Explosão em Beirute atinge embaixada brasileira e residência de diplomata

Felizmente, pelo menos por enquanto, não existem relatos de brasileiros em condições críticas na capital libanesa

Foto: Anwar Amro/AFP

Jornal GGN – A grande explosão na região portuária de Beirute, capital do Líbano, nesta terça-feira, 4 de agosto, também atingiu a embaixada do Brasil na capital e a residência de um dos diplomatas brasileiros. As informações são do colunista Jamil Chade, no Uol. 

De acordo com a coluna, felizmente “nenhum funcionário teria sido ferido e, pelo menos por enquanto, não existem relatos de brasileiros em condições críticas”.

O governo local confirmou os vidros da embaixada foram todos destruídos. O incidente aconteceu quando o expediente já tinha terminado e ninguém foi ferido no local. “Um último funcionário tinha acabado de sair do local quando a explosão atingiu a sede da embaixada”, destacou Chade.

A três quilômetros do porto, a casa do diplomata brasileiro Roberto Salone “acabou destruída”. Janelas explodiram e, segundo os moradores, as portas “voaram”.

Procurado pela coluna, o Itamaraty não se manifestou sobre a os danos no prédio da embaixada.

Ainda não há informações oficiais sobre o que causou a explosão. Até cerca de 13h30, foram contabilizados 73 vítimas fatais e cerca de 3.700 feridos em decorrência do incidente, anunciou o ministro da Saúde, Hamad Hassan.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Vaza Jato confirma alinhamento da Transparência Internacional com Dallagnol

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome