Coronavírus: Estados Unidos enviam 2 milhões de doses de hidroxicloroquina ao Brasil

Remédio sem eficácia comprovada contra o coronavírus será usada em enfermeiros, médicos e profissionais de saúde, além de pacientes infectados

Jornal GGN – Os Estados Unidos anunciaram no domingo (31) o envio de 2 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina ao Brasil. A droga não tem eficácia comprovada contra o coronavírus, mas vem sendo defendida nos dois países no tratamento de pacientes com sintomas leves e graves.

Segundo o informe da Casa Branca, o remédio será oferecido aos profissionais de linha de frente no enfrentamento ao coronavírus, além dos pacientes infectados.

No dia 20 de maio, contrariando estudo publicado na revista The Lancet, o Brasil lançou um protocolo que sugere o uso de hidroxicloroquina em pacientes com sintomas leves. A maior pesquisa científica divulgada até agora mostra aumento de mortes no uso da droga por causa de problemas cardíacos.

O presidente Donald Trump ainda também se comprometeu a fazer uma parceria com o Brasil em testes clínicos controlados randomizados sobre a hidroxicloroquina, segundo informações da Folha de S. Paulo desta segunda (1º).

Além disso, os EUA enviarão ao Brasil mil ventiladores mecânicos.

>>> O GGN PREPARA UM DOSSIÊ SOBRE O PASSADO DE SERGIO MORO. SAIBA COMO AJUDAR AQUI. <<<

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora