Salles é denunciado na CGU por esvaziar Comissão de Ética do Meio Ambiente 

Ministro se recusa assinar portaria que designa os membros do colegiado responsável  por apurar os deslizes éticos da pasta 

Jornal GGN  – O ministro de Bolsonaro, Ricardo Salles enfrenta mais um embate por sua postura à frente do Meio Ambiente. Dessa vez, uma denúncia encaminhada  Corregedoria-geral da União (CGU) acusa Salles de esvaziar a Comissão de Ética do Ministério. As informações são de Lauro Jardim, no O Globo. 

A Comissão responsável por apurar os deslizes éticos do ministério está sem a portaria que designa os seus membros desde maio do ano passado. 

O colegiado deve ter três titulares e três suplentes. No entanto, hoje ele conta com apenas dois suplentes e Salles se recusa a assinar a portaria. 

A denúncia foi encaminhada pela própria secretaria-executiva da comissão, na segunda-feira, 6 de julho. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ao vivo: Guilherme Boulos é o convidado da live das 15h, nesta quarta (5/8)

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome