Dissidente cubano na Jovem Pan

Por Rodrigo Prado

Nassif,

Hoje de manhã, Guillermo Fariñas, dissidente político cubano que está fazendo greve de fome, deu uma entrevista na rádio Jovem Pan, onde chamou o presidente Lula de assassino, cúmplice de assassino, hipócrita e pediu para que o povo brasileiro não votasse no partido do trabalhadores. O que você acha de uma concessão pública abrir espaço para um estrangeiro fazer campanha desse modo? Só para esclarecer, não concordo com o posição do presidente em relação ao seu posicionamento ao governo cubano. É uma ditadura e deveria ser tratada como tal.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome