DIA 31, ÀS RUAS PELO IMPEACHMENT!

– para reforçar seu apoio a um interino condenado como ficha-suja e inelegível por oito anos no lugar de uma pessoa sem qualquer acusação de corrupção.  Tire fotos pra seus netos se orgulharem de você;

– para ajudar a pagar as dívidas contraídas com os que patrocinaram o golpe. O déficit para despesas futuras do País foi aumentado em quase 200% em relação ao previsto por Dilma. Mas tudo bem. O importante é que  toda a conta  será paga aos patrocinadores do impeachment;

– para mostrar que você concorda que Sarney, Jucá e Renan não sejam presos como Delcídio, mesmo tendo declarado que promoveriam parar a Lava-Jato. Disseram, de própria voz, que  impeachment seria necessário para parar a operação. Dilma não interferia. Precisavam de alguém que interferisse;

– para apoiar Maluf, que foi barrado por um juiz concursado de primeira instância por ser ficha-suja, como manda a lei, liberado depois em instância superior. Por falar em instância superior, o maior órgão do Judiciário, o STF, tem todos seus juízes nomeados politicamente. Só dois deles passaram em concurso. Tóffoli, por exemplo, reprovou duas vezes em concurso para juiz, sem pós-graduação, mestrado ou doutorado;

– ser solidários a Agripino Maia, Pauderney, Aécio, Cunha, Jucá et caterva, que tanto lutaram pelo impeachment e são citados em diversos processos por corrupção. Se lutaram contra o impeachment, devem ser anistiados. Até o Osmar Serraglio sugeriu anistia para seu chefe, Eduardo Cunha. Por que não os outros?

Leia também:  Nicolelis: Brasil deve estocar equipamentos e preparar população para nova quarentena

– para ficarmos bem com os norte-americanos entregando-lhes nossa maior riqueza: o Pré-sal. Afinal, Serra prometeu, conforme documentos no inquestionável Wikileaks. Começando com a mudança do modelo de partilha para concessão. Não sabe nem o que é isso, mas não importa. Se a grande mídia não fala nada e aprova, tudo bem;

– para sustentar a lei sobre abuso de autoridade que Renan quer aprovar para se livrar, e seus companheiros, da Lava-Jato;

– para melhorar sua situação financeira como patrão. A lei de Terceirização em todas as atividades diminui despesas e os direitos dos empregados. Azar deles;

– para confirmar que você desconhece que a maior corrupção no Brasil ocorreu entre 1995 e 2002 (impune). Bastaria uma pequena consulta, mas seus netos, sem trabalho, ou terceirizados sem direitos trabalhistas,  farão isso depois;

– para mostrar que você acredita que a corrupção no Brasil começou em 2003;

– para avalizar a podridão do alto Judiciário. Afinal de contas, os patrões mandaram ignorar isso também;

– para aceitar a privatização dos fundos de pensão e eliminação dos participantes na sua gestão;

– para apoiar Cunha comandando o presidente interino e nomeando ministros, líder e presidente da Câmara;

– para apoiar o deputado paranaense Ricardo Barros, engenheiro administrando Saúde. Ele está liberando os planos de saúde de multas por deixarem de atender. Também quer privatizar a Saúde. Tudo pelo bem da população, claro;

– para apoiar a “força” dada aos militares. Seus crimes serão julgados por eles mesmos. Como era antes.

Não deixe de levar uma bandeirinha do Brasil e ir de camisa amarela. Com fotos, muitas fotos. Publique no Facebook e reproduza frases do Reinaldo Azevedo, Joselito Muller, Augusto Nunes, Jabor, etc. Nem precisa de aspas.

Leia também:  Fora de Pauta

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome