Mães

Com carinho para todas as mães, especialmente para Isabel Antônia Bianchi Perim, minha mãe, minha vida. 
Mamãe te amo assim: amor de mãe e filha, amor de amante, amor de grandes amigas, amor sem fim…

Mãe, com certeza a mais bela;
Sensível como uma pétala,
És cheia de ternura. 
És a criatura mais pura.

Mãe, tu não foges a luta: 
Para o bem de seus filhos disputas, 
Não tem medo da verdade
Pois és a mais forte da sociedade.

Mãe, tua coragem me espanta,
Singela criatura me encanta,
Enfrenta qualquer aventura
Tu és cheias de bravura.

Mãe, tu suportas toda dor…
Bendito seja teu criador,
Do parto, dar a luz a uma nova vida, 
A uma nova vida que eternamente
Seguirá os teus passos.

Dôdi Bianchi

 
 
 
 
 
 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora