General Santos Cruz diz que declaração de Bolsonaro é uma “covardia”

"Isso é mais uma tentativa de enganar a população e arrastar as Forças Armadas para o centro de discussões políticas", disse

Jornal GGN – O general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz considerou uma “covardia” a declaração de Jair Bolsonaro sobre as Forças Armadas serem a instituição que escolhe se um povo pode viver ou não numa democracia. O general foi ministro da Secretaria de Bolsonaro.

“Só posso dizer que isso é covardia com a população e com as Forças Armadas, que trabalham e se dedicam às suas atividades, à defesa do Brasil e em auxílio à população em todos os momentos de necessidade, sempre dentro da lei”, afirmou ao UOL.

“Isso é mais uma tentativa de enganar a população e arrastar as Forças Armadas para o centro de discussões políticas”, disse.

Além disso, Santos Cruz discordou da visão de Bolsonaro. Para o general, “a garantia da liberdade e da democracia são instituições fortes. O que enfraquece a democracia é o desprestígio e aparelhamento político das instituições.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora