Recém-filiado, senador do PMDB ataca ‘bandidos do Cunha’

Jornal GGN – Hélio José, senador do Distrito Federal recém-filiado ao PMDB, concedeu entrevista a blogueiros de Brasília e desagradou o vice-presidente Michel Temer, o presidente da Câmara dos Deputados e também líderes do partido. Suplente de Rodrigo Rollemberg, hoje governador do DF, José afirmou que o PMDB não tem posição definida pelo impeachment no Senado e disse que a votação na Câmara foi injusta: “cuspiram no prato que comeram, feito Judas”.

O senador também criticou um eventual governo Temer, dizendo que teve de assinar um compromisso com os “bandidos do Cunha”, atacando até as políticas econômicas que poderiam ser adotadas pelo vice: “Vão ver a desgraceira que vai acontecer nesse país com arrocho, onde servidor público vai ser tratado na pinhola, onde o servidor público vai perder os seus direitos”.

Do Correio Braziliense

 
Recém-filiado ao PMDB, o senador Hélio José (DF) conseguiu, numa entrevista a blogueiros de Brasília, desagradar de uma vez só a cúpula do PMDB, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o vice-presidente da República, Michel Temer. O áudio da entrevista circulou ontem entre peemedebistas ontem, com grande repercussão. O suplente de Rollemberg que já foi do PT, PSD, PMB e agora está no PMDB elogiou o ex-presidente Lula, disse que o partido de Michel Temer não tem posição ainda pelo impeachment no Senado e considerou injusta a votação de domingo na Câmara dos Deputados. “Cuspiram no prato que comeram, feito Judas”, disse Hélio José.
 
“Temer e os bandidos do Cunha”
 
Na entrevista, Hélio José (PMDB-DF) ataca até mesmo um possível governo do líder de seu partido, Michel Temer. “Nenhuma das soluções vai salvar o Brasil”, afirmou. De quebra, criticou acordo do vice-presidente da República com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha: “Se o Temer assumir, mas o problema é que vai assumir é o compromisso que ele teve de assinar com os bandidos do Cunha e com o grande empresariado”. Hélio José afirmou ainda acreditar que o governo petista vai deixar saudades: “Acho que vão chorar lágrimas de sangue para que o PT volte daqui a dois anos. Vão ver a desgraceira que vai acontecer nesse país com arrocho, onde servidor público vai ser tratado na pinhola, onde o servidor público vai perder os seus direitos”.

Leia também:  Extinção de municípios não é bem recebida por políticos

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. Ele é suplente, está pensando no futuro daqui a dois anos…

    Ele é suplente, está pensando no futuro daqui a dois anos onde no PMDB ou em outro partido ele conseguirá se eleger!

    Simples, tem futuro o rapaz, pensa a longo prazo.

  2. Se Temer assumir é óbvio que

    Se Temer assumir é óbvio que ele vai aplicar a tática burra de cortar salários e direitos trabalhistas. Como todo “neoliberal” ele só enxerga os resultados de curto prazo e não consegue ver as sérias consequências que tais idéias irão causar no médio e longo prazo. Que sem trabalhadores recebendo razoavelmente bem e seguros que não irão ser demitidos na semana seguinte não existe mercado consumidor, e só um idiota ainda acredita que vai evitar isso vendendo para o mercado externo quando na maioria do planeta estão todos tentando fazer exatamente a mesma coisa. Com todos tentando vender ao mesmo tempo que pagam aos seus trabalhadores salários de fome, quem vai comprar?

  3. Essa tal entrevista é antiga.

    Essa tal entrevista é antiga. Os “bandidos” já enquadraram ele, e parece que ele já fez discurso a favor do golpe na tribuna do senado. 

  4. É A PONTE PARA O FUTURO (FRACASSO) DO PAÍS
    A cada dia cai uma máscara, ao menos está servindo para expor as entranhas desse congresso/sindicato de ladrões, bem como do STF, da PGR e demais instituições do país, irmanadas no golpe, como o mesmo cinismo. Agora os coxinhas podem se alegrar, pois se o impeachmeant passar, com a queda de Dilma vocês serão governados pelos probos, honestos e ilibados Temer, Eduardo Cunha, associados a Aécio, Serra e camarilha (aquela que proporcionou o espetáculo de horror no domingo 17/abril) que irão todos juntos trabalhar pelo bem comum. o Não haverá golpe, traição, chantagem, fisiologismo, nada disso.   Seus problemas acabarão (com o luxuoso auxílio das organizações Tabajara).    Com um governo Temer/Cunha,  o Brasil será muito melhor, não haverá crise alguma (pois ela (crise) não está há oito anos flagelando o mundo e toda a Europa. Aliás a crise de lá não derrubou nenhum governo).  Com Temer presidente e seus miquinhos amestrados, o Brasil  voltará a crescer a índices nunca vistos, a corrupção inventada pelo PT vai acabar (pois irá acomodar-se embaixo de algum tapete persa, como bela adormecida para sempre), os empregos voltarão num passe de mágica, as indústrias irão produzir e investir no país, os juros irão cair e os rentistas amantes do capital se contentarão em receber menos juros.  No congresso nacional, deputados e senadores,  jamais se venderão por trinta dinheiros e irão votar todas as leis que beneficiam o povo e a família, com Deus Aleluia!.  Eduardo Cunha, absolvido no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, como num passe de mágica deixará de ser psicopata, será carregado nos braços dos que gritam “somos todos Cunha”, depois de anistiado dos crimes, pelos relevantes serviços prestados à Nação,  vai pensar unicamente no povo e no bem comum, inclusive, vai arrepender-se e com a graça de Deus, irá devolver aos cofres públicos os 52 milhões surrupiados desse povo que lhe ama.E esta finalmente será a terra prometida e coxinhas viverão felizes para sempre e enganados pela Rede Golpista!   Nas telas da rede golpista Jamais se ouvirá falar em corrupção, pois essa desaparecerá por completo do país e das grandes empresas privadas e privatizadas.  ,Os juízes das supremas cortes(ãs) e o MP, PGF e PF, serão todos independentes e livres para apurar qualquer tipo de correção, mas sem necessidade, porque esta deixará de existir e finalmente farão justiça e respeitarão a Constituição.  A lavagem cerebral será livre, leve e solta e o chicote vai arder no lombo dessa gentalha vagabunda do Lula e da Dilma, (que tem mais é que voltar a comer calango na seca do nordeste, pois “é a parte que lhes cabe desse latifúndio”).  Precisa desenhar?   É isso coxinhas, que nos espera, a felicidade no fim do arco-íris.  Por fim a Dilma, essa senhora atrevida, petulante, terrorista, democrata, patriota, nacionalista, desenvolvimentista e todos os outros  istas, finalmente e novamente, será torturada, e guilhotinada em praça pública, ao som da música de Chico Buarque “Geni e o Zepelim”:  “Joga pedra na Geni, joga bosta na Geni, ela é feita pra apanhar, ela é boa de cuspir….. para que sirva de exemplo e para que ninguém mais ouse defender pobres e falar em Brasil para todos.  Os palácios de Dilma que comprovam o seu enriquecimento, serão todos queimados.Do mal (Lula) será queimada a semente, e este também terá seus palácios, seu triplex de higienópolis,  apartamento na avenida  Foch em Paris, o seu aeroporto particular construído na terra do tio com dinheiro público e todos os infinitos bens que comprovam sua vida nababesca, serão confiscados e devolvidos ao povo ou queimados em praça pública.  E, assim a paz reinará no país e todos viverão na mais perfeita harmonia e felizes para sempre!   Parafraseando aquele probo e impoluto deputado  “Cunha” e seus honestíssimos apoiadores:  Que Deus tenha piedade desta Nação! 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome