Reitor de universidade argentina desmente currículo de Decotelli

Jornal GGN – Mais um ministro do governo Bolsonaro teve seu currículo questionado: agora, foi o novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, que o presidente Jair Bolsonaro declarou ter título de doutor pela Universidade de Rosário, na Argentina, mas foi desmentido pelo reitor da instituição.

“Ele [Decotelli] cursou o doutorado, mas não finalizou, portanto não completou os requisitos exigidos para obter a titulação de doutor na Universidade Nacional de Rosario”, disse do reitor da Universidade Nacional de Rosario, Franco Bartolacci, em entrevista à jornalista Monica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

Pronunciamento semelhante foi feito por Bartolacci em suas redes sociais, onde o reitor chegou a retuitar o presidente para negar a informação do presidente:

 

(Em tradução livre: Precisamos esclarecer que Carlos Alberto Decotelli da Silva não obteve na @unroficial o doutorado mencionado nesta comunicação).

 

Leia Também
Funcionários do Banco Mundial criticam Weintraub: “Vergonha”, “fugitivo”, “comportamento de ódio”
Silvio Almeida sobre Decotelli: “O que fará diante de um governo disposto a destruir o país?”
Do Banestado à Lava Jato: o passado de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora