Como funciona a CBF

Por ORRAIO

Caro Nassif, não tenho a mínima noção de como funciona a CBF, e tenho certeza de que não estou sozinho nesta ignorância. O que é e como funciona a CBF? Para quem presta contas? Quem elege seu presidente? Quanto ele ganha? O que pode e o que não pode fazer?

Acho que cabe uma grande reportagem sobre isso.

Por Gilberto Cruvinel

O Globo Repórter sobre a CPI da CBF

(o texto abaixo explica poque a Globo fez o Globo Reporter sobre a CPI da CBF e é de autoria do usuário que postou os videos acima)

” Em Agosto de 2001, O “Globo Reporter” mostrou um documentário de jornalismo investigativo sobre o que a CPI do Congresso Nacional provou a respeito de quem é quem na CBF, o que realmente acontecia por trás das cortinas e mostrou quem é o maior dirigente do futebol Brasileiro, RICARDO TEXEIRA.

Mostrou seu enriquecimento, mostrou quanto ele tinha antes do futebol e quanto depois, que movimentou em ações do mercado capital até R$ 2.355.607,00 (Dois BILHÕES, trezentos e cinqüenta e cinco MILHÕES e seiscentos e sete reais).

A CPI provou tudo com documentos e a Globo mostrou, mas por que motivo a GLOBO RESOLVEU COLOCAR ISSO NO AR, sendo que a CPI já estava aberta e o RICARDO TEIXEIRA sendo investigado desde 1998 ??

RESPOSTA:

SIMPLES: naquele ano de 2001 o SBT estava oferecendo para o “clube dos 13” 50 Milhões de reais para obter os direitos exclusivos da seleção/futebol/copa, a Globo não quis cobrir a grande oferta do SBT, mas resolveu atacar o dono da CBF e da seleção brasileira,.

DEPOIS DISSO A GLOBO renovou com a CBF e o “clube dos 13” , GANHOU OS DIREITOS EXCLUSIVOS DA SELEÇÃO DE 2001 ATÉ 2014 E CONSEGUIU REDUZIR O PREÇO ALTO que iria ter que pagar para cobrir a proposta do SBT.

DEPOIS DESSE FATO, A GLOBO NUNCA MAIS BATEU DE FRENTE COM O RICARDO TEIXEIRA E SUA ATUAÇÃO COMO PRESIDENTE DA CBF.

Todos os ‘jornalistas’ (?) da Globo e outras emissoras sabem
que a seleção é vitrine para jogador que tem bom empresário.

Apenas alguns jornais e Blogs voltaram ao assunto, por não ter nenhum “rabo preso” com ninguém e HOJE somente alguns jornais e blogs continuam investigando e mostrando o que rola na CBF

MAS A GRANDE IMPRENSA ESQUECEU e tem medo de bater
de frente com a GLOBO E a CBF para não perder seus patrocinadores.” 

Se estou certo, quem primeiro abriu a cortina para as mutretas da era Ricardo Teixeira foi o Pelé, em 1993. Queria fazer negócios e a CBF cobrou US$ 1 milhão de propina. Colocou a boca no trombone. Quem conta é o relatório da CPI da CBF-Nike:

Por Jurandir Paulo

Por volta de 1993 a Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, começou a chamar mais a atenção da opinião pública pelas suspeitas de irregularidades na sua administração do que pelas façanhas da seleção canarinho. O empresário Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, veio a público para denunciar que sua empresa de intermediação de patrocínios e de negócios de direitos de imagem televisivos na área esportiva, a Pelé Sports, havia sido vítima de uma tentativa de chantagem. A Pelé Sports tentava comprar junto à CBF os direitos de transmissão de imagem do Campeonato Brasileiro de 1994. Ofereceu 5 milhões de dólares por esses direitos. Pelé acusou o então diretor financeiro da CBF, José Carlos Salim, de exigir uma propina de um milhão de dólares, depositados num Banco da Suíça, para fechar o contrato. Pelé recusou-se a pagar e denunciou o fato à imprensa. Ricardo Teixeira, presidente da CBF, processou Pelé. Denúncias mútuas, agressões verbais, represálias, iriam se suceder durante os últimos sete anos.

O interessante é que o José carlos Salim continua na CBF até hoje, como diretor de marketing.

Está no site da CBF em:

http://www.cbf.com.br/php/diretoria.php

Da CPI CBF-Nike, os deputados Silvio Torres e Aldo Rebelo fizeram um livro com a apuração, que Ricardo Teixeira recolheu e o proibiu com a ajuda da justiça. Mas na internet há um documento com a síntese do que lá foi apurado, de autoria de Aldo Rebelo e do jornalista Carlos Azevedo, de onde tirei o texto acima. Fica em:

http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/viewFile/5923/5436

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome