Nassif: Liberdade de Lula impõe “dia decisivo para o Supremo”, e a bola está com Gilmar

Hoje saberemos se a vergonha no Supremo continuará ou se haverá remissão dos percados. Assista ao vídeo com Luis Nassif

Fotos: Agência Brasil/Agência Senado

Jornal GGN – O julgamento do habeas corpus de Lula, que debate a suspeição de Sergio Moro, pode ser julgamento pela Segunda Turma nesta terça (25), segundo informações da ministra Cármen Lúcia, que afirma que não mexeu na pauta. A bola, portanto, está com Gilmar Mendes. Há tensão e mistério sobre como agirá o ministro. A expectativa é que ele peça novamente vistas do processo e empurre o julgamento para agosto em diante.

De uma forma ou de outra, é um dia decisivo para o Supremo Tribunal Federal. Hoje saberemos se a vergonha continuará ou se “haverá remissão dos pecados”, analisa Luis Nassif, em vídeo divulgado na noite de segunda (24).

Para Nassif, é o momento de o STF decidir se vai continuar cedendo às pressões ou formar maioria garantista capaz de reagir aos abusos da Lava Jato.

Nos últimos anos, a Corte esteve rachada entre lavajatistas e os poucos que funcionam como “âncora contra os arbítrios”. Gilmar é um deles. “Assumiu a posição de ser uma barreira aos abusos dos provincianos de Curitiba.”

“É com Gilmar, na questão do Lula. Não haverá veto prévio ao julgamento. Está garantido na pauta. A dúvida é se Gilmar vai tirar o voto para analisar.” Se isso ocorrer, o HC que pode tirar o ex-presidente da prisão será empurrado com a barriga “num momento em que o mundo jurídico todo está olhando para o Supremo”.

O GGN ESTÁ EM CAMPANHA NO SITE “CATARSE” PARA LANÇAR UMA SÉRIE DE REPORTAGENS E UM DOCUMENTÁRIO INÉDITO SOBRE PREVIDÊNCIA, TOMANDO AS CONSEQUÊNCIAS DA CAPITALIZAÇÃO NO CHILE COMO EXEMPLO DO QUE O GOVERNO BOLSONARO DESENHA PRO BRASIL. PARA SABER MAIS E APOIAR ESSE PROJETO, ACESSE: www.catarse.me/oexemplodochile

Assista:

Leia também:  Para entender como o conluio na Lava Jato chegou à 2ª instância, por Fernando Horta

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Duvido que o STF solte Lula. O medo que esses ministros tem das ruas fala mais alto. Se vier algo favorável, pra mim será uma grande surpresa.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome