Bolsonaro ignora Alexandre de Moraes e falta a depoimento

Bolsonaro ignorou a decisão de Alexandre de Moraes, do STF, e não compareceu à PF para prestar esclarecimentos sobre inquérito

Jair Bolsonaro rindo
Foto: Isac Nóbrega/PR

Jair Bolsonaro ignorou a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), e não compareceu à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre o vazaemnto de documentos sigilosos.

Nesta quinta (27), o advogado-geral da União, Bruno Biano, havia alegado que Bolsonaro “tem direito de ausência”, ou seja, de não comparecer à PF para os esclarecimetnos. Mas o ministro Alexandre de Moraes não aceitou o recurso.

Em decisão ainda na noite de ontem, Moraes disse que já havia concedido mais tempo para que o depoimento fosse prestado e que Bolsonaro poderia escolher a data e local.

Segundo o ministro, a Constituição garante o direito ao silêncio e de não se autoincriminar, mas não de recursar determinações legais. Lembrou, ainda, que Bolsonaro concordou em participar da oitiva, solicitando inclusive a prorrogação do prazo.

“A defesa expressamente concordou com a oitiva e solicitou, por intermédio de petição, protocolada em 10/12/2021, a concessão de prazo adicional de 60 dias para a sua realização, em razão de compromissos firmados na agenda presidencial previstos para o período de final de ano”, disse Moraes, que tinha oferecido mais 45 dias.

Além disso, o ministro criticou os “comportamentos processuais contraditórios” do mandatário, caracterizando como “inadmissíveis” e que “se sujeitam à preclusão lógica”.

Mesmo com a decisão de Alexandre de Moraes, relator do caso no STF, Bolsonaro ignorou a determinação e não comparecer à sede da PF. Ainda pela manhã, ele havia informado a auxiliares que iria ignorar a decisão do ministro.

O inquérito apura o vazamento, pelo presidente, de dados sigilosos sobre investigações envolvendo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carlos da Costa

- 2022-01-29 11:29:16

Tudo vai acabar em Outubro, e depois ele não vai escapar da cadeia, para o bem do Brasil.

Zé Maria

- 2022-01-28 16:19:48

Alexandre de Moraes está próximo de declarar BolsonaroGenocida Inelegível.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador