Bolsonaristas voltam a se reunir para criticar STF e Congresso

Manifestantes sem máscara se reúnem no momento em que o Distrito Federal registra um aumento no número de mortes pelo coronavírus

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Dezenas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se reuniram em Brasília neste domingo, sem máscaras de proteção no momento em que o Distrito Federal registra aumento de óbitos pelo novo coronavírus.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a manifestação foi organizada por movimentos conservadores e cristãos. Embora não tenham cumprido o distanciamento social, muitos vestiam máscaras – as exceções ficaram entre os apoiadores idosos e integrantes do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro tenta viabilizar para a disputa presidencial de 2022.

Os manifestantes caminharam da Biblioteca Nacional até o Congresso Nacional, onde levantaram cruzes representando as unidades da federação. Com faixas e cartazes, eles criticaram o Judiciário e o Legislativo, cobraram o julgamento de políticos que foram alvo da Operação Lava Jato, além de pedir ao Senado Federal que avaliem os pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

A manifestação também contou com a participação de deputados aliados do governo, como Major Fabiana (PSL-RJ) e Daniel Freitas (PSL-SC), além de blogueiros investigados nos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos.

 

Leia Também
Ministro da Justiça deixa discrição para proteger Bolsonaro
Redes ignoram bloqueio de perfis suspeitos de ataque ao STF
Bolsonaro ignora isolamento social e fala em vermífugo contra covid-19

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Como os militares pavimentaram o caminho do retorno ao poder, por Wilson Luiz Müller

2 comentários

  1. QUE BOM!!!
    É só assim, com eles fazendo estardalhaço, pro stf fazer alguma coisa durante a semana. É só lembrar que nas últimas semanas nao fizeram busca na casa de ninguém, não houve prisão e ninguém se mexeu na justiça contra estes calhordas, fascistas que acham que são patriotas, mesmo aprovando o extermínio da nação promovida pelo (des)governo que promoveram e elegeram.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome