O Roda Viva e a fábula dos lutadores cubanos deportados

Atualizado às 12:00
 
Participei ontem do Roda Viva entrevistando o governador gaúcho Tarso Genro.
 
Tarso é um dos bons formuladores do PT, empenhado em prospectar o que seria o novo tempo político, para se fugir da polarizzação política atual. 
 
É crítico da atuação do PT e é crítico da atuação do STF (Supremo Tribunal Federal) no julgamento da AP 470.
 
No geral, um programa de bom nível, onde a velha polarização se fez presente através de um dos entrevistadores. Um dos pontos levantados foi o caso dos boxeadores cubanos – que vieram para o Panamericano. Repetiram-se todas as acusações formuladas na época.
 
Que os boxeadores pediram asilo e o asilo lhes foi recusado; que tanto eles queriam fugir de Cuba que voltaram mas, logo depois, fugiram novamente; que o Brasil concedeu asilo a Battisti, que é criminoso, e deportou os cubanos.
 
Tarso explicou rapidamente que o pedido para voltar para Cuba partiu deles; que os depoimentos foram acompanhados por representantes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e do Ministério Público. E mais não disse, porque havia outros temas a serem tratados. Mas o jornalista insistiu que, se fosse da vontade deles voltar paa Cuba, não haveria por quê, pouco tempo depois, terem fugido novamente.
 
As versões e o fato
 
O episódio é um dos exemplos clássicos da manipulação da notícia, naqueles tempos em que o contraponto se limitava a poucos blogs. Os  quatro grandes grupos bateram por semanas na tese de que o asilo tinha sido negado aos cubanos.
 
Coube ao Extra – o tabloide das Organizações Globo – o furo jornalístico da época. E pela única razão de que, não fazendo parte do mainstream da opinião, não ficou sob vigilância estrita. Com isso, ganhou  alguma liberdade para fazer jornalismo.
 
Repórteres do Extra reconstituiram o período entre o abandono da delegação cubana e a chegada na delegacia de polícia – na qual, solicitaram a volta para Cuba.
 
Os dois boxeadores foram na conversa de um manager alemão malandro. O sujeito contratou algumas prostitutas e o grupo ficou alguns dias na esbórnia em um motel dos arredores.
 
Terminada a farra, caiu a ficha dos cubanos sobre o risco de ir para a Europa com o tal manager. Entraram em pânico, não conheciam nada do Rio, pegaram um táxi e foram parar em uma delegacia, pedindo para voltar para Cuba.
 
Seguiu-se o imenso alarido da imprensa, mesmo o Ministério da Justiça informando que já havia concedido asilo a outros atletas, que o depoimento dos cubanos foi acompanhado por representantes da OAB e do Ministério Público.
 
De nada adiantaram os fatos – ora, os fatos -, as explicações e a reportagem do Extra. Foram deportados – e não se fala mais nisso… Para se ver livre do estorvo, o Ministério da Justiça enviou-os em avião oficial para Cuba. O alarido aumentou mais ainda. Era como se eles tivessem sido despachados presos e algemados para a ilha.
 
Nada disso foi contado por Tarso, até por respeito aos cubanos. E lhe valeu o questionamento final do entrevistador que insistia na tese da deportação: Se eles queriam voltar para Cuba, porque fugiram logo depois?
 
A resposta de Tarso foi óbvia: obviamente porque não lhes agradou voltar.
 
Poderia ter sido mais específico: fugiram porque, na segunda vez, encontraram um manager mais confiável.
 
Mas a falta de respeito ao “senhor fato”, produto maior e mais nobre do jornalismo, permite até hoje que susbsistam essas versões da “deportação”.
 
Do Extra
 
Cubanos foram deixados por olheiros em Araruama
 
Camilo Coelho e Gabriela Moreira – Extra
 
RIO – Rigondeaux e Lara ficaram a maior parte do tempo em companhia do agenciador alemão Thomas Doering e de um olheiro cubano, que vive fora do país e foi identificado apenas como Alex. Foram os dois que aliciaram a dupla, planejaram uma fuga e lhe prometeram vida milionária na Alemanha. A convivência entre os dois boxeadores e os dois agenciadores foi harmônica até um determinado momento (participe do fórum: Qual mensagem você gostaria de enviar aos boxeadores cubanos que fugiram da Vila do Pan e depois se entregaram para voltar à ilha de Fidel Castro?).
 
Eles ficaram hospedados na Pousada Pedras Brancas, em Itaipu, Niterói, e diariamente pegavam um táxi para se divertir.
Foram dias de farra: compras de roupas, videogames, tênis, relógios, perfumes e muitas prostitutas. O grupo fez orgias em motéis e boates de Copacabana, Niterói e Araruama.
 
Ele passou a perna numa conhecida agência européia que estava de olho nos cubanos
 
Um taxista, que pediu para não ter o nome revelado, serviu de guia para o grupo durante todo o tempo. Ele revelou que o alemão negociava o passe dos boxeadores com alguém por telefone.
 
– Ele passou a perna numa conhecida agência européia que estava de olho nos cubanos. Como ele chegou primeiro, começou a fazer leilão – contou.
 
Esse, no entanto, não foi o único problema. Assustado com a repercussão do caso e temendo que os boxeadores fossem reconhecidos, o grupo decidiu trocar de cidade: em 30 de julho, o alemão Thomas, o olheiro cubano e os dois boxeadores se bandearam para Araruama.
 
Rigondeaux e Lara acabaram abandonados pelo alemão e pelo olheiro no dia 1º de agosto. Eles deixaram uma mala de dinheiro com os cubanos, pegaram um táxi e embarcaram para a Alemanha. Um dia após serem abandonados, os boxeadores desistiram da fuga e pediram socorro.
 
 
Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/cubanos-foram-deixados-por-olheiros-em-araruama-715366.html#ixzz2h8tQPtUR
 
 
Ra a ilha
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Cai Na Roda discute comunicação de risco na pandemia com Cilene Victor. Assista

74 comentários

  1. RODA VIVA

    Excelente o programa e foi de alto nível.  Tarso Genro tem uma apresentação calma, coerente, não deixa nada sem resposta e não titubeia quando acossado. Mas  a polarização sempre irá existir e o deboche  declarado  na cara do

    Nunes é vergonhoso, não há isenção. Não entendi sua participação como blogueiro: porque não jornalista?

     

  2. Pressão sobre gilmar.

    Um bom dia.

    Se o entrrevistado fosse mais traquejado, um pouquinho só, teria feito um gol de placa quando teve  a bola levantada para falar sobre a pressão do Presidente Lula sobre o ministro do supremo, ja desmentido inclusive pelo ex-ministro Jobin. Num mesmo programa semelhante vimos Brizola matar a pau quando questionado sobre sua não candidatura pelo Vilas Boas. A Dilma com o Agripino, etc, etc.

  3. Fabula…rs
    Tem gente que só

    Fabula…rs

    Tem gente que só falta atravessar a nado para os EUA para fugir de Cuba,  e uma cidade ( obvio que era desconhecida…rs ) assustou os meninos que pediram para voltar ao colo do vovô Fidel e foram ” ajudados ” pela Venezuela que generoso cedeu uma aeronave… rsrsrsr

    • É fábula sim. Não brigue com

      É fábula sim. Não brigue com os fatos. Os cubanos em nenhum momento estiveram interessados em viver no Brasil. O que eles queriam era desertar, tentar o profissionalismo e ganhar o seu dinheiro, coisa que na ilha caribenha é proibido.  O fato de estarem no Brasil foi apenas uma oportunidade para a fuga. Se o Pan fosse em outro lugar eles tentariam a deserção de qualquer forma. Cuba é uma fábrica de bons pugilistas e estes são cobiçados e disputados por empresários e promotores de boxe ao redor do mundo. Alguns são confiáveis e outros verdadeiros picaretas. 

      Felizmente na sua segunda tentativa de deserção os boxeadores encontraram promotores mais confiáveis e hoje tem carreiras profissionais bem sucedidas.

      Ademais, se os cubanos em questão fossem lutadores de MMA, aí sim eu acreditaria que eles estivessem interessados em viver aqui. 

    • Boxe braileiro

      Os boxeadores cubanos queriam realmente fugir mas não para o Brasil por uma questão muito simples. A realidade do boxe brasileiro é muito triste e não atrai ninguem. Ao contrário do futebol, onde o dinheiro é farto e atrai argentinos, chilenos, peruanos, etc., o boxe brasileiro vive a pão e água. Uns dois ou três lutadores conseguem maior destaque e vivem melhor mas a grande massa vive à míngua e passa necessidades.  Os cubanos preferiram naturalmente voltar para Cuba e aguardar melhores oportunidades, o que de fato acabou acontecendo.   

    •   Leônidas, com todo o

        Leônidas, com todo o respeito: o Nassif não é de contar balela. Ao contrário de certos meios de comunicação, ele tem CRE-DI-BI-LI-DA-DE. É opção pessoal SUA se agarrar teimosamente a essa história, quem perde com isso é você. E convenhamos, até sua rsrs incredulidade rsrs tem espaço em outras críticas possíveis ao PT desde o governo Lula.

      • Opa,  olha o procurador de

        Opa,  olha o procurador de novo atuando…rs

        so nao tem como negar o que postei pois Cubanos fogem mesmo de Cuba, Cuba e uma ditadura , e o governo Venezuelano se envolveu nos fatos                   

  4. Porque blogueiro ?

    Porque alem da confiabilidade do jornalista; Da consistencia como analista de economia, o “nosso” Nassif, não tem nenhum problema em ser um dos blogueiros ditos “sujos”, que mostra a quantas chegaram as redes sociais.

  5. Conheci alguns sul coreanos e
    Conheci alguns sul coreanos e muitos deles me disseram que existem muitos asilados norte coreanos na Coreia do Sul. Nao sei se eh por lei ou nao mas a Coreia do Sul nunca nega asilo a Norte Coreanos.O fato engracado que me disseram eh que mesmo falando a mesma lingua e tendo culturas similares, muitos deles retornam a Coreia do Norte por nao se adaptar. Vai saber, o mundo eh mais complicado do que se parece.

      • Por acaso esse ¨fugiram¨ para

        Por acaso esse ¨fugiram¨ para o lado de Angra e logo que chegarm lá ¨fugiram ¨ de novo, quando normalmente seria presos quiçá mortos

      • corra para as colinas

        Isso ai Marcel, e  quer saber de outra? Os comunistas estao vindo, vao confiscar seu carro e seus filhos. Esconda-se no porao e nao saia nunca mais. Por favor, se esconda e fique quietinho para os comunas nao te acharem. Att.

  6.   Nassif, assisti ontem a

      Nassif, assisti ontem a parte do Roda Viva – coisa rara – e sua participação foi o que se espera de um JORNALISTA. Parabéns.

      Outra coisa que me surpreendeu foi que o Augusto Nunes, ao contrário do que eu esperava, não xingou o Tarso Genro. Ele resolveu babar só nos intervalos ou civilizou-se um pouco? Foi mais comedido que alguns entrevistadores, a exemplo de um (não lembro o nome) que parecia prestes a perder a dentadura quando perguntava sobre – alguém ainda aguenta ouvir a respeito? – “mensalão”.

  7. Roda Morta

    Nassif, vc. ontem no “Roda Morta”, podería dar umas caneladas no A. Nunes…..mas no Geral gostei do programa…..aquele Sandro Vaia, é caricatura de quem ?….rsrsrs….normalmente aquela buginganga dá traço no IBOPE…….ontem deu 1 %……outra coisa…..vc. não tomou uns cascudos na saída não ?……

  8. Adorei ver você no Roda Viva.

    Adorei ver você no Roda Viva. A oposição e a mídia sabem da sua importância no cenário nacional

    e cada vez mais. Achei interessante você se dizer blogueiro, hoje sua força maior e necessária. Parabéns!

  9. Ê viva a volta do Nassif

    ao Roda Viva. Mas esse assunto não é do mais polêmicos. Gostaria de vê-lo na bancada, entrevistando o Barbozão! Vc e o Paulo Moreira Leite. Não iria sobrar pedra sobre pedra do mensalão do trio parada-dura.

  10. Tarso mente!!!!!

    “Tarso explicou rapidamente que o pedido para voltar para Cuba partiu deles”!

     

    isso é uma obvia mentira!!!!  tanto e que assim que puderam fugiram novamente!  e obvio que foram ameaçados!  os depoimentos podem ter sido na frente da OAB, mas o que falaram antes dos depoimentos!  

    quem quer acreditar nessa mentira que acredite!!!!!

      • estoria para o distinto publico apenas!

        o obvio que foram ameaçados, talvez não eles mas familiares que ficaram na ilha.  Pois se entregaram sabendo que seriam punidos para fugir novamente poucos meses depois!

        além do  que, um funcionario do governo Dilma já avisou que se um dos medicos cubanos pedir asilo não será atendido!  está no DNA desse governo agir assim!

         

         

        • É óbvio que você fala isso

          É óbvio que você fala isso porque QUER que seja assim e ponto final. NADA vai te convencer porque VOCÊ NÃO QUER.

          Seu fanatismo é tão extremado que não consegue ler seu próprio comentário, onde fica claramente estampada sua má-fé e sua atitude de ignorar os fatos em prol daquilo que VOCÊ QUER que seja.

          •   Perfeito, Ruy. É tanto

              Perfeito, Ruy. É tanto fanatismo que fica fácil desnudar.

              O legal é pensar que o meu voto aumenta a pressão arterial do cara, hehe.

          • Pagar 10.000 reais por um

            Pagar 10.000 reais por um médico que vale 300 no seu próprio território e acreditar que aquela ilha é um lugar bom pra se viver e o aquele regime é um bom regime pra se financiar – isso sim é pior que fanatismo.

          • DUVIDO que você conheça pelo

            DUVIDO que você conheça pelo menos UM médico cubano do programa Mais Médicos para saber se vale 300 ou 10 mil ou o que seja… Você está MENTINDO, falando uma coisa da qual não sabe nada, INVENTANDO paenas para destilar seu ódio cego de perdedor frustrado e inconformado.

            Mas ridículo mesmo é dizer que o salário dos médicos do programa Mais Médicos estaria financiando o país caribenho inteiro… Esse é um recorde em matéria de ser ridículo.

            Por que os fanáticos de extrema direita como você, que rejeitam os programa Mais Médicos não apresentam UMA ÚNICA proposta para atender aos brasileiros que estão desassistidos pela falta de médicos? Vocês estão dando muito na vista que não se importam nem um pouco com a necessidade dos pobres e querem mesmo que eles continuem morrendo sem assitência médica. Assim agradam os outros fanáticos de extrema direita com quem se relacionam, mas a população em geral percebe o imenso descaso social da direita e não se convence com suas mentiras.

          • ahn??

            esse seu comentario não serve para vc também, que deseja tanto acreditar que o Tarso disse a verdade?

            que os boxeadores confiança no sistema legal cubano e o Battisti não!  e nisso que vc quer acreditar?

            o Dirceu iria recorrer a cortes internacionais, o Battisti não iria?

            o Tarso deu asilo para um assassino e expulso dois inocentes!

        • Caro Marcel (que de santo não

          Caro Marcel (que de santo não tem nada), no caso do Mais Médicos, a impossibilidade de conceder asilo já consta no contrato assinado entre as partes. O mesmo não ocorre em relação ao Pan, entendeu ou quer que desenhe?

          Agora, qual a culpa do governo brasileiro se os caras resolveram fugir de Cuba algum depois de deixar o nosso país? É óbvio que eles tinham o desejo de abandonar a ilha para ganhar uma bela grana, caso contrário não teriam feito contato com o tal agente alemão quando estiveram por aqui disputando o Pan. Mas daí a afirmar que nosso governo agiu de acordo com os interesses de Fidel, e que os representantes da OAB e do MP omitiram eventual pressão sobre os boxeadores é um tremendo absurdo.   

          • desculpa de aleijado!!!

            e desde quando um contrato tem prioridade sobre os direitos humanos dos medicos?  

            suponho que se o contrato tiver clausulas de prisão ou punicão porque um familiar do medico se tornou dissidente, a punição poderá ser aplicada no Brasil, quem sabe num porão de alguma sede do PT!

  11. “Três coisas não podem ser

    “Três coisas não podem ser escondidas por muito tempo: O sol, a lua e a verdade.” (Buda)

  12. Tarso Genro no Roda Morta

    O que me espanta é o Tarso Genro ter aceito o convite para ser entrevistado no Roda Viva. Um programa que tem um reacionário como o Augusto Nunes, da Veja, como mediador, não é digno de respeito.

  13. Roda Viva

    Amigo Nassif:

    Sua presença no Roda Viva na segunda feira deve ter assustado a maioria dos jornalistas presentes,ali havia uma testemhunha para denunciar qualquer tipo de linchamento, Você Evitou.

    Abraços

    Pedro Luiz

  14. RODA MORTA

    Desde que o Roda Viva passou a ser dirigido pelo Augusto Nunes deixei de assistí-lo. Mas ontem, numa repassada pelos canais observei que o Nassif estava presente. Daí, assisti, embora quase que terminando. Nassif você teria que ter dito que é jornalista e o Blogueiro querido e acompanhado diariamente por fidelíssimos seguidores. Pouco assisti do “Roda Morta”. Mas não perco o Brasilianas.Org, às segundas na TV Brasil. Foi seu programa que me entusiasmou há 1 ano  e três meses , a ter internet para acessar seu Blog. ADORO!       

  15. Nassif, foi mal

    Não acho que tyenha sido uma boa ideia do Nassif ir ao Roda Viva.

    Todo mundo sabe que aquilo ali é um poleiro tucano, não é um programa de jornalismo, é uma arapuca de quinta categoria. E o apresentador é irrecuperável para a convivência democrática, como já demonstrou escancaradamente. quando a TV Cultura entrega a ele um programa como o Roda Viva, está dizendo claramente o que pretende.

    Então, Nassif, pra que coonestar isso? Pra que prestigiar, com sua presença, um programa que desce ao ponto de ser apresentado por esse sujeito? Dar credibilidade a ele? Faça-me o favor.

    Aliás, o governador Tarso Genro também deveria declinar do convite. E o Nassif, simplesmente, dizer: dispenso, obrigado. Porque o negócio desse rapaz, já vimos e conferimos, não é criticar as forças que apoiam o governo; não é nem mesmo esquentar o debate: é ofender, xingar, mentir e manipular, é levar a conversa para o esgoto. E não se responde com uma atitude mínima – a recusa a uma entrevista, simples assim.

     

    • Nassif, foi mal

      Plinio!

       

      Mas o Nassif é um tucanão de primeira linhagem…

      São os laços, a convivência…

  16. Assiti só o final. Porque

    Assiti só o final. Porque voce não nos avisou antes, Nassif? Vi esse trecho dos cubanos, e o outro onde o antipetismo boçal e debilóide do Nunes se manifestou, aquele sobre a suposta pressão do Lula sobre o Gilmar.

    O Tarso ignorou, mas podia ter dito que o próprio Jobim acusou Gilmarzão de mentiroso resentemente. Perguntaria eu ao genérico de Tio Rei, seria ele, Jobim, o mentiroso?

  17. O roda viva agora virou roda

    O roda viva agora virou roda moribunda.

    Esse tal de Augusto Nunes nem tenta disfarçar seu ódio reacionário, mesmo diante da elegância e preparo intelectual de Tarso Genro o sujeito destilou seu linguajar panfletário, ao lado de outros asseclas do PIG, transformando a entrevista em uma sabatina fascista a serviço da direita.   

    • Sim, claro! E vcs

      Sim, claro! E vcs esquerdistas não são nada panfletários nos vossos programas…

      Te desafio a me mostrar algum jornal ou blog ou revista de esquerda que tenha algum articulista conservador.

      O contrário quase sempre acontece.

      • Convidam por não terem

        Convidam por não terem talentos melhores para ter audiência, mas seria um absurdo, por exemplo, a TVCut convidar um Reinaldo Azevedo para algum programa. No dia que eu souber, corta a minha mesada

  18. Quem convidou o Nassif?

    Nassif,

    Uma curiosidade. Muito provavelmente não foi o Nunes quem o chamou para ser um dos entrevistadores. Quem foi então?

    (Ele fez cara feia? Te tratou mal? rsrs)

    • Entenda que esse negócio de

      Entenda que esse negócio de só convidar pesoas que sejam do mesmo espectro ideológioco é com vcs da esquerda. 

      Se duvida, eu te desafio a me mostrar algum jornal/revista da esquerda que tenha um articulista não-esquerdista.

      Por outro lado, se quiser eu te indico uma dúzia de articulistar esquerdistas no Globo, Folha, Estadão etc.

      ps: O Delfim Neto na Carta Capital não conta, visto que apesar de não ser de esquerda ele é conselheiro do Lula.

    • Não.

      Insistiram muito para que eu fosse e agradeceram bastante depois do programa. Antes, durante e depois, conversas muito agradáveis com velhos companheiros de jornalismo.

      • Parece, assim de longe, que

        Parece, assim de longe, que na seara de vocês, profissionais da imprensa, os conflitos de opiniões, ou mesmo os entreveros, se dão mais quando “estão denro de campo”. Fora deles  floresce e prevalece apenas a simpatia pessoal. 

        Muitas vezes fico imaginando como é, por exemplo, o Augusto Nunes pessoalmente. Será que extravasa tanto radicalismos e juízos terminaticos(muitos injustos e precipitados) como o faz nas lides jornalísticas? 

      • roda viva

        Por que não se admite a cortezia e a boa educação mesmo entre pessoas que pensam diferente ideológicamente? O  diálogo inteligente nas diferenças pode  produzir um enriquecimento argumentativo incontestável. Na política se aprende com as diferenças, se evolui com os erros e com os acertos. O respeito a opinião e o direito de discordar está na base que fundamenta qualquer democracia. Fora disso, o vazio democrático e os Estados totalitários se apresentam.

        • São adversário políticos e

          São adversário políticos e não inimigos.

           

          Tinha um desenho animado na década de 80 que ilustra bem.

           

          Um cão pastor protegendo um rebanho de ovelhas e um lobo.

          Sempre que um estava para se matar,  tocava a sirene do almoço. Os dois, cachoro e raposa, paravam para comer e ficava claro para todos que eram amigos. O lobo fazia o que fazia porque era um lobo. O cão fazia o que fazia porque era um cão pastor.

          Tentavam se matar mas apenas no horário de trabalho.

  19. É difícil entender por qual

    É difícil entender por qual motivo  , até hoje , ninguém do meio jornalistico elaborou um painel de todos os factóides criados contra o governo de Lula / Dilma pela imprensa marrom, nestes 10 anos  . Tentaram de tudo , não deram trégua. Mas algo de concreto acabaram conseguindo : a aniquilação completa de sua própria credibilidade como fonte de notícia .

    Cito alguns de cabeça :

    – a tentativa de expulsão do jornalista Larry Rother  ;

    – as reportagens da GLOBO sobre fraudes no bolsa família

    – os aloprados

    – a suposta quebra de sigilo fiscal da filha de Serra

    – a bolinha de papel que quase mata o Serra

    – a conversa de botequim do irmão de LULA , Vavá

    – o ronaldinho de LULA , Fabio Luis

    – a ficha falsa de Dilma

    – o foro de São Paulo , as FARC e o plano de golpe

    – o grampo falso de Gilmar Mendes

     – a pressão de Dilma sobre Lina Vieira da Receita Federal

    – o suposto assédio de LULA a Gilmar Mendes sobre o julgamento do mensalão,  presenciado pelo ex ministro Nelson Jobim

    – a falsa ameaça de racionamento de energia , e a reunião de emergência de  Eliane Cantanhede

    – a suposta “FAXINA” ministerial de Dilma no início de 2012

    – a gritaria contra os cortes na SELIC e o esforço de Dilma para abaixar os juros

    – a invasão do quarto de hotel de José Dirceu por repórter da Revista Veja 

    – os abusos no julgamento do mensalão  , “o maior caso de corrupção da República” , o “julgamento do século”

    • Lula

      Nesta listinha – oportuna e ararefeita, diga-se de passagem – não está faltando o enriquecimento quase que instantâneo do filho de Lula?

  20. Essa fábula é um exemplo de

    Essa fábula é um exemplo de mentira criada pela velha mídia que de tanto ser repetida acaba parecendo real.

    O contraponto que a blogosfera tantas vezes fez em diversos outros casos, deixando a velha mídia pendurada na broxa, nesse caso infelizmente deixou de funcionar.

    Há um dado claríssimo nesse caso que afasta qualquer possível tentativa de se entender havido algum acordo entre Brasil e Cuba para devolver os cubanos contra a vontade deles, e que não foi suficientemente divulgado.

    No Pan de 2007 a delegação de Cuba teve quatro deserções: dos dois boxeadores, de um jogador da seleção de handebol e de um técnico de ginástica rítmica.

    Os dois últimos abandonaram a delegação, manifestaram intenção de ficar no Brasil e aqui permaneceram, em local certo e conhecido.

    Já os dois boxeadores cubanos, após terem sido enganados pelo empresário alemão, manifestaram expressamente sua intenção de voltar a Cuba, em uma audiência que contou com representantes da OAB e da Procuradoria da República. Por isso retornaram a seu país.

    Àqueles que ainda acreditam na fábula, pergunto:

    1. Se o Brasil devolveu os boxeadores cubanos contra a vontade deles, por que não o teria feito também com o jogador da seleção de handebol e o técnico de ginástica cubanos que ficaram aqui? O suposto acordo do Brasil só envolveria determinado tipo de esportistas cubanos,  mas não outros? Cuba só queria receber de volta os boxeadores, mas não os dois outros cubanos membros da delegação?

    2. Se houve acordo do Brasil com Cuba para devolver os desertores contra a vontade deles, a OAB e a Procuradoria da República fizeram parte do conluio? Essas instituições obedecem cegamente ao comando e desígnios dos irmãos Castro e fazem parte de um plano secreto para transformar o Brasil em um apêndice de Cuba?

    Infelizmente ainda é mais fácil acreditar em teorias da conspiração do que na verdade dos fatos: que os boxeadores foram enganados pelo empresário alemão, se arrependeram, quiseram voltar a Cuba e manifestaram vontade inequívoca nesse sentido às autoridades brasileiras que tratavam do caso.

    Isso não aconteceu com os outros desertores, que quiseram permanecer no Brasil e aqui ficaram.

  21. Nassif achei o programa bem

    Nassif achei o programa bem legal, e o Tarso Genro mais lucido do que muitos petistas, espero que o PT reflita um pouco ,pois o tempo de heranças malditas  já era , se a campanha eleitoral não cair nestas pegadinhas que vc menciona, vai ser uma eleição bem interessante que de quebra pode botar o PSDB para fora do campo. Houve perguntas interressantes que o PT muitas vezes tenta fugir,mas as respostas do Tarso ajudaram muito no  caminho novo que o PT precisa enfrentar para seguir adiante.

  22. Eu proponho que Nassif abra

    Eu proponho que Nassif abra um post exclusivo sobre Cuba. Porque em praticamente todos os posts políticos há sempre comentários sobre Cuba, Fidel, etc, especialmente da extrema direita, mandando qualquer comentarista que fale alguma coisa boa sobre a ilha ir viver lá “pra ver o que é bom”.

    Com esse post todos poderíamos falar o que pensamos do regime de Fidel, do que achamos que é verdade ou mentira, expressar a admiração pelas conquistas e a abominação dos que o odeiam, enfim, seria uma forma de catarse sobre essa coisa meio simbólica em que Cuba se transformou no imaginário do brasileiro.

    Seria bom, especialmente, se o post contivesse informações objetivas e confiáveis sobre a ilha, sobre a situação dos cubanos no do dia-a-dia, sobre os efeitos do embargo econômico, sobre Guantánamo.

    O Jornal GGN poderia fazer essa resportagem de forma objetiva e sensata, o que, naturalmente é pedir muito da mída nacional.

    Quanto ao Roda Viva, foi a primeira vez que assisti ao programa depois da entrevista do Jânio de Freitas. Tarso Genro é muito bom formulador político e a participação do Mouro ajudou muito a manter a entrevista em marcos civilizados e interessantes.

  23. …   Tarso foi claro como um

    …   Tarso foi claro como um sino  (a curva de Gaus)  –  a componente POLITICA pesa o q deve pesar quando se trata de acertos especificos nao se sabe o porque exatamente.

    ate para o mensalao ele foi claro:  a compomente POLITICA pesou contra a naçao.

  24. Em 2009 Juca Kfouri fez um

    Em 2009 Juca Kfouri fez um desagravo a Tarso Genro em relação a fuga dos cubanos. O esporte espetaqdcular chegou a fazer uma entrevista com um deles que admitiram terem voltado para cuba por vontade própria.  Não encontrei o vídeo apenas o texto do JN do dia seguinte.

    Desagravo a Tarso Genro

    Juca Kfouri

    01/03/2009

     

     

    O pugilista cubano Erislandy Lara disse, na quarta-feira passada, por telefone, ao repórter Jamil Chade, de “O Estado de S.Paulo”: ”Sinceramente, até hoje não entendi o que ocorreu e porque voltamos à Cuba”.

    Assim manifestou sua incompreensão sobre os motivos que levaram o Brasil a deportá-lo de volta à Cuba durante o Pan-2007.

    Hoje, no entanto, no “Esporte Espetacular” da Rede Globo, ele foi claríssimo ao dizer ao repórter Bruno Laurence que quis voltar à Cuba e que o presidente Lula, pessoalmente, lhe ofereceu asilo — algo inusitado e que o próprio Lula poderia ter contado ao país.

    Lara parece não bater bem e fica impossível saber quando fala a verdade.

    Quem sabe seu companheiro de infortúnio, Guillermo Rigondeaux, esclareça, agora que também fugiu de novo de Havana.

    Por enquanto, no entanto, é justo que se diga, o ministro da Justiça, Tarso Genro, merece ser desagravado por todos que o criticaram veementemente, este blogueiro devidamente incluído.

    Porque Lara já demonstrou não saber o que quer nem o que fala nem mesmo em situações calmas, como a atual, razão pela qual dá para imaginar sua confusão mental num momento de tensão.

    http://blogdojuca.uol.com.br/2009/03/desagravo-a-tarso-genro/

     

    Boxeador cubano desertor diz que falou com Lula

    Durante o Pan do Rio, Erislandy Lara desertou da delegação cubana. No domingo, ele contou, a versão dele sobre o retorno a Cuba e disse que conversou com Lula. A assessoria da presidência nega.

    O governo brasileiro negou que o presidente Lula tenha conversado com o boxeador cubano que desertou durante os Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. Foi a resposta à versão apresentada pelo boxeador em uma entrevista exibida no Esporte Espetacular.

    Em quatro lutas, esta foi a quarta vitória de Erislandy Lara nos Estados Unidos. Hoje, ele mora em Miami, na Flórida. Lutador profissional, ele vive do boxe. Tem casa, carro, uma nova família.

    Em agosto de 2007, durante os Jogos Pan-Americanos do Rio, ele e o também boxeador cubano, Guillermo Rigondeaux, desertaram da delegação cubana. Foram encontrados e repatriados. O Congresso e organizações internacionais questionaram a decisão do governo brasileiro de não ter concedido refúgio aos atletas.

    No domingo, no Esporte Espetacular, Lara contou, pela primeira vez, a versão dele sobre o retorno a Cuba, onde, por ter fugido, teve cassado o direito de lutar boxe. Lara disse ao repórter Bruno Laurence que voltou para Cuba porque quis.

    “Nós quisemos voltar a Cuba. Não foi pelo governo brasileiro nem por ninguém. As coisas deram errado, então, sabíamos que não íamos mais poder lutar lá. Tomamos uma decisão e quisemos voltar”, declarou Erislandy Lara.

    Segundo ele, os empresários de uma empresa alemã, com quem teriam assinado um contrato, os abandonaram no Brasil. Lara disse ainda que teria até conversado com o presidente Lula.

    “Ele me tratou bem, me ofereceu tudo que podia fazer. Perguntou se eu queria ficar no Brasil. Eu disse que não. Que queria voltar para Cuba”, afirmou o boxeador.

    Voltou e fugiu novamente. Para o México e, depois, seguiu para os Estados Unidos.

    Assessores da presidência negaram que o presidente Lula tenha conversado com o lutador. Disseram que a versão dele, de Lara, é fantasiosa. Já o ministro da Justiça, Tarso Genro, lembrou que outros três atletas também abandonaram a equipe cubana durante o Pan e que pediram e conseguiram refúgio no Brasil. Os boxeadores não teriam feito o pedido.

    “Eles foram abandonados pelo empresário, que iria levá-los para Alemanha, e se sentiram impossibilitados de viajar para Alemanha, pedindo refúgio. E aí, resolveram não pedir, apesar do oferecimento feito pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. E aí, se deu a história. Quem quis ficar ficou. Quem não quis foi embora”, explica o ministro da Justiça, Tarso Genro.

    http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL1024723-10406,00-BOXEADOR+CUBANO+DESERTOR+DIZ+QUE+FALOU+COM+LULA.html

     

     

     

     

  25. Boxeadores cubanos

    Nassif, fiquei muito sorprendido ao ver que o própio Ministro da Justiça na epoca, não tenha sido informado o não se tenha aprofundado na verdadeira causa da volta destes esportistas e dessa forma ajudado a criar e manter a fábula….o resto, é o resto, e  funçao deles ( jornalistas da Globo ) alimentá-la para dizer as mesmas coisas sobre Cuba, ainda lembro “da deserção massiva, made in Galvão Bueno, anunciada na Globo   ….

    Quando a “deserção” os esportistas sabiam que se voltassem a Cuba não seriam presos e muito menos seus familiares iriam sofrer qualquer retaliação. Isso é historia para criancinha que acredita em Papai Noel.  Sabiam sim que seriam expulsos da seleção nacional, o resto é conversa. O problema é que ao chegar ao Brasil, tudo já tinha sido “arrumado” anteriormente. O Brasil seria a ponte para a saida para um terceiro pais,se falava de Porto Rico, com o objetivo final de chegar aos EUA. Alguma coisa saiu mal e na época até se falou dessa situação. Ao final, como aconteceu, sairam por outras vias ( de Cuba )…as quais, ao momento da entrega deles a PF, também já tinha sido combinado, formava parte da estratégia.

    Tudo isso está em declarações deles mesmos feitas nos EUA, que além do mais, não vou a entrar na particularidade das suas carreiras, quem quiser que pesquise e veram os resultados…..

    O problema pelo qual escrevo é para referirme a FAMOSA VOLTA AO INFERNO ( CUBA ), E A ENTREGA CRIMINOSA DO BRASIL ( A CUBA ) que tanto se fala e que ninguem oferece uma explicação logica,….veja que não digo nada a comparação ridicula e sem noção com Batistti…

    Simplesmente, se tivessem ficado no Brasil e aceitado o asilo, seriam inelegíveis ante los EUA pela lei de ajuste cubano, lhes seria retirado o privilegio de ter a  residencia norteamericana, a cidadania americana, sofreriam o mesmo, por exemplo, que sofre um brasileiro que entrar ou morar clandestinamente nos EUA e os privaria do unico objeto pelo qual entraram nessa historia, que foi “entrar para a  liga de boxe profissional dos EUA, sempre foi pelo  ($$$$$$$$). …….Não foi por “politica”,persecução…ate hoje nem eles falam , nem nunca falaram disso…Nada a ver! Nem o Brasil é o chico “bad” da historia……

    Como  pessoa, acho que suas ações é um direito que lhes assiste, cada um deve cuidar da sua vida como melhor entenda, pero como cubano e amante do esporte somente quero dizer que tinham que ter tido a decencia de pelear, ganhar o perder as medalhas e logo cuidar da vida, tem pessoas que viajaram a Rio de Janeiro somente para ver eles, e outros……..

    Antecipadamente, peço desculpa pelos erros de português, mais creio que vai dar para entender….

     

  26. Trocar notícias, desinformar

    Trocar notícias, desinformar para deixar o povo, ignorante, menos conhecedor de uma verdade, e tudo no sentido de desconstruir o Governo Federal, de Lula e de Dilma, são os maiores interesses dessa Organização de jornalistas sem nenhum compromisso com a verdade; apenas presos aos salários que lhe pagam.

    Ignorantes existem de montão no Brasil. Ainda há quem não vote no PT crendo ser um partido de comunista. E se perguntar a esse povo o que é comunista, as respostas são de dar pena. Vi pessoas idosas dizerem: “Gosto muito de Lula, mas não votaria nele”. 

    Cuba é a bola da vez, e assim será pelas próximas campanhas. Não faltarão aqueles que vão desenterrar a cbana yaony, esse cubanos acima citados, e nem precisamos dizer o que falarão sobre os médicos desse país. 

    O importante é que o povo está que é só sorrisos, muitos sem nem ainda ter visto os médicos destinados ao seu reduto, município. Hoje mesmo a BAND, em seu jornal da noite, fez uma reportagem legal sobre a ida dos médicos para o Centroeste e Norte do País. 

    O tempo dirá quem tem razão, mas acho que o povo, que mal conta com a presença de um médico na sua cidade, ao ver a chegada de mais dois ou três, dedicados, e interessados em mostrar serviço, vai ser tão agradecido ao Governo que só a oposição podrá censurá-lo.

  27. Entrevista com o Governador Tarso Genro

    Por que não perguntaram quando o Governador tarso vai pagar o piso nacional aos professores gaúchos?

  28. Imprensa cafajeste.

    Hoje, 06 de fevereiro de 2014, o jornal da Band voltou a afirmar que o brasil negou asilo aos boxeadores cuba

    nos e os deportou para Cuba. Fato: os boxeadores cubanos abandonaram a delegação iludidos por um viga

    rista alemão que lhes prometia fortuna. Fato:o Brasil, quem tem muitos cubanos morando em seu território, não

    negou asilo aos atletas. Fato: após o completo abandono por parte do “empresário” alemão, eles ficaram sem

    rumo. Fato: OS CUBANOS RESOLVERAM, POR LIV RE E ESPONTANEA VONTADE, RETORNAR A SEU PAÍS

    DE ORIGEM. Fato: mantê-los à força no Brasil, seria crime de cárcere privado, violação dos normas do ……

    ACNUR e da Convenção de Genebra para Refugiados de 1951. Fato: o princípio do NON REFOULEMENT, artigo

    33 do diploma legal referido, apens se aplica QUANDO O INDIVÍDUO MANIFESTA INTERESSE EM FICAR NO

    PAÍS ONDE SE ENCONTRA, SOB A ALEGAÇÃO DE QUE É ALVO DE PERSEGUIÇÃO DE QUALQUER TIPO.

    O resto é sopa requentada, que o Sr. Augusto Nunes deve adorar.

     

  29. ingenuidade
    Acreditar que o governo, criando o mais médicos, se importa coma saúde dos brasileiros é a maior ingenuidade e fanatismo que já vi na vida. Assim como a maioria dos críticos do programa também não se importa. Fanatismo político está muito longe do dia-a-dia das necessidades de saúde do povo.

  30. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome