Associação Dom Bosco vai recorrer de decisão sobre Porta dos Fundos

Advogado de entidade cristã diz que não há censura; Gilmar Mendes é o relator da reclamação

Jornal GGN – A Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura anunciou que vai recorrer da decisão tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, sobre a suspensão da censura do especial de Natal da produtora Porta dos Fundos.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, o advogado da associação cristã, Leonardo Camanho, disse que existe “um equívoco de premissa” no texto redigido por Toffoli ao falar de censura prévia, o que a Dom Bosco não considera o caso.

De acordo com Camanho, as considerações serão encaminhadas ao relator da reclamação, ministro Gilmar Mendes, e aos outros integrantes do colegiado. Ficou a cargo de Toffoli tomar a decisão provisoriamente no último dia 09, uma vez que o Judiciário só irá retomar suas atividades em fevereiro.

O desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, censurou o especial de Natal do Porta dos Fundos na última quarta-feira. “Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida”, escreveu.

Por conta da exibição do programa, a sede da produtora, localizada na zona sul do Rio de Janeiro, foi alvo de ataque na madrugada de 24 de dezembro. Na ocasião, dois coquetéis molotov foram jogados contra a fachada do imóvel. Houve danos materiais no quintal e na recepção.

Leia também:  ABJD pede que PGR enquadre procurador que denunciou Glenn na Lei de Abuso de Autoridade

O Jornal GGN recebeu denúncia e publicou o material que apontava o grupo Comando de Insurgência Popular Nacionalista e seu líder Eduardo Fauzi. A matéria foi publicada no dia 28 de dezembro e pode ser lida aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Gostaria de saber o que os salesianos de dom Bosco fizeram de útil em defesa de crianças e jovens contra o assédio dos padres pedófilos.
    Sei que eles forneceram um dos principais acobertadores, o secretário de estado do vaticano, no tempo de BXVI.

  2. É interessante como o charlatanismo das igrejas evangélicas não incomoda e não ataca os pruridos dessa gente. É só ligar a televisão, de manhã de tarde ou até mesmo de madrugada, para ver com os próprios olhos o escárnio que esses auto denominados pastores fazem com o símbolo “Jisiuss”e mesmo com “deus”, seja lá o que se entenda por isso!!!. Ainda por cima, sem constrangimento algum, pedindo dinheiro desavergonhadamente a quem não tem nada nem de si mesmo para dar. Mas essa infâmia não incomoda a ninguém, muito menos ao “devotos”!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome