Coronavírus: SP registra segundo maior número de casos por dia e permite abertura do comércio por 6 horas

Em meio a mais de 300 mil casos da doença, governo estende horário de funcionamento para comércios na fase laranja

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Jornal GGN  – No dia em que o estado de São Paulo contabiliza o segundo maior número de diagnósticos confirmados do novo coronavírus de um dia para o outro, o governo anunciou uma atualização no plano de reabertura gradual da economia. Agora, comércios poderão ficar abertos por mais tempo. 

Segundo o governo, um decreto publicado nos próximos dias dará aval para que os comércios autorizados nas regiões que estiverem na fase laranja, que indica o controle no número de casos, poderão abrir quatro dias úteis, com seis horas contínuas de funcionamento. 

Atualmente, a fase laranja permite que shoppings, concessionárias, comércio de rua e escritórios abram todos os dias da semana, por quatro horas e com capacidade de lotação de 20%. 

Acontece que os números da doença no estado não param de subir. Desde o início da pandemia são 302.179 pessoas infectadas e 15.351 vítimas fatais da Covid-19. Nesta quinta-feira, 2 de junho, foi registado o segundo maior número de novos casos em 24 horas no estado, são 12.244 diagnósticos positivos. 

O fechamento do comércio acontece em decorrência da medida de isolamento social, indicada pelos órgãos de saúde para conter a transmissão do vírus. Mas, o governo de João Doria (PSDB) vem adotando novas medidas a fim de retomar a economia e melhorar a gestão dos negócios.

“Para que viabilize um maior planejamento do comércio e garantindo a segurança pelo aspecto de saúde. Esse foi o ponto autorizado, que será incluído e será objeto do decreto nos próximos dias para funcionamento na fase laranja”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, durante entrevista coletiva. 

Com informações do Uol.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Rússia afirma estar à frente dos rivais na corrida pela vacina contra Covid

2 comentários

  1. O governo federal atrapalhou o quanto pode, o governo estadual parece que ligou o dane-se, a capital nem se fala.
    Obrigue as pessoas a usar máscara que, embora seja uma medida sanitária importante, significa realmente que cada um cuide de si.
    A equação ocupação de leitos-número de infectados não ajuda a resolver e nem se refere ao problema das sequelas que possam advir do Covid-19.
    E as pessoas que se sentirem prejudicadas pela política sanitária desastrosa e pelo comportamento de parte da população, deverão entrar na Justiça contra o Estado?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome