Novo DEM pode se juntar ao PSDB e formar superbancada

 

Jornal GGN – O DEM – que tenta inflar sua bancada num movimento liderado por Rodrigo Maia – tem feito um discurso diferente a cada interlocutor que tenta descobrir a agenda oculta do partido. Ao aliado eleitoral de décadas, o PSDB, por exemplo, democratas têm dito que se chegarem a 50 deputados, como pretendem, podem se aliar aos tucanos e o resultado será uma superbancada de 100 deputados que “jamais poderia ser ignorada” pelo governo.

Já ao governo Temer, “destacou a tese de que, se chegar a uma bancada de 50 deputados, terá tamanho suficiente para superar o peso do PSDB na base aliada.”

“Os dirigentes da sigla que desembarcaram em São Paulo para falar com o governador Geraldo Alckmin negam que a tentativa de robustecer o DEM seja uma ameaça” ao tucanato. “Não estamos preocupados em ser maiores do que A, B ou C”, afirma o presidente do partido, Agripino Maia (DEM), segundo informações do Painel desta terça (25).

Ainda de acordo com a coluna, o DEM está tentando “dobrar o tamanho” e “corre para preencher com algum conteúdo sua nova forma”.

“Dirigentes da sigla passaram as últimas semanas consultando economistas sobre o impacto da crise econômica e de medidas do governo Dilma Rousseff no ‘Brasil real’. A ideia é empacotar todas as informações em um livro, a ser lançado já sob a ótica da nova legenda”, afirmou.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pedro, filho e suplente de Chico Rodrigues, virou problema para o Senado

7 comentários

  1. Ausência ideológica
    Assinada essa aliança, o PSDB confirmará sua posição fisiológica, acefala, assim como seu partido de origem o PMDB. Na prática só a esquerda possui ideologia própria, independente de nomes.
    Mas vem aí a delação de Funaro e outras em que Rodrigo Maia será muito citado nas obras da copa, daí veremos essa aliança.

  2. sugestã

    A fusão/aliança destes partidos pode dar início a uma era gloriosa e renovadora da representação popular no Brasil.

    Dentro da minha humilde possibilidade, sugiro um nome para a novíssima agremiação nacional:

    ARENA 

  3. Quem diria que um partido

    Quem diria que um partido nanico e insignificante como essa, de repente, por um passe de mágica do golpismo sem voto, começasse a falar como se tivesse sido o partido mais votado das últimas eleições. Só nesse país que a oligarquia da Casa-grande não precisa de democracia para achar que já manda em tudo. É o cú do mundo mesmo!

  4. Social Democracia
    Essa é a Neo Social Democracia Brasileira ( na verdade Neo Direita de baixíssima qualidade ) !!!!
    Grande FHC , grande Mestre/Doutor pela Nanterre de Paris , grande “Sociólogo Marxista” , como se dizia em tempos imemoriais !
    “Quem Diria , Acabou no Iraja”! (como falava o título de famosa peça teatral dos anos 60 – que terrível vaticínio , convenhamos !).
    PS. Willy Brandt , François Miterrand , Olof Palme , Bruno Kreisky , Mario Soares , e outros expoentes da referida corrente política,estão se revirando nos respectivos túmulos de tanta angústia e vergonha !

  5. Comentário.

    Segundo o postado, é o DEM quem busca. Não tem nada ali sobre o PSDB.

    Por outro lado, nada como voltar ao passado. Velhos amigos…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome