GGN Covid Mundo: Israel, Brasil e EUA, ultradireita e recordes da doença

O que Israel, Estados Unidos e Brasil têm em comum: governos de ultradireita, negacionistas e recordes de casos de Covid-19.

Depois da segunda onda na Europa, o Oriente Médio vive situação confusa, com o Covid disparando em Israel e Líbano.

Colocando todos os países na mesma métrica – barra vertical até 5.000 casos diários – percebe-se melhor a situação desconfortável de Israel.

Na análise dos casos per capita, a situação de Israel fica mais exposta. seguido pela Arábia Saudita.

No balanço do dia, o maior aumento de casos doi da França, que prossegue célere na segunda onda.

Entre os grandes países europeus, usando-se a mesma métrica, percebe-se como a doença avançou assustadoramente na Espanha e Itália.

Em relação ao aumento do número de óbitos, a Argentina lidera o ranking.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Em governo sem corrupção, casos suspeitos cercam Bolsonaro

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome