Substituto de Moro também orientou procuradores em ação contra Lula

Em abril de 2019, Bonat fez sugestão ao Ministério Público Federal a respeito de uma medida envolvendo o bloqueio de bens de Lula

Mensagens hackeadas da antiga equipe Lava Jato em Curitiba, apreendidas pela Polícia Federal na Operação Spoofing, sugerem que o juiz Luiz Antonio Bonat, substituto definitivo de Sergio Moro na 13ª Vara Federal em Curitiba, também orientava a força-tarefa do Ministério Público Federal em ações penais contra o ex-presidente Lula.

Em abril de 2019, Bonat, já ocupando o lugar da juíza substituta Gabriela Hardt, fez sugestão ao Ministério Público Federal a respeito de uma medida envolvendo o bloqueio de bens de Lula. A revelação foi feita em mensagem disparada pelo procurador Deltan Dallagnol.

“Ou seja, mesmo após a saída do ex-juiz SERGIO MORO da judicatura, o Reclamante jamais teve direito a um julgamento justo, imparcial e independente perante a 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba, para além da manifesta incompetência desse órgão jurisdicional, agora reconhecida por esse Supremo Tribunal Federal (HC nº 193.726/PR)”, afirmou a defesa de Lula em ofício encaminhado ao STF nesta segunda (22).

jornalggn.com.br-bonat-tambem-orientou-procuradores-de-curitiba-em-acao-contra-lula-peticao-12o.-e-relatorio-unific.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora