Leo Pinheiro inocentou Lula, no entanto fora convencido a mentir por 30 dinheiros….

judiciario, religiões mercenárias e sistema educacional) encarregada de construir subjetividades junto as massas, construir a imagem de que Lula praticou algum crime: condenaram-no com base em fraude processual para que sua saida do cenário politico provocasse um vazio politico a ser ocupado pelo BolsoTemer, que conduziram e continuarão conduzindo este pais ao abismo…._________________________________________
 
existe dois tipos de gente no mundo: o delator e o relator….
…o delator delata deprecia o outro por 30 dinheiros….o relator relata com fidelidade à verdade…._______________________________________
 
o delator é a condição mais humilhante para um ser humano e, também não fica atrás quem compra a delação, não é mesmo senhor Dalanhol, Moro, Irmãos Marinho, milicos et caterva, bando de politicos deploráveis que usam as Instiuições para para praticar injustiças, como esta praticada contra Lula para provocar um vacuo politico a ser ocupado pelo que de pior existe na poitica brasileira, a turma do BolsoTemer….____________________________________________
 
..vejam que a principio o delator Leo Pinheiro isentou Lula de qualquer ilegalidade no tal sitio e triplex, no entanto foi “convencido” a dizer o que dizer o que, hoje sabemos, foi uma inaceitavel fraude processual para tirar Lula do jogo politico e assim garantir a eleicao de Bolsonaro que, por sua vez, molhou as mãos do juizeco pelos serviço sujo prestado….______________________________
 
 

Procuradores travam acordo de Léo Pinheiro por inocentar Lula_________________________________

Jornal GGN – Um acordo de delação premiada que favorecesse o já condenado a 16 anos de prisão, Léo Pinheiro, ex-presidente e sócio da OAS, não foi fechado porque, em suas narrativas, o empresário inocentou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. ______________________

Ao contrário do que mostrou o rápido avanço do acordo com executivos da Odebrecht, como Marcelo e seu pai Emílio, que prometeram revelar esquema de caixa 2 com todas as campanhas majoritárias recentes, a negociação de Pinheiro teve início em março deste ano e, depois de três meses, ainda não há perspectivas de que os investigadores aceitem a colaboração do executivo.____________________________
 
Isso porque, segundo reportagem da Folha de S. Paulo, a versão dos fatos dada por Léo Pinheiro ao caso da reforma do apartamento triplex, no Guarujá, e do sítio, no interior de São Paulo, é considerada pouco crível pelos procuradores da Força Tarefa._________________________
 
A versão dada pelo ex-presidente da OAS foi que Lula não teve influência ou papel na reforma do apartamento e nas obras do sítio. Segundo Léo Pinheiro, os investimentos na propriedade de Atibaia ocorreram a pedido de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, em 2010, último ano do governo do ex-presidente. À Polícia Federal, Okamotto confirmou que pediu as obras no sítio._________________________________________
 
 
Já no Guarujá, Léo Pinheiro afirmou que decidiu reformar o triplex para agradar o ex-presidente, e não como contrapartida de algum benefício que o grupo tenha recebido por Lula. A OAS investiu em cerca de R$ 1 milhão nas obras do apartamento, mas a família do ex-presidente não se interessou pelo imóvel. ______________________________________________
 
A versão é a mesma apresentada pelo ex-presidente Lula aos investigadores. Desde que foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) de Porto Alegre, em agosto do último ano, por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, Pinheiro aguarda apenas o julgamento de um recurso, podendo retornar para a prisão neste mês, já em cumprimento da pena da Lava Jato.________________________________________
 
 

 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome