Guedes é condenado a pagar indenização de R$ 50 mil por chamar servidores de ‘parasitas’

Sentença foi proferida em ação por dano moral movida pelo Sindicato dos Policiais Federais da Bahia; AGU irá recorrer da decisão

O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O ministro da Economia Paulo Guedes foi condenado ao pagamento de R$ 50 mil a título de indenizações ao Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA) por ter comparado servidores públicos a ‘parasitas’.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a sentença contra Guedes foi proferida pela juíza Cláudia da Costa Tourinho Scarpa em uma ação de reparação pelo dano moral coletivo movida pelo sindicato. A sentença foi proferida pela 4ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária da Bahia (SJBA).

A comparação dos trabalhadores com ‘parasitas’ foi feita pelo ministro durante palestra em seminário promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). “O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação, tem estabilidade de emprego, tem aposentadoria generosa, tem tudo. O hospedeiro está morrendo. O cara (funcionário público) virou um parasita e o dinheiro não está chegando no povo”, disse.

Três dias depois, Guedes pediu desculpas aos servidores e declarou que seu objetivo “jamais foi ofender as pessoas que comprem seus deveres”. Na visão da juíza, Guedes violou “os direitos da personalidade dos integrantes da categoria profissional representada por este ente sindical, por meio dos seus pronunciamentos”. A Advocacia-Geral da União declarou que “oportunamente” irá apresentar recurso contra a decisão.

 

Leia Também
Bretas bloqueia contas de advogados investigados no Esquema S
População desocupada cresce e chega a 13,7 milhões de pessoas na pandemia
Imprensa fala a língua do especulador sobre a explosão dos preços dos alimentos

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fora de Pauta

2 comentários

  1. Não só parasitas. Inimigos e parasitas.
    É um tchutchuca com os de cima, pra quem trabalha.
    A ação do sindicato é exemplar. Todas as associações e sindicatos deveriam entrar com uma ação.
    Ah, ai é lawfare? Antecipando ao questionamento.
    Não é, uma vez que o fato realmente aconteceu.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome