‘A senhora é uma simples servidora. Não está aqui para questionar’, diz Nabhan Garcia a geógrafa

Secretário do Ministério da Agricultura responde a funcionária do Incra que o questionou sobre a paralisação de processos de regularização fundiária e a falta de estrutura para os agentes da estatal

Jornal GGN – “A senhora parece não conhecer de hierarquia. Como uma servidora simples, não dá vir aqui questionar a instituição”. A frase foi dita pelo secretário especial de regularização fundiária do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia, à geógrafa e funcionária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) Ivone Rigo.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, Ivone estava participando de uma audiência na cidade de Marabá (PA) quando questionou o secretário sobre a paralisação de processos de regularização fundiária e a falta de estrutura para fiscalização de agentes da estatal.

Nabhan disse que Ivone estava “passando dos seus limites”, que não deveria indagar “a instituição e a supervisão que coordena o Incra”, tampouco apontar falhas do governo. “A senhora deveria se colocar no seu devido lugar e não vir pressionar o governo. A senhora não está aqui para pressionar o governo. A senhora é uma funcionária do governo, não está aqui para pressionar”, disse o secretário.

A audiência ocorreu em 10 de fevereiro na cidade paraense, quando o secretário ordenou a abertura de um processo contra Ivone para “apuração do comportamento nada de ético”, de acordo com ofício encaminhado à Superintendência Regional do Sul do Pará e assinado pelo superintendente regional substituto, João Itaguary.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora