Quem comprou o controle da BR Distribuidora?, por Andre Motta Araujo

Bolsonaro vendeu o controle da BR Distribuidora sem cobrar por ele e, consequentemente, sem estabelecer condições boas para a Petrobras. Em breve, os novos poderão importar barris de petróleo e a próxima venda, então, será das refinarias enferrujadas

O Brasil é o 3º maior mercado de combustíveis do planeta, após EUA e China. Quanto vale o controle desse mercado? Se a cifra de 20 bilhões de dólares parece alta, basta lembrar que a BP britânica pagou 25 bilhões de dólares em indenizações sobre um vazamento de óleo nas costas do Estado da Lousiana.

O mercado brasileiro de gasolina e diesel é imenso e seu controle um das joias do setor mundial de petróleo. Essa semana a Petrobras vendeu em bolsa uma fatia de ações que na prática significa que ela perdeu o controle da BR Distribuidora, a sua subsidiaria de maior faturamento, a joia da coroa.

Arrecadou, considerando esse lote e mais um subsequente, R$ 9,6 bilhões, ou seja em torno US$2,5 bilhões de dólares, uma merreca no mundo do petróleo.

Foi uma simples venda de ações na Bolsa de São Paulo cujo resultado ao fim do dia foi a Petrobras “vender” o controle da BR Distribuidora, pelo preço de ações no varejo, SEM CONSIDERAR O VALOR DO CONTROLE.

Vendeu-se o controle SEM COBRAR POR ELE, quando a lógica deveria ser: se é para vender, que seja num leilão de venda do controle da BR Distribuidora, como valor de entrega do mercado de combustíveis.

Pelo mesmo valor a AES comprou em 1996 a ELETROPAULO, que como investimento estratégico vale muito menos que a BR.

E quem comprou o controle da BR, qual o “investidor estratégico” que não aparece? Calma, ele não apareceu porque convém esconder o jogo para não desvendar a “pechincha” que foi a compra do controle do mercado de combustíveis no Brasil. Desconfio que seja a SHELL, atrás do “biombo” Raizen, mas não tenho certeza.

Leia também:  Trabalhadores seduzidos pelo autoritarismo: que fazer?, por Paulo Fernandes Silveira

A operação foi bem montada, coisa de profissionais, o que não é de estranhar, a economia brasileira está sendo administrada por especuladores de bolsa, montar essas transações é da atividade deles, é seu único projeto de política econômica agora e depois.

Lembrando que as privatizações do Governo FHC foram muito mais lógicas para se apurar maior valor, venderam-se empresas COM CONTROLE, apurando-se no tal US$106 bilhões. Só o Grupo AES investiu nessas privatizações US$ 6 bilhões, considerando que o dólar de 1996 valia bem mais que o dólar de hoje… Do ponto de vista do interesse nacional o “modelo” de privatização da BR é um desastre, embora a GLOBONEWS ache um sucesso.

Quando se vende uma estatal com CONTROLE, o Estado pode estabelecer condições, por exemplo, a BR precisará comprar 60% de seu suprimento no Brasil. Quando a venda é pulverizada, NÃO HÁ COMO ESTIPULAR CONDIÇÕES, quem comprou torna-se dono livre de qualquer obrigação, pode estipular o preço que quiser pela gasolina e pelo diesel, transfere-se o oligopólio do Estado para o novo dono. Considerando que o Estado sai da
distribuição, os caminhoneiros vão reclamar com o Papa se o diesel subir muito, o Estado
perdeu seu poder de arbitragem de preços e abastecimento.

E como fica? Nas próximas semanas se aglutinarão blocos de compradores que estão por trás de bancos de investimentos e fundos que apareceram hoje como compradores e aí a Petrobras será chutada da administração ou participará como minoritária em um acordo de acionistas, mas a filosofia privatista dessa turma no poder é de tal envergadura que provavelmente eles vão abrir mão de participar desse acordo, por cortesia deixarão a gestão total por conta do novo dono, e este poderá então deixar de comprar qualquer barril das refinarias da PETROBRAS e preferirá importar de suas refinarias no exterior.

Leia também:  Dodge enviou manifestações contra porte de armas antes de deixar a PGR

Não há qualquer obstáculo para isso, então a PETROBRAS vai dar de graça as suas refinarias que irão enferrujar por falta de clientes, que tal?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

15 comentários

  1. Quando se vê negócios com a Petrobrás é só indecência!
    Você não consegue prendê-los por que quem prenderia faz pior, os juízes liberam, as Forças armadas ficam só olhando não sabendo se é por burrice ou má fé!

    11
    1
  2. É o governo do Recruta Nero ( chamá-lo de recruta zero é uma maldade com um personagem de gibi que adoro ) [des]fazendo a história – de Vargas e tantos outros que ousaram ( e por essa ousadia pagaram caro, sendo que Vargas tirou a própria vida ) em ver que o Brasil poderia ser mais do que um fazendão e exportador de commodities.Se estourar uma crise do petróleo – coisa não muito improvável com o impasse Irã e EUA – esse governo Boçal, sem poder apitar no preço do combustível, terá como duas opções estourar as contas públicas pro diesel não subir até a lua ou então mandar o exército mandar bala nos caminhoneiros quando estes pararem o país numa greve. Esses canalhas que tomaram o poder – e usaram como um dos motes de que Haddad-Pt tornaria o Brasil uma Venezuela – estão a passos largos de tornar o país pior do que o Venezuela, pois esta até hoje não fez a asneira de privatizar a PEDEVESA. Bem, até aí nada demais, afinal Collor não mentiu dizendo que Lula eleito roubaria o dinheiro depositado nos bancos e antes de tomar posse ele não fez exatamente isso, num dos maiores assaltos feitos por um governo ao seu próprio povo – e que pra variar contou com um STF acovardado, que deu de ombros pras pessoas desesperadas que buscaram na justiça uma forma de ter direito ao seu próprio dinheiro. Por isso a coisa mais nojenta que ministro do STF de hoje são os de ontem que dizem que na época deles era melhor.

    15
    2
  3. O governo Bolsonaro pode até terminar agora. Já deram aquela avançada neoliberal das boas. Mas vai avançar ainda mais. Como recuperar isso? Acho que merecemos

  4. MEU DEUS, ISSO É UM CRIME HEDIONDO! ESTÃO LESANDO A PÁTRIA DE MANEIRA VIL! COMO FICARÃO EMPREGADOS E APOSENTADOS? ALGUÉM PODE DIZER? ESTOU APAVORADA! PASSANDO MAL! EXTERMÍNIO EM MASSA DO POVO TRABALHADOR! MATAR 30 MIL!

    8
    1
  5. “…Quem comprou o controle da BR Distribuidora?” NÃO FUI EU !!! NÃO FOI VOCÊ !!! Que já éramos DONOS e não mandávamos e não recebíamos. Que viram A SUA EMPRESA ser vendida e não receberam, nem ganharam nada por isto !!! Que não puderam opinar sobre este assunto !!! Que vê a Poupança Nacional, a sua Poupança atrelada em Previdências Sociais e Fundos de Garantia, que rendem os menores juros mundiais, enquanto precisa pagar pelos maiores juros do planeta !!! Por que VOCÊ não pode ser dono de mais um pedaço da BR DISTRIBUIDORA? (Lula, timidamente diga-se de passagem, permitiu que parte do FGTS fosse usado para comprar Ações da Petrobrás. Tenha a curiosidade de saber quando rendeu esta parte do FGTS em Ações, em contrapartida ao restante que não pode ser usado). Enquanto isto estamos falando em Fatalismo, em Vitimização, em Coitadismo, em Fome, em Pobreza,… Em buscar alguma solução contra a Miséria Nacional. Sentados sobre o maior baú de ouro do planeta Terra. Nós Brasileiros Somos inacreditáveis.

    • Caro sr. AA, alguma dúvida sobre a aquisição pela SHELL? O seu Presidente até Residência adquiriu no Brasil, depois da queda da Dilma. Os e-mails revelados para José Serra dizem tudo sobre as falcatruas das Privatarias e dos crimes de lesa-pátria deste ‘Estadista Patriota’. A neta de Alckmin é criada na Noruega, outro país que se esbalda nas nossas Privatarias, enquanto a Nora de Picolé é sustentada por Salários de Estatal Paulista. Outra forma de se fazer Política. Os tais Honestos Socialistas AntiCapítalistas que combaterias m a Corrupção e o Nepotismo. Alguns dizem não entender porque Nos atrolamos nesta Latrina. Pobre país rico. abs.

  6. Quando veremos Bolsonaro, Guedes, et caterva, detidos? O que fizeram é crime de lesa patria, crime contra a nação brasileira!

  7. Essa é a “roubalheira máxima”, a privatização!
    Roubalheira máxima e “legalizada”.
    Não tem “corrupção”, tudo é “limpinho”. Agora que roubaram o patrimônio, vão roubar os rendimentos dos trabalhadores, a transferência de renda pela compra do produto, seja gasolina ou diesel, etc.
    Relembro que o BANESPA foi privatizado por 7bi, uma migalha, uma fração, alguns “milésimos” do valor. O ladrão, digo o hipócrita, digo o presidente do BC Armínio Fraga, quando perguntado sobre o valor da venda, disse que ” a jóia da coroa tinha que ser cara”. Isso. Desse jeito.
    Quanto a Eletropaulo, trabalhei lá. Fui eletricista de rede entre 1995 e 1998. Tenho orgulho disso. Por conta do desemprego da época optei por tentar um concurso. A empresa era excelente.
    Pois bem, sai de lá em 1998. Fui visitar a empresa no ano passado procurando por documentos relativos ao meu trabalho. A unidade ( 25 de janeiro, em São Paulo) está do mesmo jeito de 20 anos atrás. Detalhe: os móveis que foram se desgastando foram jogados fora, ou encostados, de tal sorte que onde eram os departamentos se tornou uma laje sem nenhuma sala com as mesas e computadores dispostos um contra o outro. Não se gastou dinheiro nem pra trocar o mobiliário!!!!!!
    Detalhe: a AES comprou a Eletropaulo com dinheiro do BNDES. Comprou, “mas não pagou”!!! Em 2006, depois de “muita canseira”, Luciano Coutinho, presidente do BNDES transformou o BNDES em sócio da Eletropaulo ( já que ela não pagava mesmo), com o compromisso de que se a AES quitasse a dívida, o BNDES devolveria as ações… é só pesquisar, essa é a pura verdade. Depois disso, “desembrulhou-se a bagunça”, se desfez o imbróglio.

  8. Que tirem logo o “Bras” do nome, pra não ser lembrado só na hora de falar mal. Mas, aí é pedir demais, é supor uma decência que esse pessoal não tem nem sabe que não tem.

  9. QUEM MAIS LUCROU COM A VENDA DA BR DISTRIBUIDORA? QUEM É O NOVO DONO AGORA? O GOVERNO AGIU ERRADO EM VENDER ESTA EMPRESA?

  10. Pela logica comercial, vem aumento do preço do combustível, em breve. Diesel custando em media €1,30/L na europa vai dar margem para eles dizerem que no Brasil o combustível é barato. SENHORES: por favor, não esqueçam de colocar a “mistureba” nessa conta, afinal, a cada 4 l de gasolina vendidos um litro é de etanol vendido a preço de gasolina, é o tal de 25% de mistura

  11. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome