Acervo Vladimir Herzog será divulgado em versão virtual

Lançamento está programado para o dia 26, quando o jornalista completaria 83 anos de vida; mais de 1700 itens foram digitalizados

O jornalista e intelectual Vladimir Herzog, assassinado por agentes da ditadura militar em outubro de 1975. Foto: Reprodução

Jornal GGN – A versão virtual do Acervo Vladimir Herzog será lançada pelo Instituto Vladimir Herzog (IVH) no próximo dia 26 de junho, quando o jornalista completaria 83 anos de vida.

Mais de 1700 itens sobre a trajetória profissional e pessoal do jornalista e intelectual foram digitalizados, em iniciativa que vai permitir à sociedade conhecer mais sobre Vladimir Herzog, assassinado por agentes da ditadura militar em outubro de 1975.

Entre os itens disponíveis, estão mais de mil fotografias, muitas delas registradas pelo próprio Vladimir Herzog como pesquisa documental para roteiros e reportagens; 78 matérias jornalísticas que escreveu e/ou editou ao longo da carreira; 131 periódicos da Revista Visão, da qual Vlado foi editor, incluindo a matéria de capa sobre a crise da cultura brasileira publicada em 1971; mais de 60 cartas escritas e/ou endereçadas a ele; uma série inédita em parceria com o Museu da Pessoa com 12 depoimentos de familiares e amigos do jornalista, entre eles a viúva Clarice Herzog, o cineasta João Batista de Andrade e o arquiteto Ruy Ohtake.

Após dois anos de pesquisa, todos os itens foram organizados e apresentados de forma didática, agrupados por tipos de documentos ou atividades exercidas por Herzog, no site www.acervovladimirherzog.org.br.

O lançamento será marcado por uma live na sexta-feira (26/06), às 19h, nas redes sociais do IVH com a participação de Rogério Sottili (diretor executivo do Instituto), Ivo Herzog (presidente do Conselho do Instituto e filho de Vladimir Herzog), Luis Ludmer (coordenador técnico do Acervo Vladimir Herzog) e Bianca Santana (jornalista e escritora).

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome