Ninguém resolve nada, pra onde foi o dinheiro?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora