Guarda Municipal atira em jovem com motocicleta: “Se não parou é porque deve”

Jornal GGN – A Guarda Civil Municipal de Santo André – cidade no ABC Paulista, governada pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) – atirou em um jovem de 17 anos que conduzia uma motocicleta, apenas porque ele não obedeceu ao sinal para encostar o veículo.

Em vídeo obtido pelo site Ponte Jornalismo, o tio de jovem questiona a ação a uma oficial da Guarda Municipal, e diz que atirar nesse contexto “é fora de padrão”.

“Não pode atirar na pessoa, vocês estão loucos?”, disse. A CGM então respondeu: “Sim, por que ele não parou?”. E acrescentou: “Se a pessoa está fugindo é porque deve.”

O vídeo também registrou a oficial questionando se a GCM precisa esperar para ver se a pessoa perseguida está armada, e inclinada a disparar, para depois reagir. No boletim de ocorrência, constou que o garoto estava armado. Mas o objeto não foi encontrado e a família afirma que ele não portava nenhum tipo de arma, apenas desobedeceu a ordem para parar a motocicleta.

Segundo a vítima, depois de baleado nas nádegas, ele caiu no chão e gritou: “Não me mata, eu sou filho de policial.” Os guardas então se aproximaram e não dispararam mais, mas pisaram em cima do ferimento que fizeram à bala, quando atiraram pelas costas.

Gabriel Bignardi Vital é estudante, tem 17 anos, e segundo o tio, provavelmente ficou apavorado com a ordem para encostar a moto porque o veículo está em nome de sua mãe, e ele ainda não tem habilitação para dirigi-lo.

Ele usava a moto para se deslocar por 3 quilômetros, de sua casa até a residência de parentes, onde pretendia passar o Natal, na noite de quarta-feira (25/12).

Leia também:  EUA pressionam países a rejeitar ajuda de Cuba durante pandemia de coronavírus

O garoto não queria ficar sozinho. A mãe dele morreu no dia 21 de dezembro, vítima de infecção bacteriana nos pulmões.

Leia a reportagem completa aqui.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

49 comentários

      • O menor atirou em alguém? O menor matou alguém? Não, né? Então não poste uma mensagem comparando situações desproporcionais entre os sujeitos. Se o menor está andando de moto, então que seja recolhido para a Delegacia Especializada, pois é o que diz a Lei.
        E que fique bem claro, se você não tem respeito pelo que a Lei diz, então você é tão delinquente quanto esses dois infratores do vídeo.

    • Erro monumental é falar algo que não conhece,e generalizar toda uma categoria pelo o erro de uma pessoa,em todas as profissões podem ocorrer erro,se um médico comete um erro em uma cirurgia, eu vou culpar todos os outros médicos pelo erro de um? Procure se informar pra não estar falando besteira.

      7
      4
      • Eu não chamo isso de erro, chamo de crime. No caso, foi cometido um crime. (e, que fique claro, não estou generalizando).

  1. Como não estava armado?

    Uma motocicleta nas mãos de uma pessoa sem habilitação é uma arma apontada contra a sociedade. Ainda mais dirigida por um menor de idade.

    Pilotar a moto nessas condições é fazer uma roleta russa contra a sociedade e contra si mesmo.

    15
    37
    • Não, ele não portava arma de fogo, o guarda civil claramente despreparado, sim.
      Por outro lado, você não olha para aspectos mais interessantes, como pisarem sobre o ferimento que eles infligiram.
      Quer dizer, o guarda civil fez com dolo. O que explica?
      Sua cegueira seletiva é bastante peculiar.
      Por outro lado, acho que esse guarda civil não estava gostando de seu turno e, com medo dos seus superiores mais o respeito à hierarquia – aquela lavagem cerebral típica de corporações – leva ao guarda civil fazer da arma o seu modo de resolver seus problemas.
      Seguindo seu raciocínio, dedos também podem ser armas. Deveríamos, portanto, cortar os seus dedos.

      23
      13
    • É verdade, menor de idade que não para quando a polícia municipal manda, tem que matar tudo, ainda mais quando está pilotando a moto da mãe recém falecida.

      12
      10
      • Não, não é policial municipal, é guarda municipal. Ele tem obrigações bem específicas.
        Segundo, nem interessa a opinião do guarda municipal. Deve ser exemplo na obediência à lei. “Se não parou é pq deve” pressupõe que o cidadão deveria confiar na guarda municipal. Deve-se, portanto, investigar a vida pregressa do guarda, sem dúvida.
        Como vemos, é o caso em que se usa de força desnecessária para a aplicação da regra.
        E, em nome de um slogan “abaixo a impunidade”, simplório até, deixa de lado que qualquer ação legal tem não apenas limite, mas deve ter legitimidade.
        Mais um exemplo rasteiro em que pra se eliminar piolho, corta-se a cabeça.
        Podemos colocar a questão em temos menos demagógicos como o usado pelo Abaixo a Impunidade: em que circunstâncias é permitido a um guarda civil usar do tiro de contenção (seria este o caso, certo?); se é atribuição dele tal abordagem. Mas adiantando: é pressuposto perigo iminente… Opa, não havia tal risco!
        Lembrando que o garoto – se o pai contratar – pode processar o guarda civil. Há caso em que 7a Turma da 4a Vara do TRF condenou um policial que atirou em um carro e alegou legítima defesa. E perdeu.
        O que importa no caso é que ele coloca à luz que há pessoas capazes de deixar qualquer limitação e controle legal de agentes da lei em nome de uma suposta ordem social.

        6
        3
        • Nenhum argumento justifica ele ter desrespeitado a ordem de encostar. Para a merda da moto caramba! Segundo que estava todo errado andando sem habilitação, o que oferece risco as pessoas sim. Alguém que pilota uma moto sem ser devidamente habilitado, é a mesma coisa que estar com uma arma na mão e não ter a capacidade técnica para manusear.

          Foi medir a febre e se ferrou, o culpado disso tudo é o próprio rapaz que não obedeceu uma ordem de alguém que estava trabalhando e não se divertindo.
          Merecia mais dois tiros na bunda pra deixar de ser idiota!
          Se tem um culpado e esse rapaz mocorongo.

          11
        • Ô Guarda Belo
          o comentário pretendeu ser irônico, bem como o pseudônimo.
          Nada justifica que um policial civil, cujas atribuições sejam proteger a população, agir como um soldado de exército, que a todos trata como inimigos.
          No mais, você está certo, a atividade precípua das guardas civis seguem os seguintes princípios:

          Art. 3º São princípios mínimos de atuação das guardas municipais:

          I – proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das liberdades públicas;

          II – preservação da vida, redução do sofrimento e diminuição das perdas;

          III – patrulhamento preventivo;

          IV – compromisso com a evolução social da comunidade; e

          V – uso progressivo da força.

          Eles não deviam nem mesmo andar armados, a menos que lei local o institua, sem, contudo, se descurar do respeito à vida.
          Legislação: Lei 13022/14

    • Taí uma ótima ideia para acabar com a indústria das multas, como quer o capitão: em vez de radares, instalam-se fuzis que atiram nos motoristas em excesso de velocidade, que são MUITO mais perigosos para a sociedade do que um motoqueiro sem habilitação.

    • Por causa disso merece um tiro? Você é louco, cara!? Procure um psiquiatra imediatamente. Isso é discurso de bozoloide neurótico.

      5
      2
      • O LN Online está infestado de bozoloides…
        Como é possível alguém concordar que a polícia atire num jovem que estava sem habilitação!!!
        Isso é motivo para assassinar alguém?
        O menino poderia ter morrido ou ficado aleijado!
        Que gente escrota!!

  2. É de extrema urgência que se comece a restringir a liberdade de atirar nas pessoas…
    nas condições em que se apresenta, e por qualquer critério de avaliação, temos pena e castigo sem qualquer tipo de julgamento da parte do estado ou município

    isso é coisa de terra sem lei, de justiça pelas próprias mãos, de ódio por não ter sido obedecida

    8
    4
    • Perfeita colocação. Esse bando de imbecil que acha que as autoridades têm que chegar atirando e matando só falam essa asneira porque não imaginam a si ou a seus parentes como vítimas dessa atuação…

  3. Pessoas desinformadas leia a Lei n.13.022 sobre as Guardas Municipais, despreparados são vocês para fazer comentários sobre o que desconhecem.

    8
    6
    • ta serto. vai justificar atirar assim em via pública. um amigo meu já foi alvo de 2 disparos. um gm apareceu de arma mão, ele achou que era assalto, e vazou. teve sorte de escapar ileso.
      povo não tem nem noção, do que é um tiroteio em via pública.

  4. Fugir por não ter habilitação é motivo para atirar em alguém? Ah, já sei… Deve ser aquela famosa orientação do comando da PM para abordar as pessoas de maneira diferente; na periferia a truculência e o despreparo, nos Jardins e outros bairros ricos, a atenção e a disciplina.
    Para preto, pobre e petista o tratamento é diferente.

    10
    1
  5. Taí uma ótima ideia para acabar com a indústria das multas, como quer o capitão: em vez de radares, instalam-se fuzis que atiram nos motoristas em excesso de velocidade, que são MUITO mais perigosos para a sociedade do que um motoqueiro sem habilitação.

      • Não precisa se preocupar… no fundo, o comentário é irônico, todos sabem que quem tem carro capaz de chegar a quase 200 por hora não é o “preto, pobre, petista” que você descreveu ali em cima… é gente como a mulher do bozo, que quase perdeu a carteira por excesso de velocidade.

  6. Se não há sequer prisão por dívida, exceto dívida relativa à pensão alimentar, porque o devedor deveria ser penalizado, sumariamente, com a morte ou lesão corporal?
    Guardas municipais burros

  7. Li de Brusque, ainda que a vítima estivesse armada, o seu alvejamento não se justificaria, pois um crime não é combatido com outro crime.

  8. No Brasil há muita hipocrisia se o erro foi do gcm puna se com medidas cabíveis não denigram corporações de gcms ou outras polícias por causa de atos de integrantes isolados na questão da gcm já há uma questão cultural de críticas mas na hora que o cidadão precisa de socorro o guarda esta ali pra socorrer e arriscar sua vida em prol da sociedade quando um transgressor é ferido a tendência é sempre vitimizalo e massacrar as forças de segurança

    1
    5
  9. Porq a GCM nao pode ter o mesmo prrparo da PM?
    Todos sao seres humanos capazes de ser treinado e tambem passivos de erros e acertos.
    So acho q deveria mudar a nomeclatura para Policia municipal para que os leigos entendam q a Guarda é Policia Municipal e acaba esses prejulgamentos de pessoas desinformadas.

  10. Não podemos colocar em descrédito as exigências e treinamento da guarda em virtude de um possível erro de um agente. Grande parte da atuação da guarda é de louvor. A corregedoria certamente vai apurar os fatos.

    • Apurar o que, meu amigo!?
      Já não está claro que o ÚNICO motivo de o garoto levar um tiro foi não ter parado porque não tem habilitação?
      Isso é motivo para assassinar alguém? O menino poderia ter morrido ou ficado aleijado!
      Não se esqueça que você não controla seus filhos 24 horas por dia e, numa dessas, ele pode ser assassinado pelo mesmo motivo, ou por outros motivos banais como estar com um baseado dentro do carro.
      Não tem mais o que apurar. O que se espera é que esses “guardas” sejam demitidos e vão trabalhar num emprego onde não ofereçam risco à vida de ninguém.

  11. O povo não pensa mesmo, só fala asneiras, eu queria ver se esse motoqueiro tivesse atropelado uma criança ou um idoso sai do em alta velocidade, porque a imprudência dele também causa riscos, olha no YouTube quantos vídeos de motorista que desobedece ordem de parada e sai em alta velocidade atropelando pessoas. O tiro pode ter sido um exagero, porém ele teve uma boa parcela de culpa, pois poderia ter parado, .as preferiu fugir pondo pessoas em risco, só par defender seus interesses, isso o povo não ver

  12. Agentes da LEI tem que cumprir, e fazer cumprir o que for objeto de lei, os excessos serão punidos na forma da LEI.

    1
    1
  13. Estamos vivendo em uma sociedade em que as coisas erradas São certos e o certo é o errado, a sociedade está sempre a favor dos bandidos, não estou dizendo que esse garoto é bandido, mas é menor e não poderia estar conduzindo uma moto, a sociedade nunca é a favor das forças de segurança, mas quando está no sufoca a primeira coisa que vem na cabeça e o 190 da PM, por isso que está desse jeito a bandidagem.

    • Você acha mesmo justificável uma pessoa levar um tiro pelas costas porque não parou para a guarda municipal? É sério??? Atire a primeira pedra quem nunca bebeu depois de um gole de cerveja, quem nunca dirigiu com a habilitação vencida, quem nunca ultrapassou o limite de velocidade! Queria ver se fosse um cara num Ferrari se a GM ia chegar atirando!

      • O discurso “bozológico” com sinal de arminha está transformando pessoas em animais irracionais.
        Se o tiro for no filho dos outros, tudo bem.

      • O discurso “bozológico” com sinal de arminha está transformando pessoas em animais irracionais.
        Se o tiro for no filho dos outros, tudo bem.

  14. Vamos parar de brincar de Pequena Sereia. Qualquer pessoa que se evadir de comando ou ordem de parada de Polícia, vai levar tiro. É fato. É incorreto do ponto de vista operacional, é contra o manual de engajamento, mas é o que ocorre. E vai levar tempo pra mudar. Várias pessoas foram assassinadas assim no Brasil e se tem processo depois, se o Guarda vai preso, se o baleado era criminoso é outra situação fora do campo do policiamento. Espero que essa não seja uma tendência das GCM brasileiras de aumentarem seu grau de letalidade, por influência do discurso miliciano de Bolsonaro, pois são órgãos que prestam um bom serviço e matam muito pouco. Elas não podem perder seu caráter de policiamento comunitário.

  15. Antes não se ouvia falar em guarda municipal no Brasil pois era reservado so pra prefeitura hoje eles estão dando trabalho pra polícia e justiça e a população calada.

  16. A intenção é colocar toda a população sob o controle total do Estado. Daqui a pouco vão inventar a guarda armada dos bairros: “Guarda Distrital”.

    • Fico imaginando se fosse apenas um motoqueiro surdo ou com fones de ouvido.
      Ia morrer à toa só porque não ouviu a ordem de parada?

  17. Os bozoloides são proativos; percorrem todos os sites progressistas para vomitar sua ignorâncias e espalhar suas fakenews.
    Acreditaram na mamadeira de piroca e agora acreditam no “atirar primeiro e perguntar depois”.
    Essa gente está transformando o país num hospício.

  18. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome