Anvisa autoriza terceira fase de testes de vacina chinesa contra o coronavírus

Terceira fase do estudo deve contar com 9 mil voluntários de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal

Foto: Arquivo/EBC

Jornal GGN – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira, 3 de julho, o início da terceira fase de testes da vacina contra o novo coronavírus feita pela empresa chinesa Sinovac. O Instituto Butantan, de São Paulo, coordena os estudos no Brasil. 

O anúncio dos estudos da vacina no Brasil foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB) em 11 de junho. Na última quarta-feira, 1 de julho, o político afirmou que 12 centros de pesquisa vão realizar os testes da terceira fase, em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal. 

A vacina CoronaVac é produzida a partir de cepas inativadas do novo coronavírus e, após mostrar resposta imune “favoráveis” nas primeira e segunda fases de testes realizados em humanos e animais, agora poderá ser administrada a um número maior de pessoas.

A nova fase do estudo clínico deve contar com 9 mil voluntários. Parte dessas pessoas receberá a vacina e outro grupo deve receber um placebo, uma substância sem efeito. Com isso, será possível verificar se há o estímulo à produção de anticorpos para proteção contra o vírus.

No entanto, para dar início a terceira fase, o Instituto Butantan ainda precisa do aval da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) ou da Comissão de Ética para Análise de Projetos de Pesquisa (CAPPesq).

Com informações do jornal Estado de S. Paulo. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Michelle Bolsonaro testa positivo para coronavírus

1 comentário

  1. Infelizmente apesar da ação fundamental do Instituto Butantã a criação dessa vacina o mesmo não terá nenhuma participação nos ganhos com a produção e venda dessa vacina; que seja verdade a declaração do governo chinês de que a vacina será da humanidade e de que não haverá direitos de patente para a produção da vacina por laboratórios locais, dede que também nada aufiram de lucro com ela!!!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome