Diretor do IFPR é notificado por crítica a Bolsonaro

Patrulha ideológica se faz presente nas entidades federais de ensino; notificação se deve à postagem crítica ao presidente e ao ministro da Educação nas redes pessoais de Rodolfo Fiorucci

Diretor do IFPR, Campus Jacarezinho (foto) é notificado por críticas a Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub. Foto: Reprodução

Jornal GGN – A patrulha ideológica do governo Jair Bolsonaro contra as instituições federais de ensino atacou novamente: o diretor do IFPR (Instituto Federal do Paraná) campus Jacarezinho, Rodolfo Fiorucci, foi notificado pelo Ministério Público do Paraná na última sexta-feira (14/02) após uma postagem em suas redes pessoais criticar o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

A notificação foi entregue a Fiorucci pelo Reitor da Instituição Federal, cuja denúncia se baseia em artigo da Lei de Segurança Nacional, de 1983, em plena vigência da ditadura militar no Brasil. A denúncia foi feita de forma anônima e corre em sigilo de Justiça.

De acordo com informações do jornal O Contratempo, o temor do recém-eleito diretor do IFPR é que a reitoria da Universidade acolha a denúncia e a encaminhe para a Comissão de Ética do IFPR, que poderia inclusive destituí-lo do cargo, conforme prevê Medida Provisória recente aprovada pela gestão de Bolsonaro, com o objetivo de inibir e intimidar qualquer manifestação de diretores e professores das Universidades e Institutos Federais contra seu governo.

Em entrevista, o professor do IFPR e presidente do Sindiedutec Jacarezinho, Carlos Silva, disse que o departamento jurídico já ofereceu todo apoio e orientação ao diretor Rodolfo, mas que espera por uma atitude de bom senso da Reitoria do IFPR.

“Nós acreditamos e esperamos que a liberdade de expressão seja garantida nesse país, e o diretor Rodolfo que é professor do IFPR há mais de sete anos, não seja punido por uma postagem feita em sua página pessoal de uma rede social, em que se manifestou livremente como qualquer cidadão comum e não em nome do IFPR”, pontua Silva.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome