Desmatamento na Amazônia dispara 183% apenas em dezembro

Dados do Deter mostram crescimento constante na base de comparação com anos anteriores

Foto: Reprodução/Greenpeace

Jornal GGN – O ritmo do desmatamento da Amazônia disparou 183% apenas no mês de dezembro em relação ao mesmo período de 2018. Os números foram divulgados pelo Deter (Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real), do Inpe.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, a análise dos dados mostra que o avanço do desmatamento ante os mesmos meses de anos anteriores é constante. O ritmo de crescimento tem sido acentuado desde maio de 2019, exceto o total registrado em outubro – cujo avanço foi de aproximadamente 5%.

O aumento mais expressivo foi registrado nos meses de julho e agosto, quando o desmatamento avançou 278% e 222%, respectivamente. Outros meses com resultados elevados foram novembro (104%), setembro (96%) e junho (90%).

Os dados anuais de desmatamento (Prodes) foram divulgados em novembro pelo Inpe: entre agosto de 2018 e julho de 2019, a Amazônia apresentou um desmatamento de 9.762 km², o maior valor da última década. Entre 2017 e 2018, o aumento apurado foi de 29,5% – o mais alto percentual em mais de 20 anos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Hollywood também desconfia de golpe, por Nelson Barbosa

2 comentários

  1. A evidência maior do descaso, incentivo e cumplicidade do (des)governo adolinquente é que enquanto a destruição ambiental aumenta significamente, as multas ambientais diminuem, juntamente com o desmonte da fiscalização.
    Uma festa para os coronéis bandidos do ruralismo grileiro brasileiro.
    Que pode contribuir para números, mas quase nada para a sociedade…
    Aquela de carne e osso.

  2. A resposta de ONG’s e Interesses Internacionais precisava ser pesada, ainda mais da canalhice revelada nos incêndios intermináveis da Austrália, Califórnia e Europa e o silêncio e omissão absurdo do NeoColonialismo Ambiental. A Verdade é Libertadora. E o Brasil é dos Brasileiros. Falando nisto, quais foram as punições e prisões contra Empresas Norueguesas poluindo Amazônia e Povo Brasileiro em Barcarena / PA? Ah! Entendi.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome