8 filmes para entender a ditadura militar no Chile, por Bárbara Vida

Selecionamos 8 produções para você assistir sobre esta data histórica para a América Latina

Foto: Reprodução/Youtube

Da Página do MST

8 filmes para entender a ditadura militar no Chile

por Bárbara Vida

O dia 11 de setembro de 1973 entrou para a memória como um dos momentos mais importantes da história e da política no mundo. Nesta data, as Forças Armadas chilenas cercaram o Palácio de La Moneda e assassinaram brutalmente o presidente eleito constitucionalmente, Salvador  Allende. O Chile mergulhava numa das mais sangrentas ditaduras do continente, liderada pelo general Augusto Pinochet.

Derrotado há 46 anos, Allende venceu: vive nos chilenos que lutam por educação pública, gratuita e de qualidade, nos trabalhadores que resistem e na sociedade chilena que respeita seu passado. Confira abaixo 8 filmes que ajudam a entender o processo do golpe no Chile e a ditadura que se instaurou no país.

A Batalha do Chile 
1975, 1977, 1979 I Patricio Guzmán I Chile

Considerado um dos melhores e mais completos documentários latino-americanos. Dividido em três partes (‘A insurreição da burguesia’, ‘O golpe militar’ e ‘O poder popular’), o filme cobre um dos períodos mais turbulentos da história do Chile, a partir dos esforços do presidente Salvador Allende em implantar um regime socialista (valendo-se da estrutura democrática) até as brutais conseqüências do golpe de estado que, em 1974, instaurou a ditadura do general Augusto Pinochet.

A Batalha do Chile Parte I – A Insurreição da Burguesia

A Batalha do Chile Parte II O Golpe de Estado

A Batalha do Chile Parte III O Poder Popular

Estádio Nacional 
2002 I Carmen Luz Parot I Chile

De 11 de setembro a 9 de novembro de 1973, o Estádio Nacional do Chile foi usado como campo de concentração, tortura e morte. Mais de doze mil presos políticos foram presos lá sem acusações ou ações judiciais após o violento golpe militar contra o governo socialista de Salvador Allende. Pelo menos sete mil pessoas foram torturadas impunemente. Este documentário, realizado 30 anos depois, é a primeira investigação jornalística que fornece uma cronologia exata desses fatos.

Leia também:  Consórcio Nordeste economiza 30% em licitação de medicamentos

No
2012 I Pablo Larraín I Chile

Em 1988, o ditador militar chileno Augusto Pinochet, devido à pressão internacional, é forçado a convocar um plebiscito em sua presidência. O país votará SIM ou NÃO em Pinochet, o que estenderia seu governo por mais oito anos. Os líderes da oposição ao NO convencem um jovem e impetuoso executivo de publicidade a liderar sua campanha. Contra todas as probabilidades, com escassos recursos e sob escrutínio dos servos do déspota, Saavedra e sua equipe planejam um plano audacioso para vencer a eleição e libertar o Chile

Salvador Allende 
2004 I Patricio Guzmán I França

Desde a infância passada em Valparaíso à morte durante o golpe militar do General Pinochet em 11 de setembro de 1973, um panorama da vida e das realizações do presidente chileno Salvador Allende, incluindo entrevistas e imagens de arquivo.

La ciudad de los fotógrafos
2006 I Carito Pere I Chile

Durante a ditadura de Pinochet, na rua, no ritmo dos protestos, um grupo de fotógrafos formou e criou uma linguagem política. Para eles, fotografar era uma prática de liberdade, uma tentativa de sobreviver, uma alternativa para continuar vivendo. Eles representam o passado inóspito do Chile e a metamorfose da sociedade chilena.

Violeta foi para o Céu
2011 I Andrés Wood I Chile, Argentina, Brasil

O filme conta a trajetória da compositora, artista e cantora chilena Violeta Parra. Esta biografia não segue uma linha cronológica, focando-se em diversos momentos da vida de Violeta, como sua infância na província de Ñuble, sua viagem pelo interior do Chile, as visitas à França e à Polônia, além do romance que ela teve com o suíço Gilbert Favre. O filme é inteiramente intercalado com trechos de uma entrevista que Violeta Parra deu à televisão em 1962.

ReMastered: Massacre no Estádio 
2019 I Bent-Jorgen Perlmutt I EUA

Quarto episódio da série de filmes documentais ‘ReMastered’, dedicada a passagens importantes de figuras da música que marcaram a história. ‘Massacre no Estádio’ nos leva ao Chile, em um dos períodos mais cruéis da história da América Latina. Depois de assassinado, em 1973, o cantor Víctor Jara virou símbolo da luta contra a ditadura no país. Décadas depois, tem início uma inesperada busca por justiça.

Leia também:  O regime precisa das privatizações para se manter, por Andre Motta Araujo

(Veja o filme completo na plataforma de streaming Netflix)

Neruda
2016 I Pablo Larraín I Chile, Argentina, França, Espanha, EUA

No final da década de 1940, um inspetor persegue o poeta chileno ganhador do Prêmio Nobel, Pablo Neruda, que se torna fugitivo em seu país por ter se associado ao Partido Comunista.

O GGN prepara uma série de vídeos que explica a influência dos EUA na Lava Jato. Quer apoiar o projeto? Clique aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Gostaria de sugerir outro filme: ‘O Botão de Pérola’ (Patricio Guzmán), um documentário que fez parte da 32ª Bienal de Artes de SP. Muito bonito e contundente.

  2. Faltou o filme “Machuca”… que seria bem útil aos Bolsoasnos e o pessoal que não sabe como são os traços ditatoriais, principalmente quando se iniciam.

    Através a história de um menino pobre (Pedro Machuca) e seu recém amigo de classe média alta.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome