Centrais exigem revogação de reformas e liberdade de Lula

Foto Dino Santos

Jornal GGN – A CUT e centrais sindicais e movimentos sociais ligados às frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, realizaram nesta sexta-feira, dia 10, uma grande mobilização na Avenida Paulista, em São Paulo. Foi o Dia do Basta, com luta e arte.

Em frente à Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, os manifestantes cobraram a revogação das reformas aprovadas durante o governo ilegítimo de Michel Temer (MDB), além de exigir a liberdade de Lula. Com bandeiras e discursos, o movimento reforçou a luta contra o desemprego, a reforma trabalhista e o aumento dos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha.

“Demos o recado para aqueles que querem acabar com os nossos direitos: continuaremos unidos até que todos os projetos contra os direitos da classe trabalhadora que foram aprovados pelos golpistas sejam revogados”, disse o presidente da CUT-SP, Douglas Izzo, que também defendeu o direito de o ex-presidente Lula ser candidato nas eleições.

O bancário e presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas, afirma que está na hora do trabalhardor dar um basta e mudar os rumos do país. “Damos um basta na inflação, no desemprego, na corrupção e no congelamento dos gastos públicos”, afirmou.

Além dos discursos, o ato foi marcado por apresentações artísticas organizadas por coletivos do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de São Paulo (Sated-SP), além de outros. Os manifestantes seguiram em marcha pela Avenida Paulista até o prédio da Petrobras, onde terminou o protesto.

Leia também:  Perseguição Bolsonarista aos Movimentos Antifascistas, por Gilliam Ur Rehman

Além deste ato na Avenida Paulista, várias cidades do estado de São Paulo realizaram protestos e paralisações. Clique aqui para saber como foram as atividades.

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome