PSB vai formalizar indicação de Alckmin para vice de Lula na sexta-feira (8)

Lula diz que proposta do PSB será discutida entre lideranças petistas após o encontro na sexta (8)

Ricardo Stuckert

O PSB irá formalizar na próxima sexta-feira (8) a apresentação do nome de Geraldo Alckmin para compor a chapa de Lula (PT) na eleição de outubro de 2022. A informação foi confirmada pelo PSB na tarde desta terça (5), após o ex-presidente Lula revelar o encontro em entrevista a uma rádio.

“Vou ter uma reunião na sexta-feira em que o PSB vai propor ele, o Alckmin, de vice e isso nós vamos levar para discutir no PT. Vamos reconstruir o Brasil porque somos dois democratas, gostamos da democracia e temos como prova o exercício dos nossos mandatos”, disse o ex-presidente a uma rádio do Paraná.

Lula ainda defendeu que ele e Alckmin mudaram e que isso é bom para a construção de um projeto nacional capaz de derrotar o bolsonarismo. “Eu fui adversário do Alckmin, não fui inimigo, e feliz era o Brasil no tempo em que a disputa era entre dois partidos democráticos”, lembrou.

Ex-governador de São Paulo, Alckmin se filiou ao PSB no dia 23 de março. Na ocasião, o ex-tucano fez um discurso afirmando que Lula é a “esperança” do povo brasileiro. Por outro lado, Alckmin encerrou o ato de filiação em Brasília fazendo um discurso sobre lealdade.

“Apoiar não significa deixar de emitir discordância. Igualmente é preciso não confundir discordância com ultimato, nem lealdade com subserviência. Lealdade é um valor praticado entre companheiros, mas há uma forma de lealdade que se sobrepõe a todas. É a lealdade ao destino do País. É essa lealdade que aqui nos une e nos congrega“, disse Alckmin.

Reveja o discurso:

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador