Sem provas, Moro associa hackers presos ao dossiê do Intercept

"Pessoas com antecedentes criminais, envolvidas em várias espécies de crimes. Elas, a fonte de confiança daqueles que divulgaram as supostas mensagens obtidas por crime", disse Moro

Jornal GGN – O ministro da Justiça Sergio Moro usou o Twitter nesta quarta (24) para fazer associação direta entre a prisão de 4 supostos hackers do interior de São Paulo e o dossiê do Intercept, que contém mensagens de Telegram trocadas entre o ex-magistrado e procuradores da Lava Jato que expõem conluio entre acusação e Juízo da Lava Jato.

Não, contudo, prova de vínculo entre a operação da Polícia Federal e a série da #VazaJato.

Moro utilizou os “antecedentes criminais” dos presos para atacar o Intercept, insinuando que o site deu confiança a pessoas com histórico de irregularidades.

“Parabenizo a Polícia Federal pela investigação do grupo de hackers, assim como o MPF e a Justiça Federal. Pessoas com antecedentes criminais, envolvidas em várias espécies de crimes. Elas, a fonte de confiança daqueles que divulgaram as supostas mensagens obtidas por crime.”

No Twitter, o editor-executivo do Intercept, Leandro Demori, respondeu: “Nunca falamos sobre a fonte. Essa acusação de que esses supostos criminosos presos agora são nossa fonte fica por sua conta. Não surpreende vindo de quem não respeita o sistema acusatório e se acha acima do bem e do mal. Em um país sério, o investigado seria você.”

“Está cada vez mais claro: Moro virou político em busca de um foro privilegiado pra poder falar impunemente em público as coisas que dizia antes em chats secretos”, acrescentou Demori.

Os 4 supostos hackers de Araraquara estão presos em Brasília desde terça (23), quando foi deflagrada a Operação Spoofing.

Leia mais:

Leia também:  “Agride frontalmente a liberdade de imprensa”, afirma deputado sobre denúncia contra Glenn

Operação hacker marca a nova etapa de radicalização do governo, por Luis Nassif

As lacunas e contradições de Moro e da Operação Spoofing

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

28 comentários

  1. Acostumaram-se a destruir reputações e vidas se aliando ao pior tipo de gente na política, imprensa e instituições e querem usar do mesmo subterfúgio para que a globo possa manter os iludidos pela imagem de herói de pé, além dela também se proteger da sua cumplicidade neste escândalo. Agora a questão é, sabendo que este desrespeito em continuar usando dinheiro e recursos públicos para seus projetos egoístas e pessoais fica por isto mesmo, já que ao STF basta eles indicarem os dossiês de cada um e fica tudo bem. É isto?

    3
    1
  2. Lula é o inimigo, o Brasil é o inimigo, Glenn é inimigo, Há que ser destruído. Provas são desnecessárias.
    O golpe não pode parar.

    2
    1
  3. Se o marreco de Maringá condenou um inocente sem nenhuma prova porquê não inventaria mais uma mentira para tentar se livrar da irrefutável prova contra ele que são as conversas espúrias reveladas pelo Intercept?

    3
    1
  4. Primeiro eram Hackers Russos, mas como “prender” um Russo seria difícil, é mais fácil uns de Araraquara mesmo. PF trazemos seu hacker em três dias, melhor que a vovó Catarina!

    2
    1
  5. Ora, ora… então tudo o que foi publicado é verdade. A fonte é o próprio Moro. Quanta promiscuidade nessa Lava Jato!

  6. Até o mais imbecil dos mortais percebe que aí tem armação para tentar livrar a cara das “otoridades” envolvidas.
    No Brasil parece inexistir Autoridade séria, que não se venda dos holofotes e/ou às benesses do poder.
    Nesta treta, nem a velhinha de Taubaté acredita.

  7. Qualquer semelhança com o caso de Lula não é mera coincidência. Tá jogando para a plateia, até quando sabe-se lá.

  8. Aprendemos com a lava jato…
    Todo e qualquer cidadão preso vai querer delatar, acusar um outro para se ver livre!
    E não precisa provas!
    É a palavra de quem está no corredor da morte, contra quem precisa ser tirado do jogo…
    Começo a achar que o brasil não vale mais a pena…
    É tanta mentira, é tanto egoismo e tanta gente alienada…
    Acho que vou para o Nordeste…

    2
    1
  9. No máximo,em 72 duas horas um Xadrez de Luis Nassif desmonta de fio a pavio essa Operação Tabajara.Querem apostar?

  10. “Moro virou político em busca de um foro privilegiado pra poder falar impunemente em público as coisas que dizia antes em chats secretos”, acrescentou Demori.

  11. Todos sabem como funciona tais interrogatorios, intimidação, pressão, tudo para haver confissão, mas sem presença do advogado, é nulo o interrogatório, imaginem o que o sujeito confessa nestes interrogatórios.

  12. Demori y Green espero ver esses capetas na cadeia logo logo e toda a Petralhada corrupta assim como o idiota do Jeans Willys e todos os Psolistas também, espero que puxem uma cana muito longa

    • Isso faria com que o conteúdo das conversas não fosse verdadeiro?
      Isso faria com que o Moro não tivesse dito para o Deltan não melindrar o FHC?
      Isso faria com que o Moro não tivesse indicado testemunha para a acusação?
      Isso faria com que o Deltan não tivesse dito que faturou 400 mil em palestras?
      Isso faria com que o Deltan não tivesse pedido dinheiro público ao Moro para propagandear as 10 “medidas contra a corrupção”?
      Isso faria com que o Moro não tivesse concordado em dar dinheiro público ao Deltan para este promover a Lava Jato e dar muitas palestras com preços mais altos?
      Isso faria com que o Moro não tivesse dito que era contra aceitar delação do Cunha?
      Isso faria com que o Moro não tivesse dito para o Deltam soltar uma nota à imprensa para desacreditar a defesa do Lula?
      Acorda, coxinha!! A casa do Moro e do Deltam caiu. O julgamento do Lula será anulado por causa da burrice e prepotência desses dois tucanos cretinos, desonestos, prevaricadores e oportunistas.

  13. parafraseando mallarmé,
    ,um lance desses mesmo hackeados não
    abolirá a verdade sobre a vaza-jato,
    a grande farsa de toda in
    justiça.

  14. O fato inegável é que os diálogos são verdadeiros e, isso servirá para anular o julgamento do Lula.
    A legislação diz que provas colhidas ilegalmente não servem para processar e/ou incriminar alguém, MAS SERVEM PARA INOCENTAR ALGUÉM.
    Simples assim.

  15. Moro e sua MEGA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA destruiu, nossa confiança na JUSTIÇA, nossa SOBERANIA, nossa JUSTIÇA toda, nossa DEMOCRACIA, nossos direitos TRABALHISTAS, nossa PREVIDÊNCIA e nossas ESPERANÇAS de um BRASIL justo para todos.

  16. “Em um país sério, o investigado seria você.” Tuitou Demori para Moro
    Disse (agora é “escreveu) tudo xará!
    Este sujeito f* o Brasil com suas ilações e condenações sem provas na lava(agora vaza)-jato.
    Nos tornou colonia, mais que isso, quintal de americano, jogou o país nas trevas do fundamentalismo e, por fim, auxiliou a ascensão (e participa junto com a globo) do governo mais infame que este país já possuiu.
    Num país sério seria investigado sim, e por crime de lesa-patria.

  17. Parece evidente que o ministro Sérgio Moro tenta associar os hackers picaretas de Araraquara/SP ao Intercept Brasil com o objetivo tosco de fazer Glenn revelar a verdadeira fontes dos vazamentos do Telegram, que desnudam o comportamento corrupto do ex-juiz suburbano e semianalfabeto. O caipira de Maringá está acostumados com a imprensa reverente da Folha, Estadão, Veja, CBN etc e julga Gleen como se fossem os toscos do PT paulista, que caíram no conto do PSDB e se notabilizaram como os “aloprados”. Vai quebrar a cara de jacu que tem.

  18. então, ….
    O bozomarreco, pra variar, pré-julgando sem provas. Afirma se basear nos antecedentes criminais, … ora, se nos basearmos nos antecedentes criminais, … os acusados tem muito mais credibilidade que o bozo marreco, … membro da quadrilha do judiciário “com supremo, com tudo”…

  19. Então a fonte de confiança daqueles que divulgaram SUPOSTAS mensagens, (reconhecidas pelo Faustão e pelo Barroso), obtidas por crimes são pessoas com antecedentes criminais, envolvidas em várias espécies de crimes?

    Porventura a fonte de confiança da lava-jato não eram os Delatores, pessoas com antecedentes criminais, envolvidas em várias espécies de crimes?

    Cadê a autoridade moral do Moro para afirmar que:

    “Pessoas com antecedentes criminais, envolvidas em várias espécies de crimes. Elas, a fonte de confiança daqueles que divulgaram as supostas mensagens obtidas por crime”?

    Se eles são hackers e invadiram celulares, então as mensagens são autênticas. Ou não são?

  20. Esse ex-juizeco-de-pisus precisa se decidir se os vazamentos são “supostos” ou “reais”. Se são mensagens roubadas ou se são adulteradas. Porque alguém iria roubar se fosse pra falsificar? E, se forem falsas, porque afinal “não têm nada de mais”. Se liga ô marreco, vai passar também recibo de pato!

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome