Número de cheques sem fundo aumenta em janeiro

Jornal GGN – O percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos foi de 2,06 % em janeiro de 2015, segundo indicador apurado pela consultoria Serasa Experian. No mês anterior (dezembro de 2014), o total de cheques devolvidos foi de 1,94%. Já em janeiro do ano passado o número chegou a 2,11%.

Em janeiro de 2015, o Amapá liderou o ranking estadual dos cheques sem fundos, com 15,27% das devoluções. Já São Paulo foi o estado com o menor percentual (0,88%). Entre as regiões, a Norte foi a que liderou o ranking, com 6,31% de cheques devolvidos, enquanto a região Sudeste foi a que apresentou o menor percentual, com 1,25%.

Segundo os economistas da consultoria, “o acúmulo de compromissos financeiros típicos de início de ano (impostos, mensalidades escolares, gastos com as compras de final de ano, despesas com férias, etc.) e os aumentos de preços/tarifas ocorridos (transporte urbano, energia, etc.) afetaram o bolso do consumidor, acarretando a elevação da inadimplência com cheques em janeiro na comparação com o último mês do ano passado”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Em plena pandemia, pequenos negócios perdem espaço no crédito, por Lauro Veiga Filho

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome