O blues/rock/jazz de Victor Biglione, no Rio, por Carlos Motta

Nesta sexta-feira, dia 29, às 19 horas, o Centro Cultural dos Correios, no Rio, vai receber um espetáculo bastante diferenciado.

O blues/rock/jazz de Victor Biglione, no Rio, por Carlos Motta

Nesta sexta-feira, dia 29, às 19 horas, o Centro Cultural dos Correios, no Rio, vai receber um espetáculo bastante diferenciado. Com produção da Vértice Cultural e da BeProg, o guitarrista Victor Biglione apresenta seu aclamado show de blues rock, agora também com pérolas jazzísticas, acompanhado por Jorge Pescara (baixo) e Fábio Cezanne (bateria). O show traz sua releitura peculiar da obra de diferentes ícones do blues e classic rock, como Jimi Hendrix, Santana e Fleetwood Mac, sem deixar para trás sua influência do jazz, somando sofisticação com obras de Coltrane, Paul Desmond e Oliver Nelson, dentre outros.

Arranjador, compositor e virtuose, Victor Biglione é um dos músicos com a maior número de participações em gravações e shows, na MPB. O curriculum internacional é invejável, com dois Grammys – Manhattan Transfer, em 1989, e com Milton Nascimento, em 2000, dois CDs com o guitarrista do The Police, Andy Summers, além da participação em álbuns de Stanley Jordan, Lee Konitz (Miles Davis), John Patittucci, Sergio Mendes, Steve Hackett (Genesis), John Hiseman (Colosseum), entre outros.

Ao invejável currículo internacional, somam-se ainda as gravações e participações ao lado de Luís Conte (Santana), Bill Reichenbach (Michael Jackson), Jerry Hey (Quincy Jones), Steve Tavaglione (Roger Waters), Eumir Deodato, Jon Robinson (Eric Clapton), Bob Moses (Pat Metheny), Ronnie Foster (George Benson), Frank Cólon (Herbie Hancock) e John Dumme (Focus), entre muitos outros.

A formação em trio traz também virtuosismo na “cozinha” da banda. Diretor musical, baixista, touchstyle player, pesquisador e professor, Jorge Pescara é autor de diversos livros técnicos e uma vídeo-aula sobre baixo elétrico, além de ter sido colaborador de revistas especializadas em música no Brasil (Backstage, Music & Tecnologia, Cover Baixo, Cover Guitarra e On & Off, além de muitas outras).  Tocou e/ou gravou com Ithamara Koorax, Dom Um Romão, Eumir Deodato, Luiz Bonfá, Ney Matogrosso, Paulo Moura, Zé Ramalho, Laudir de Oliveira e Arthur Maia, entre outros. Artista exclusivo da Jazz Station Records, Pescara é endorsee Megatar, Elixir Strings e PowerClick in ear systems.

Leia também:  Ouvi passar rasga mortalha...

Com 25 anos de carreira, o baterista autodidata Fábio Cezanne participou de diversas formações musicais, seja integrando grupos autorais, seja como percussionista e baterista de grupos de baile. Já se apresentou em palcos importantes do Estado do Rio de janeiro, como Circo Voador, Sala Baden Powell, Teatro Rival, Sala Cecília Meireles e Teatro João Caetano, entre outros. A partir de 2017, passou a integrar o trio do guitarrista Victor Biglione, com apresentações na Sala Cecília Meireles (com Orquestra de Violoncelos da OSB), e em diversos palcos e festivais (CaRIOca Prog Festival, Lagoa Blues Festival etc). Atualmente também se apresenta, como percussionista, nos Corais Popcoro e de Nova Iguaçu, ambos sob regência do maestro Ronald Valle, e integra o grupo de rock progressivo do baixista Jorge Pescara (Knight Prog) e de bossa-nova da cantora Hanna. (Informações da assessoria de imprensa)

Repertório

“Povo” –  Freddie Hubbard

“Take Five”  – Paul Desmond

“People Make World”  – Bell, Creed & Perry

“Stratus”  – Billy Cobham

“Mr Pc” – John Coltrane

“Stolen Moments” – Oliver Nelson

“Little Wing” – Jimi Hendrix

“Foxy Lady” – Jimi Hendrix

“Voodoo Child” – Jimi Hendrix

“Red House Blues” – Jimi Hendrix

“Soul Sacrifice” – Santana

Serviço

29/11, sexta-feira – Victor Biglione Power Trio

Local: Centro Cultural dos Correios

Horário: 19 horas

Endereço: Rua Visconde de Itaboraí 20, Centro, Candelária, Rio de Janeiro

Inteira: R$ 30,00

Meia (legal): R$ 15,00

Informações: (21) 2253-1580

Leia também:  O iluminado Tom Jobim: 25 anos sem o maestro soberano, por Jorge Sanglard

Classificação Livre

Comprar online: http://beprogrock.com/event/biglione/

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora