Supremo nega absolvição sumária de Marisa Letícia

Sergio Moro recebeu o mesmo pedido, mas negou e apenas extinguiu a punibilidade de Marisa antes de declarar Lula culpado no caso triplex

Jornal GGN – Em julgamento virtual, os ministros do Supremo Tribunal Federal negaram pedido da defesa de Lula para declarar a absolvição sumária da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu em 2017 em fruto de um AVC.

À época, Sergio Moro recebeu o mesmo pedido, mas negou e apenas extinguiu a punibilidade de Marisa antes de declarar Lula culpado no caso triplex.

Na terça (27), o Intercept e o UOL revelaram mensagens de Telegram que mostram os procuradores da Lava Jato ironizando a morte de Marisa e debochando do luto de Lula. Um dos membros da força-tarefa chegou a dizer que estavam “eliminando as testemunhas” do processo e que a morte cheirava a algo suspeito.

Segundo informações de Mônica Bergamo, só um dos ministros, Ricardo Lewandowski, votou a favor do pedido da defesa.

GGN prepara uma série de vídeos sobre a interferência dos EUA na Lava Jato e a indústria do compliance. Quer se aliar a nós? Acesse: www.catarse.me/LavaJatoLadoB

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora