O bandido

Chutou o cara no chão

prendeu os braços nas costas

prendeu a cabeça

botou o joelho nas costelas

 

uma mulher protestou

duas, três mulheres protestaram

o homem resmungou qualquer coisa

o cara no chão resmungou qualquer coisa

 

a polícia chegou depois de meia hora de sofrimento

o valentão foi o primeiro a falar com a polícia

explicar que o cara merecia apanhar

era um vagabundo bêbado sem-vergonha

 

as mulheres foram consolar o pobre coitado

sentaram-no

ele deitou-se na hora

seguraram a cabeça para não bater no chão

 

deram água, ele não bebeu

eu fui embora

a vida continuou

viciada e bêbada como um pernilongo bêbado

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora