Surto de coronavírus já afeta preços das commodities

Itens como soja em grão, petróleo e minério de ferro acumulam quedas superiores a 15% desde o início do impacto da doença no mercado internacional

Cotação do minério de ferro e de outras commodities já perde força com surto do coronavírus na China. Foto: Reprodução/Agência Vale

Jornal GGN – A cotação dos principais produtos exportados pelo Brasil despencou após o aparecimento do surto de coronavírus na China, o principal demandante de commodities nacionais.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o preço da soja em grão caiu 5,13%, o do petróleo recuou 15,5% e o minério de ferro teve retração de 14,3%. Esses três produtos responderam por 78% das vendas externas brasileiras em 2019 – que totalizaram US$ 177,3 bilhões.

Mais do que a escassez de insumos na indústria, analistas dizem que o principal efeito de uma crise mais longa gerada pelo surto de coronavírus para o Brasil deve ser justamente na balança comercial devido ao impacto nos preços dos produtos.

Consultores da área de mineração, por exemplo, ainda não veem a necessidade de mudança de estratégia por parte das empresas. Até porque, afirmam, não haveria muito o que fazer, uma vez que a China compra hoje 64% de todo o minério de ferro produzido no Brasil, segundo dados da BMJ Consultores Associados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Hans River na mira da CPMI das Fake News

3 comentários

  1. Pois é… mas não era esse mesmo o objetivo do espetáculo “Coronavírus”?

    Primeiro aquele escândalo, “é uma doença que não apresenta sintomas antes de estar instalada”. E que doença apresenta?

    Ontem um jornal desses da TV mostrava uma preta pobre indo presa porque mentiu, fingiu estar com coronavírus… Desde quando paciente se auto-diagnostica? Quer dizer que todo mundo que chegar ao médico dizendo “Acho que estou com…”, e não estiver, vai preso? Ou não, ela foi presa por mentir, dizendo que tinha feito uma viagem que não fez. Ora, se todo mundo que se arvora viagens não feitas fosse presa, a coxinharada arrogante, esnobe e ostentatória toda tava presa, né não?

    Esses são apenas dois dos milhares de “sintomas” de que esse negócio é uma grande palhaçada, criada justamente para manter a riqueza no dólar. Pelo menos fica claro: não o dólar não apenas não é nosso como não atende a nossos interesses nacionais e, podendo nos prejudicar, fará.

    Que palhaçada…

  2. PRIMEIRO “”O BOLSONARO E A MIDIA QUE O APOIA, ENTRE ELAS O ESTADÃO, PRECISAM DECIDIR ‘O QUE O BRASIL É: EXPORTADOR OU IMPORTADOR’ DE PETRÓLEO?”” – É que ‘SEMANAS ATRÁS na crise entre Estados Unidos e Irá, disseram que O BRASIL SÉRIA PREJUDICADO PORQUE PETRÓLEO IRIA SUBIR E O BRASIL IRIA COMPRAR PETRÓLEO MAIS CARO; agora com o CORONAVIRUS dizem que o Brasil será PREJUDICADO porque o Preço do Petróleo VAI CAIR’. – A VERDADE “””É QUE O GOVERNO BOLSONARO, ASSIM COMO A DIREITA GOLPISTA; NÃO TEM PLANO DE GOVERNO e aí ficam jogando a culpa da crise que eles colocaram o Brasil QUANDO deram o GOLPE, em terceiros”””. – Esse CORONAVIRUS ESTÁ NUMA UNICA CIDADE DA CHINA, PAIS MAIOR QUE O BRASIL, portanto “NÃO É EMPECILHO PARA A CHINA CONTINUAR COMPRANDO OU VENDENDO PARA O BRASIL E O RESTO DO MUNDO”.

  3. Com essa queda no valor de produtos importados pela China, parece que o gigante oriental vai ser o principal beneficiado por todo esse barulho em torno de uma doença que até agora matou menos gente do que a dengue no Brasil. Seria tudo uma grande manipulação?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome