Xadrez de como o pato da FIESP engoliu o MPF

Peça 1 – sobre as responsabilidades do MPF

O Ministério Público Federal teve papel central no golpe parlamentar que visou, em última instância, reduzir drasticamente as responsabilidades do Estado e congelar as despesas públicas através da PEC 55.

O congelamento implica em meramente corrigir as receitas pela inflação do período, mantendo o mesmo valor real inalterado por 20 anos.

A lógica anterior consistia em definir um patamar de despesas e corrigi-la anualmente pelo índice de preço do período mais o crescimento do PIB.

A ideia civilizatória era a de que o país iria aumentando seus gastos na medida do aumento da riqueza, como consequência do crescimento do PIB. Descontados os últimos dois anos de Dilma Rousseff com o festival de subsídios, a regra vinha sendo cumprida.

Voltei aos meus tempos de planilha e montei uma simulação para saber o impacto da PEC 55 sobre o orçamento do MPF. Escolhi o MPF por sua responsabilidade no golpe e no desdobramento da PEC 55 e por ser um microcosmo a partir do qual podem-se se tirar conclusões sobre as despesas públicas em geral.

Usei um conjunto de hipóteses de orelhada, apenas para chegar aos chamados grandes números, que permitem vislumbrar tendências. Mas a planilha permite recalcular tudo em cima de números mais próximos da realidade.

Primeiro, cumpre ressaltar que, no dia a dia, o MPF é uma estrutura financeiramente bem gerida. No ano passado houve uma queda em praticamente todos os itens das despesas operacionais, mostrando responsabilidade..

A estrutura batalha por melhorias salariais, pelos melhores equipamentos e instalações para seus membros. Mas não desperdiça dinheiro. Por isso o modelo serve como boa análise de caso extensiva a todo serviço público.

Peça 2 – os números do MPF

Montei a simulação em cima das seguintes variáveis:

Vamos entende-las.

1.     Imagine um crescimento de 5% ao ano nos quadros da ativa, para atender às demandas da sociedade.

2.     Supus uma taxa de aposentadoria de 2,9% ao ano. Cheguei a esse número pegando o total de 100 e dividindo pelo período de aposentadoria 35.

3.     Imaginei que 0,5% dos aposentados morrem a cada ano.

4.     Do aumento dos aposentados menos o falecimento cheguei à taxa de 2,36% de crescimento ao ano da taxa de aposentados.

5.     Para suprir as vagas de aposentados e dar conta dos novos postos de trabalho, a cada ano os concursos tem que acrescentar 7,86% a mais de procuradores.

6.     Imaginei um custo operacional de 40% sobre cada procurador na ativa e um subsídio médio de R$ 30.000,00 mensais brutos, sem os penduricalhos.

7.     Usei as hipóteses do procurador ingressando no MPF com 25 anos, aposentando-se aos 60 anos e vivendo até os 80 anos.

8.     Imaginei sua contribuição para a aposentadoria (de 12%) sendo aplicada a uma taxa real de 4% ao ano ou 0,33% ao mês.

9.     Ao final dos 35 anos, caso tivesse aplicado o valor da contribuição, o procurador teria um saldo de R$ 4.981.570,00. Para garantir uma renda equivalente à aposentadoria integral até os 80 anos, deveria ter acumulado um saldo de R$ 3.126.921,00. Logo, em termos atuariais o contribuinte banca cerca de R$ 1.854.658,00 por cada procurador aposentado.

10.  Como foi de ouvido, pode-se recalcular mudando as variáveis.

Mas não é esse o objetivo maior das nossas contas, mas avaliar como ficaria o MPF em geral com a PEC 55.

Peça 3 – os efeitos da PEC 55 sobre o orçamento do MPF

Em cima dessas variáveis, tentei estimar o crescimento do orçamento do MPF apenas nos itens subsídios (o nome do salário para servidor público) + despesas operacionais. Deixei de lado investimentos.

A tabela mostra a situação do orçamento do MPF agora, daqui a 10 anos e daqui a 20 anos.

(Como expliquei, pode ser que os números de procuradores da ativa e de aposentados não bata. Mas colocando os números reais não vai mudar muito a conclusão).

1.     A corporação total (ativa+aposentados) saltará de 2.300 para 5.255.

2.     No Custo Mês estão os valores totais pagos aos da ativa e aposentados.

3.     No custo operacional, calculou-se os 40% apenas sobre os procuradores da ativa.

4.     No Custo Total Mês entram os valores dos subsídios mais os custos operacionais.

5.     No Custo Total Ano, o valor mensal x 12 (poderia incluir o 13o., mas deixei assim).

6.     Apenas com esses dados, o crescimento anual das despesas do MPF, sem contar investimentos, será de 4,3% a 4,4% ao ano.

7.     Daqui a 10 anos, para manter o mesmo nível de serviço atual, a despesa teria que ser 53% maior; em 20 anos, em 136% maior. Com a PEC 55, ficará congelada. Com isso, o orçamento será de -34% em relação ao atual. Em 20 anos será 57% menor.

Essa enorme economia não seria possível sem a preciosa colaboração do próprio MPF e do seu Procurador Geral. Mas, hoje em dia, cada PGR e cada procurador querem viver intensamente o presente. O futuro que exploda com o MPF e o país.

PS – Usei um serviço indiano bem interessante, o Zoho, para publicar aqui a planilha. Quem quiser, poderá brincar com as variáveis. Só peço que não baguncem muito os números.

 

 

 

79 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

lenita

- 2017-01-14 13:46:32

Definitivamente

O sr. Cristiano não deveria estar aqui, ou não se dirigiria a Presidente eleita, como MADAME . Ou será que desconhece a história da MADAME ?

Quanto aos Blogs chapa branca (?) prefere os CHAPA PRETA ou MARRONS, como se dizia tempos atrás ? Então pode ir se DELICIAR com os NOBLAT, Uols da vida, Consentinos, Reinaldos, etc, que tem alta popularidade (e credibilidade?).

Cristiano Peixoto

- 2017-01-10 21:54:24

José Carlos, acho que não

José Carlos, acho que não existe midia imparcial, a notícia reportada vai sempre ter uma ênfase lateral, por menor que seja, a opinião principalmente. Por isso te recomendo que não fique se informando só pelos blogs chapa-brancas, isso pode te ajudar a ver que talvez você não esteja totalmente certo, e o resto do mundo inteiro tão errado. 

Cristiano Peixoto

- 2017-01-10 21:38:32

Jenoma, acho que não existe

Jenoma, acho que não existe site certo ou errado, busco informações de todos os lados para formar minha opinião.

Sobre os fatos que eu citei, te convido à desmentir cada um deles se acha que não são verdade, ou invenção da midia.

Sobre o deficit aprovado pelo Governo Atual foi feito apenas um ajuste contemplando o déficit do ano anterior que havia sido pedalado, junto com alguns reajustes que já haviam sido aprovados pelo congresso quando ainda do Governo Dilma, e revisão da expectativa de queda do PIB. Trabalhou-se com a informação real, pra dar previsibilidade e transparencia, diferente do que se fazia anteriormente. 

Sobre as medidas de correção propostas pela Dilma terem sido combatidas, voltemos ao final de 2014. Dilma ganha uma eleição apertada, dizendo pra população inteira que o adversário estava inventando uma crise, que o adversário faria um arroxo, cortaria gastos, salarios, reduziria direitos, que o adversário governaria para os bancos. Na semana seguinte à eleição ai sim, o país está crise, ela coloca um banqueiro de ministro, e manda ao Congresso exatamente TUDO que ela falou que o adversário dela faria. O que você espera que o Congresso faça? E o eleitor incauto dela, deveria ficar satisfeito ao ser democraticamente enganado? Vou te lembrar que em 2 meses de Governo a popularidade da madame chegou a 6%. E se você acha que foi por causa da midia, eu paro por aqui.

Saudações.

Jenoma

- 2017-01-10 16:02:46

Correção

Cristiano,

         Creio que voce esteja no site errado, pois este não coaduna com as suas idéias moldadas pela REDE GLOBO, VEJA e afins.

         Pelo jeito, voce já se esqueceu que o governo golpista que voce defende, aprovou um deficit de 170 Bilhoes de reais. 

          Quando o governo Democraticamente eleito enviou ao congresso um orçamento com défict de 90 Bilhões de reais o PIG estrilou. 

          Por outro lado, todas as medidas de correção da economia foram combatidas diuturnamente pelo congresso comandados por aqueles que perderam a eleição e não aceitaram o resultado da mesma, isto é, a democracia só vale quando eles ganham.

jose carlos lima...

- 2017-01-10 15:48:40

Bauman, in memoriam Só o
Bauman, in memoriam Só o Brasil retirou 22 milhões de pessoas da pobreza http://www.ocafezinho.com/2017/01/09/zygmunt-bauman-ninguem-retirou-22-milhoes-de-pessoas-da-pobreza-so-o-brasil/

jose carlos lima...

- 2017-01-10 15:38:08

Para vc, parcial mesmo é a
Para vc, parcial mesmo é a Veja heim Brantes Vai ai mais um otimo texto de um cientista que não ė da sua turma O Brasil minimo, por Emir Sader http://www.brasil247.com/pt/blog/emirsader/274266/Brasil-mínimo.htm

Cristiano Peixoto

- 2017-01-10 15:28:48

Nossa, que nível de resposta

Nossa, que nível de resposta heim... E parabéns pelas fontes, bem confiáveis e totalmente imparciais, continue se baseando nelas e sua argumentação vai permanecer nesse nível. 

jose carlos lima...

- 2017-01-10 09:14:35

Cinismo pouco é bobagem, pra
Cinismo pouco é bobagem, pra que trollar com um assunto tão sério hein Governo golpista corta 90% de verbas para a ciência brasileira http://falandoverdades.com.br/2017/01/05/governo-temerpsdb-quer-cortar-90-das-verbas-da-ciencia-brasileira/

jose carlos lima...

- 2017-01-10 09:00:17

Nada a ver.
Nada a ver. Tudo isso q vc aponta, os golpistas que tomaram de assalto o poder estao praticando de forma multiplicada por mil em obediência ao mercado que articulou o golpe....sem falar que essa troupe de corruptos estå destruindo o nosso pais, não sobra nada, nem a impressão do dinheiro, tal como se deu no Iraque sob ocupação: o Faustão estå te chamando pra bater panelas la na esquina vai la O Brasil antes do golpe de Estado https://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/infograficos-demonstram-que-os-golpistas-tomaram-de-assalto-um-pais-equilibrado-economicamente

gesiel

- 2017-01-10 01:09:14

o pato do golpe se tornou o simbolo maior da parcela ignorante

A historia não deixará de lembrar que "O POVO QUE CAIU FEITO UM PATINHO NOS BOATOS PLANTANDO PELOS GOLPISTAS e AMPLIFICADOS pelas grandes midias", tiveram como MASCOTE  "UM PATO INFLAVEL". E esse pato inflavel, sempre será lembrado como simbolo maior da IGNORANCIA de 65% da população, que NUNCA SE INTERESSOU PELA HISTORIA POLITICA DO BRASIL, e por isso virou ALVO FACIL, MASSA DE MANOBRA daqueles que NUNCA SE PREOCUPARAM COM A SITUAÇÃO SOCIAL E ECONOMICA DO BRASIL; para retomar ao poder de maneira abrupta, desrespeitando A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA e LEIS INTERNACIONAIS DE DIREITOS HUMANOS, para tentar justificar o crime consumado, ao qual AS MAIORES MIDIAS INTERNACIONAIS CLASSIFICAM COMO GOLPE CONTRA A DEMOCRACIA; com destaque para MATERIAS DA IMPRENSA INGLESA que "TEXTUALMENTE ACUSOU A REDE GLOBO DE TELEVISÃO DE SER APOIADORA DO GOLPE QUE DESTITUIU A PRESIDENTE DILMA, eleita DEMOCRATICAMENTE, contra a qual NÃO SE APRESENTOU PROVAS DE IRREGULARIDADE, "ESCANDALOSAMENTE" confirmada nas palavras do ministro AUGUSTO NARDES que disse que NOS ULTIMOS 80 ANOS TODOS OS PRESIDENTES FIZERAM O MESMO QUE A PRESIDENTE DILMA FEZ, E NUNCA SE PUNIU NENHUM DELES; bem como NAS PALAVRAS DO SENADOR ROMERO JUCÁ, que disse que A UNICA SOLUÇÃO PARA FREAR AS OPERAÇÕES DE COMBATE A CORRUPÇÃO, SERIA CASSAR O MANDADO DA PRESIDENTE DILMA; ou ainda NO RELATORIA DA AUDITORIA DO SENADO, que INOCENTOU A PRESIDENTE DILMA." Poucos serão identificados no futuro, mas NO ITIMO DE MUITOS, terão que conviver com a lembrança de que foram um dos """""PATOS DO GOLPE"""".

Cristiano Peixoto

- 2017-01-09 22:39:37

Educação e Saúde terão

Educação e Saúde terão regimes especiais na PEC, com pisos de investimentos garantidos, ou seja, ainda que sejam, serão menos impactados, ou podem nem ser caso corte mais em outras áreas menos essenciais. Mas se achas que não deve haver mais controle no crescimento das despesas, o FMI está aí, para o que der e vier. 

Cristiano Peixoto

- 2017-01-09 22:16:01

Correção

"A ideia civilizatória era a de que o país iria aumentando seus gastos na medida do aumento da riqueza, como consequência do crescimento do PIB. Descontados os últimos dois anos de Dilma Rousseff com o festival de subsídios, a regra vinha sendo cumprida."

Na prática Dilma já não vinha cumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal antes de 2014. O rombo só não aparecia oficialmente por que foram utilizados os seguintes recursos:

- Pedaladas fiscais: Atraso de repasses ao bancos públicos e até INSS, que não prática escondia a despesa do ano corrente, que só aparecia no ano seguinte, que também era pedalado, criando uma bola de neve de quase 60 Bilhões de Reais.

- Contabilidade Criativa: Recurso contábil usado por Mantega que chegava a considerar despesa corrente como investimento pra atingir a meta fiscal. 

O rombo nas contas públicas não surgiu do nada, medidas anti-cíclicas já vinham sendo utilizadas desde o final do Governo Lula, desonerações, renúncias fiscais, expansão de créditos subsidiados, sem mexer no ritmo de crescimento das despesas, e ainda com resultados pífios no PIB. Tudo isso ajudou a deteriorar a situação fiscal do país, agravada com a queda na atividade econômica em 2015/2016, pela eclosão da crise política. Fato é que agora vamos pagar a conta da irresponsabilidade e má gestão fiscal, além da total incapacidade de reação, pra não dizer omissão de um Governo frente a uma crise que começou pequena. Alguns preferem ignorar tudo isso e simplesmente por na conta dos "golpistas", eu não. 

romulus

- 2017-01-09 17:07:35

Off topic relevante: pato ja papou MPF (e BR!)... "que fazer?"



jose carlos lima...

- 2017-01-09 17:04:28

Não é somente o MPF que vai sumir do mapa
O mercado e mercenarios cortaram as verbas da ciencia e da pesquisa, a Globo precisa dessa grana. O Brasil está sendo engolido tal qual o Iraque e Libia sob as forças de ocupação, tanto lá como cá, nada restou, nem mesmo a Casa da Moeda. Para que ciencia e cura de cancer se o mercado, essa entidade que não tem pátria nem coraçao, tem a morte como fonte de lucro.

Godinho

- 2017-01-09 15:13:37

Deixa o tempo passar...

Daqui a dois anos os efeitos destruidores dessa PEC sobre o orçamento já terão começado a se manifestar. Em quatro, terão se tornado teratológicos. E o primeiro governo eleito depois do terremoto neoliberal, seja conservador ou progressista, vai precisar desfazer essa monstruosidade.

Até lá, os novos meios de comunicação, via internet, terão varrido a influência da mídia oligárquica sobre a formação de opinião (talvez mudando para pior, é bom ressaltar). E então não será muito difícil se chegar a um pacto para derrubar essa aberração.

Talvez não seja nosso destino chegarmos a nos tornar uma potência, ou talvez seja. Em qualquer caso, isto com certeza não se dará no horizonte de vida dos que lutaram pela democratização e por um país melhor, nos já distantes anos 1970-80. Então, nos resta manter a esperança e a chama da resistência acesa, por que, cedo ou tarde "amanhã vai ser outro dia"...

Miguel Arcanjo E. Corgosinho

- 2017-01-09 13:24:38

Plano Nacional de Desenvolvimento

www.facebook.com/celso.camargo.16/videos/1207966255952986/

Cafezá

- 2017-01-09 02:38:21

Em termos comparativos, a PEC
Em termos comparativos, a PEC 55 é uma espécie de câncer que irá, ou melhor, já está carcomendo a carne dos corpos dos brasileiros. Atualmente, as pesquisas científicas desenvolvidas em diversos países, menos no nosso, que não terá mais investimentos em pesquisas científicas e - algo inacreditável - em Educação, têm conseguido formas de tratamento com grande eficácia no tratamento do câncer. Não obstante, a ciência ainda não logrou encontrar uma forma de curar a doença de modo a terminar definitivamente sua letalidade e passar a ser curável, por exemplo, como uma simples pneumonia, cuja origem e desenvolvimento são plenamente conhecidas. O câncer, enfim, persiste com sua incógnita. Mas há uma boa notícia, um verdadeiro achado: No Brasil, para aqueles que se dispuserem a prestar muita atenção, a tão almejada descoberta da cura definitiva do câncer está escancarada. O câncer que está definhando a carne dos corpos brasileiros tem nome, e mais, tem dono: O poodle do PSDB que o atende carinhosamente pelo nome de Rodrigo Janot.

Andre s t

- 2017-01-08 22:27:55

Sao despolitizados: nao sacam
Sao despolitizados: nao sacam nada de ciencia politica, o que é otimo para os interesses da Casa Grande e vai sifrer as consequencias da propria ignorancia. Pensan que basta atender a Globo e perseguir o Lula que, como sabe, fortalceu o MPF como nenhum outro presidente. Agem como capitaes do mato e nem sabem que exercem esse papel exigido pela Globo

Andre s t

- 2017-01-08 22:22:34

Este quase-coxinhas do MPF
Este quase-coxinhas do MPF sao extremamente despolitizados ou tem que secdeixarem ser cooptados por forcas ocultas e como ja dizia minha avo, quando a cabeça não pensa o corpo padece

Guimarães Robertoguimarães Roberto

- 2017-01-08 10:50:53

É a vontade, Mário.

Os integrantes do MP têm uma vontade louca de pertencerem à classe dominante, à oligarquia, à casa grande, etc.. Uma das maneiras de, pelo menos, conviver na proximidade é se submetendo. 

Alan Souza

- 2017-01-07 23:39:18

Juninho Bill

Não tenho tempo pra discutir com criança, Juninho Bill. Tchau, pimpolho!

gabi_lisboa

- 2017-01-07 22:41:24

Nassif, vou recomendar um texto que acabou de

sair no indenpendent e discute a economia como ideologia e não como ciência, como você tem apontado:

http://www.independent.co.uk/voices/brexit-economy-economists-predict-financial-crash-recession-2008-michael-fish-austerity-cant-solve-a7513416.html

 

Eduardo Outro

- 2017-01-07 18:33:03

Sacumé né Junior, meu texto é

Sacumé né Junior, meu texto é profundo demais, sua inteligência é elevada demais, não se encontram. É por isso que você não entendeu lhufas. E o nome, já foi explicado lá atras, naquele post "Como o Supremo Tribunal colaborou para a superlotação de presídio"  de 04/01/2017. Esse sobrenome só me tem dado grandes satisfações, uma delas é ficar "trocando fogurinha" com você. Grande amplexo.

serralheiro 70

- 2017-01-07 17:16:31

Prezado Nassif

Vejo enorme utilidade nesta sua planilha. Demonstra em números que não existe viabilidade nesta pec 55 além da destruição e precarização dos serviços públicos. Só nos resta desfazer esta insanidade

anarquista sério

- 2017-01-07 16:31:52

Menino, eu ?  Só porque gosto

Menino, eu ? 

Só porque gosto de videogame.

Ah, vá !

Abração !

Juliano Santos

- 2017-01-07 16:24:29

O MP e o judiciário é um

O MP e o judiciário é um casta de intocáveis. Só que no sentido inverso do que é na Índia. Lá o intocável é a escória que come no chão. Aqui são os fura-teto.

Engolem o pato, mas quem pago, o pato, somos nós.  

jose carlos lima...

- 2017-01-07 13:33:44

Veja que apontei o
Veja que apontei o protecionismo nacionalismo de Trump na questão da ameaça à Toyota, ou seja, a politica do primeiro meu pirão, certo... Quanto a cooptação internacional, isso não vai mudar com Trump pq se trata de politica de Estado que vigora há seculos, nisso eles são craques, Carmem Miranda não foi a primeira, as medalhas, homenagens e palestras da turma da Lava Jato a portas fechadas em universidades americanas continuarão a todo vapor, as ONGs e corporaçoes mercantis ajudam na tarefa.. Segue trecho de artigo de Andre Araujo, de hoje aqui no GGN, sobre a Era Trump..,..a persguição as empresas brasileiras sera mantida e quem ajudar os americanos na empreitada, como tem feito a turma da Lava Jato, serå chamado de "parceiro"e terå tapete vermelho... " Vai ser interessante ver os EUA perseguir fortemente o Brasil e suas empresas por corrupção enquanto seu Presidente se alia a um regime mafioso e hipercorrupto como é o russo sem nenhum constrangimento. Vamos ver se a Russia vai celebrar "acordo de cooperação judiciária" para o Departamento de Justiça perseguir empresas e oligarcas russos.

Júnior Sertanejo

- 2017-01-07 12:46:22

Não teria problema algum se
Não teria problema algum se fosse um "justo negro sertanejo",certo.O que complica é que eu sou branco.

Júnior Sertanejo

- 2017-01-07 12:35:17

Da minha parte,quis dizer.
Da minha parte,quis dizer.

Júnior Sertanejo

- 2017-01-07 12:33:04

Faltaram algumas mexidas no
Faltaram algumas mexidas no seu Xadrez,deve ter sido por isso que eu não entendi lhufas do seu comentário.Esse seu sobrenome ainda lhe render sérias complicações.

ML

- 2017-01-07 11:33:50

 Longe de mim querer defender

 Longe de mim querer defender o ATUAL MP, que, obviamente, precisa ser repensado. E não conheço em detalhes o regime de previdência dessa instituição. No entanto, na Lei n. 10.887 de 18 de junho de 2044 (ainda está em vigor?) consta:

“Art. 2: A contribuição da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e fundações, aos regimes próprios de previdência social a que estejam vinculados seus servidores não poderá ser inferior ao valor da contribuição do servidor ativo, nem superior ao dobro desta contribuição.”

Se devemos considerar a mal denominada “contribuição patronal” no caso do INSS, parece-me que o mesmo tratamento deve ser dado ao funcionário público.

Mário Mendonça

- 2017-01-07 11:18:16

Prezado Nassif Bom dia Os

Prezado Nassif

Bom dia

Os tres poderes da republica, são submissos ao pato da fiesp!

A chamada deveria ser: porque o mpf se submente a essa elite oligarca,  se possuem vida propria para F...a republica!

Ugo

- 2017-01-07 11:16:27

troll demente

Sai do teclado menino, é cacaca.

Ugo

- 2017-01-07 11:08:46

troll resumido

Troll reproduzindo texto de troll com ares de estadista vidente, nada além de um conjunto de testa da cazzo

Luís Henrique Donadio

- 2017-01-07 10:53:42

O que, aliás, é um pavor,

O que, aliás, é um pavor, levando os promotores americanos a pedirem a condenação até mesmo de acusados que eles sabem ser inocentes.

Romanelli

- 2017-01-07 10:48:59

Lei que 3 em cada quadro

Lei que 3 em cada quadro juízes ganham acima do TETO

..e que 75% tb é o percentual médio do número de procuradores de SP que ganham acima do limte constitucional

..espero que vc tenha levado em conta esta TUNGA IMORAL e ilegal nos seus cálculos 

..e francamente  ..pela eficiência e devolução na forma de serviços que essa TUMINHA nos oferece (com acumulo, e lentidão nos processos) ..eles não mercem  ..não mesmo

Adriano Martins

- 2017-01-07 10:06:33

Caro Henrique Finco

Sou professor universitário e posso te dizer que, pelo menos no universo do meu Instituto, pouquíssimos professores apoiaram esta PEC, pois como tu sabes bem: a destruição da educação neste país é um projeto político. Só na ciência e tecnologia foram contingenciados este ano 1,7 bilhões. Que país que tem a mínima pretensão de soberania vai fazer ante a tal contingenciamento na pesquisa e desenvolvimento? Mas sim... vi um ou outro colega repetindo o discurso que fez acima, de que o país tava quebrado e que agora era hora de fazer o sacrifício. Um abraço!

Adriano Martins

- 2017-01-07 10:06:30

Caro Henrique Finco

Sou professor universitário e posso te dizer que, pelo menos no universo do meu Instituto, pouquíssimos professores apoiaram esta PEC, pois como tu sabes bem: a destruição da educação neste país é um projeto político. Só na ciência e tecnologia foram contingenciados este ano 1,7 bilhões. Que país que tem a mínima pretensão de soberania vai fazer ante a tal contingenciamento na pesquisa e desenvolvimento? Mas sim... vi um ou outro colega repetindo o discurso que fez acima, de que o país tava quebrado e que agora era hora de fazer o sacrifício. Um abraço!

Eduardo Outro

- 2017-01-07 10:05:54

No Xadrez de verdade só sei

No Xadrez de verdade só sei que cavalo anda em L e que peões, como na vida real, são os primeiros sacrificados. No do Nassif, vou tentar:

1ª JOGADA: brancas, ataque:  "Deus não existe, está escrito na Bíblia, livro sagrado dos crentes". Negras,  com Papa Francisco defendendo: " Frase incompleta, faltou a sequência, Deus não existe, dizem os incréus". Conclusão : Se um dia o mundo for povoado por incréus a Bíblia tornar-se-á uma piada;

2ª JOGADA, mesma sequência: "A Presidenta deve ser apeada do Poder". Defesa de Dalmo Dalari : "Não passará no Supremo, que garante a Constituição. Todo Poder emana do Povo....".  A Constituição tornou-se uma piada;

3ª JOGADA, dispensa explicações : " O Pato, com a PEC 55, engoliu o MPF". Defesa fácil demais, eu mesmo faço: " Se esse governo não for escorraçado, haverá uma PEC da PEC, deixando fora o MPF de qualquer congelamento de gastos. Será aprovada em 1º turno". É uma piada.

Não entendam qualquer contestação ou ironia às brilhantes figuras de Papa Francisco, Dalmo Dalari e Luis Nassif, é apenas um momento "Schopenhauer".

Just nior Sertanejo

- 2017-01-07 09:55:53

Como ja dito em comentario

Como ja dito em comentario anterior,vou me abster de fazer consideracoes sobre a serie Xadrez.Esse em particular tive o prazer de ouvir em uma aula de 18 minutos que Nassif ministrou.Vou ansiosamente aguardar o livro.Sei que pode demorar um pouco,a serie nao tem uma data certa para terminar,mas se assim nao fizer,ai que o livro nao sai mesmo.Ele e meio descansado para essas coisas,mas minha querida Da.Lourdes,por certo,vai estar no pe dele.Maria Ines vai colaborar,tenho certeza.

Just nior Sertanejo

- 2017-01-07 09:46:16

Respondo a Alan

Respondo a Alan Souza,06/01/2017,as 22:30.A machadinha de quatro vertentes que voce leva em cima da sua Graça,ainda nao disse a que veio.Quanto ao seu comentario,nao seria etico da minha fazer observacoes de quem nos descobriu ha exatos 517 anos atras.

Marcos K

- 2017-01-07 08:20:26

No antigo templo de Delfos

No antigo templo de Delfos estava escrita a divisa: "Conhece-te a ti mesmo". Com tempo (e com as explicações de Sócrates) ficou claro que a divisa fazia referência a ignorância, ou seja, o homem, para se conhecer minimamente, deve conhecer o tamanho da própria ignorância.

Como descobri bem cedo que minha ignorância é infinita conclui que a saída é nunca parar de estudar. Não vou zerar minha ignorância, mas pretendo reduzí-la o quanto eu puder.

Porque digo isso? Porque não parece ser o caso dessa gente que apoiou o golpe. São burros, fizeram papel de burros e nem se deram conta da burrice que estavam fazendo. Pior, a grande maioria continua tão aferrada a burrice que já entraram em estágio de pós-verdade.  Não entenderam a explicação de Sócartes. É isto que os torna burros e não ignorantes: a persistência na ingorância. Não sabem, não entendem, não enxergam e nem querem enxergar as implicações da cagada homérica que fizeram...

Fosse alguns anos atrás eu teria me juntado a esses asnos. Graças a Deus minha insistência na busca do esclarecimento rendeu alguns bons frutos. Já é um consolo...

 

jose carlos lima...

- 2017-01-07 05:50:17

Jecas vs americanos da Cooptação Internacional
O MPF foi criado em 1988 pela Constituinte. Atė o final do governo FHC esta Instituiçao era totalmente desprovida de recursos materiais e humanos. Tudo mudou com Lula que, como sabemos fortaleceu de todas as formas o MPF, inclusive respeitando a lista triplice como forma de dar fim a Era do Engavetador Geral. Antes de Lula o MPF era instalado em cortiços. Hoje quando vou ao suntuoso predio do MPF observo que aquela arquitetura só foi possivel graça ao salto que o Brasil deu como naçao emergente, chegando ao patamar de 5a. economia do planeta...essa posssibilidade de manter ou ampliar tal estrutura relativa aos recursos materiais e humanos daquela instituiçao tende a minguar, como demostra Nassif... Os sinais apontam para um tempo de vacas magras por absoluta falta de recursos de um pais que tinha todas as condiçoes de continuar avançando mas que foi descontinuado por nossos Jecas de plantào que poderào inflar o peito e o ego quando ouvirem os procuradores americanos, suboordinados a Trump, chama-los de "parceiros" : Jeca adora isso. O que dizer de funcionários publicos sensíveis à Cooptaçao Internacional...por falta de visao estrategica e geopolitica e as consequencias de nao se levar isso em conta no desempenho de suas funçoes, a Lava Jato detonou nossa economia e transferiu para os Irmăos do Norte nossa inserseçao na economia mundial, sem o que faltarão recursos para se manter o MPF nos moldes atuais...mas vai que o Trump resolve manter as mordomias dos Dallagnois...o problema é que Trump dá deu a entender que sob seu reinado valerá a lógica do Pimeiro meu pirăo: a Toyota já foi avisada que tem uma opçāo: ser instalada nos EUA e nao no Mexico, se nao quiser ser punida atraves de taxaçoes...enfim, não vai demorar esses energūmenos do MPF viverem a pão e água mas terăo o conforto de estarem com o uniforme cheio de medalhas concedidas por Trump e Globo: nóis é caipira mais é joia...

Luiz de Gonzaga Carvalho

- 2017-01-07 04:01:25

Xadrez de como o pato da FIESP engoliu o MPF

O texto do item 9 da Peça 2 está invertido. Deveria ser, conforme consta nos dados da própria planilha:

"Ao final dos 35 anos, caso tivesse aplicado o valor da contribuição, o procurador teria um saldo de R$ 3.126.921,00. Para garantir uma renda equivalente à aposentadoria integral até os 80 anos, deveria ter acumulado um saldo de R$ 4.981.570,00. Logo, ..."

 

Ricardo,.,.

- 2017-01-07 03:18:20

A solução vai ser simples.

A solução vai ser simples. Quando asfixiar o orçamento, retira-se recursos humanos e materiais de áreas como Direitos Humanos, consumo e cidadania. E mantém carga máxima nas vitrines de tráfico internacional de drogas, corrupção e afins.

Na outra ponta, um poder enorme ao congresso e ao presidente de plantão, que vão negociar créditos suplementares e ter poder máximo para negociação e redução de autonomia. 

As perguntas são: por qual razão o pessoal está feliz com a expectativa de ter menos gente do serviço público dedicada a essa áreas que só os ditos progressistas dão bola? E como vai fazer nas áreas do Judiciário dedicadas integralmente a direitos sociais, em que não há sequer espaço para remanejar gente dos DH para o tráfico e vice-versa? O pessoal aí está festejando com carniça.

Cesar Cardoso

- 2017-01-07 03:08:57

Sobre a mágica

A mágica é essa mesma, naldo.

Aliás, temo muito que a estratégia do MPF seja, enquanto ainda é relevante, acelerar a guerra distributiva do Orçamento Federal que a PEC 55 traz no seu bojo. Se não para manter a estrutura em torno dos procuradores, pelo menos para manter o nível salarial/de aposentadoria dos procuradores.

Alexander

- 2017-01-07 03:07:31

Trump

   Aí que você se engana. Os do MP, Mídia eram todos pró-Hillary. Trump é NACIONALISTA, anti-Globalista, anti-Mercado e Isolacionista. Pena que na esquerda ainda não enxergou que a briga não é mais esquerda x direita, mas sim Nacionalistas x Globalistas!

C.Poivre

- 2017-01-07 02:22:34

Modelo exemplar de Forças Armadas

Forças Armadas da Venezuela reiteram seu compromisso com a Constituição e declaram que defenderão o país contra Golpes de Estado:

http://www.telesurtv.net/news/Fuerza-Armada-ratifica-su-compromiso-con-la-paz-en-Venezuela-20170106-0059.html

Dilson Lopes Rochedo

- 2017-01-07 02:04:55

O congelamento dos gastos com

O congelamento dos gastos com a PEC 55 não afeta também o orçamento da Policía Federal a longo prazo?

Ivan de Union

- 2017-01-07 01:32:44

"Uma das razões dos

"Uma das razões dos Procuradores do MP produzirem tanto é que o grosso do serviço é feito por técnicos e analistas, que leem calhamaços, produzem relatórios, resumos e análises técnicas, contábeis e jurídicas":

E entao a putaiada toma uma "decisao" POLITICA e nao TECNICA.

Nao eh isso que Rodrigo Janot, o feijaozinho da bosta, faz?

João de Paiva

- 2017-01-07 01:14:13

Interessante, mas houve um engano.

Caro Nassif, caros leitores.

Essa simulação, expedita, simplificada, é capaz de mostrar o desastre que é a EC-95/2016, oriunda da PEC- 241/55/2016. Marcelo Zero tinha feito uma análise regressiva, mostrando os deletérios efeitos desse garrote neoliberal, a partir dos investimentos nas areas de Saúde e Educação, caso uma EC tivesse vigorado nos últimos 15 anos. A conclusão a que ele chegou é ainda mais aterradora. Como ele usou dados reais, não há qualquer dúvida sobre os efeitos danosos da EC-95/2016 para todas as áreas essenciasi dos serviços públicos.

Chamo a atenção para o item 9 da Peça 2, logo abaixo da primeira planilha. Observem a planilha e ana´lise posterior e notem que Nassif confundiu os números. Segue abaixo o texto do item 9, com as inversões destacadas,

"9.     Ao final dos 35 anos, caso tivesse aplicado o valor da contribuição, o procurador teria um saldo de R$ 4.981.570,00. Para garantir uma renda equivalente à aposentadoria integral até os 80 anos, deveria ter acumulado um saldo de R$ 3.126.921,00. Logo, em termos atuariais o contribuinte banca cerca de R$ 1.854.658,00 por cada procurador aposentado."

Percebam que o correto, segundo a planilha e a análise feita por luís Nassif é

"9.     Ao final dos 35 anos, caso tivesse aplicado o valor da contribuição, o procurador teria um saldo de R$ 3.126.921,00. Para garantir uma renda equivalente à aposentadoria integral até os 80 anos, deveria ter acumulado um saldo de R$ 4.981.570,00. Logo, em termos atuariais o contribuinte banca cerca de R$ 1.854.658,00 por cada procurador aposentado."

Henrique Finco

- 2017-01-07 01:06:35

Tiroteio nos próprios pés

Este xadrez é a materailização do que já se sabia. Mas, arrisco afirmar, com certeza os procuradorinhos da vaza jato não vão compreender que assim seja, tal a cegueira idelológica. 

Na Universidade é a mesma coisa: professores com doutorado não entenderam que a Universidade - e eles póprios - estarão  entre os primeiros a serem prejudicados e esbravejam coisas como "sou contra o comunismo" (!), ou "a gastança do PT tinha que terminar de qualquer jeito", e coisas assim. É uma metralhada nos próprios pés....

ritace

- 2017-01-07 00:54:24

(Sem título)

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Ivan de Union

- 2017-01-07 00:43:45

Discordo cada vez mais das

Discordo cada vez mais das chamadas desse blog!  ME RESPEITEM!

O pato da Fiesp ja tinha engolido o MPF muito antes.

O que o pato da Fiesp fez foi cagar o MPF.  Merecidamente, alias:  "tudo vira bosta" e o MPF ja tava beeeem fedidinho por pelo menos 2 anos.

Alguem ja deu uma cheirada de leve no feijaozinho Janot ultimamente?

Alan Souza

- 2017-01-07 00:30:16

Você está olhando só para o seu Procuradores, Nassif

Procuradores da República, sem o trabalho de um grande número de servidores à sua volta, não são absolutamente nada. Uma das razões dos Procuradores do MP produzirem tanto é que o grosso do serviço é feito por técnicos e analistas, que leem calhamaços, produzem relatórios, resumos e análises técnicas, contábeis e jurídicas. 

Cada Procurador tem uma estrutura imensa a sua disposição, que vai de analistas de nível superior,  passa por técnicos de nível médio e chega a estagiários e terceirizados.

E nessa área o estrago já vinha grande antes da PEC 55, pois para pagar os nababescos salários acima do teto e mais os auxílios moradia, precisaram cortar terceirizados e estagiários. A redução foi grande, e deve aumentar com a PEC. Muitos servidores se aposentaram e outros saíram para outros concursos, e está difícil nomear novos concursados, embora exista um concurso ainda em vigor e com aprovados que podem ser nomeados. O clima de insatisfação entre os servidores é grande. Mas os servidores não apitam nada, quem manda e desmanda são os Procuradores.

marcosomag

- 2017-01-07 00:15:46

De volta ao Bananistão.

Aqueles procuradores que fizerem favores ao capital e aos seus políticos prediletos terão privilégios financeiros. Os que tentarem exercer a função pública de maneira isenta serão isoladas, terão sua ascensão profissional "congelada". Os considerados mais perigosos, "loucos", serão exonerados do serviço público.

Tudo dentro da lógica das elites que retornaram o Brasil ao seu lugar de república bananeira.

Ao amigos, tudo. Aos inimigos, a lei.

naldo

- 2017-01-07 00:11:11

A magica é a seguinte, para o

A magica é a seguinte, para o mp e judiciario:

regulamenta-se o trabalho terceirizado para as areas fins, paga-se um salario de fome para os temporarios, com menos funcionarios publicos sobra mais para os altos salarios, entenderam?

anarquista sério

- 2017-01-06 23:29:07

Essa eu não sei ,mas gostaria

Essa eu não sei ,mas gostaria de saber 

 Dúvida  tem plural ?

  Que tem , eu sei.

 Mas deveria ter ?

  Eu e o mundo temos trocentas dúvida(singular)

 

Antonio Carlos Silva - RJ

- 2017-01-06 22:39:34

A situação é desconforme até

A situação é desconforme até em relação ao poder de destruição .

Um almirante norte-americano com a responsabilidade de destruir (ou não) o planeta ganhar menos que um funcionário público cuja missão primordial é a destruição do futuro do Brasil.

Antonio Carlos Silva - RJ

- 2017-01-06 22:24:49

Alguns desta casta do brazil

Alguns desta casta do brazil bananeiro recebem salários maiores que a de qualquer comandante de porta-aviões norte-americanos com poder nuclear para destruir o planeta dezenas de vezes.

Responsabilidade com o futuro do Brasil ?  Z E R O 

 

Antonio Carlos Silva - RJ

- 2017-01-06 22:19:39

Alguns desta casta do brazil

Alguns desta casta do brazil bananeiro recebem salários maiores até que a de qualquer comandante de porta-avões norte-americano com poder nuclear para destruir o planeta dezenas de vezes. 

anarquista sério

- 2017-01-06 22:18:45

Nassa massacra o M P

Nassa massacra o M P F.

Então. pergunto:

Quem foi o chefe do M P F que agradou o Nassa ?---não seriam todos iguais ?

Só por curiosidade.( não vale a época de Dom Pedro )

anarquista sério

- 2017-01-06 22:03:49

E vc ollha pra onde ? No

E vc ollha pra onde ? No horizonte infinito, por acaso ?

Jamais.

Sua visão é curta e retorcida---desculpe a redundância.

Quintela-C

- 2017-01-06 21:55:20

Exatamente...

Esse ou algum outro governo ierrrsponsavel que irá dar continuidade a essa loucura vai abrir mais uma de várias exceções para se "adequar" a demanda populista é conveniente da governabilidade por ocasião que PMDB/DEM/PSDB fazem...

E na calada da noite se reúnem e aprovam alguma LEI para beneficiar mais uma exceção.

Ou alguém já esqueceu que CF/88 não serve mais para porra nenhuma????

Hcmagalhaes

- 2017-01-06 21:49:12

E acima do que a lei determina

Gente que recebe mais que o que a constituição, coitada, determina. Foras da lei.

Wilton Santos

- 2017-01-06 21:40:35

Justiça deverá ser feita o quanto antes. O Janot, a grupelho...

Justiça deverá ser feita o quanto antes. O janot, o grupelho chamado força tarefa da lava jato e o juiz moro deverão ser responsabilizados por ter entreguem documentos sigilosos ao governo americano sobre a Petrobras, o programa nuclear brasileiro e programas estratégicos de defesa conduzidos pela Odebrecht, como dados sobre a construção do submarino nuclear brasileiro e mísseis projetados pela subsidiária da empresa chamada mectron.

Como pode cerca de meia dúzia de servidores públicos, tão valorizados e tão bem remunerados se prestarem a um serviço tão sujo e baixo de trair a nação brasileira e destruir o Estado Democrático de Direito? A troco de quê fizeram isso? E o que é pior, ter feito tudo isso de forma tão cínica e covarde. É inadmissível terem causado tanto estrago para favorecer uma nação estrangeira que tanto desprezo tem por nós e saírem impunes.

ohallot

- 2017-01-06 21:35:45

PEC dos bagos

"O congelamento implica em meramente corrigir as receitas pela inflação do período, mantendo o mesmo valor real inalterado por 20 anos."

 

Então tá combinado, na mesma linha do MPF do Nassif, a população cresce e os serviços do estado continuam no mesmo valor de despesa real.

 

Hora de  cortar os bagos e fazer laqueadura, por que se a população aumentar, cada um recebe menos do estado.

jose adailton v ribeiro

- 2017-01-06 21:24:41

Relembrando

Em 16/06/2014 foi publicado aqui o texto abaixo. A governante eleita deixou os flancos desguarnecidos e  hoje todos choram o leite derramado.

O estilo Dilma e a manifestação de poder

Mas o ponto central de desgaste de Dilma é o fato de ser uma presidente sem poder. Explico melhor esse conceito. A manifestação de poder de um governante se expressa na maneira como negocia com os diversos setores e consegue implementar suas (da presidente) determinações. Para isso, não basta apenas o poder da caneta. O governante precisa ter debaixo de si uma estrutura que permita controlar o enorme cipoal burocrático do governo, um Ministério proativo que ajude a filtrar as demandas e se responsabilize pela implementação de medidas e pelos resultados da sua pasta.Com muito mais condições que o presidente, é o Ministro proativo que tem a temperatura do setor, controle sobre sua estrutura e  a responsabilidade de identificar problemas, trazer soluções e propor medidas inovadoras. O Presidente é o maestro da orquestra.

 

drigoeira

- 2017-01-06 21:21:57

FIESP

É aquela federação de cunho privado que recebe dinheiro público para fazer politicagem...

Celso Paulo da Silva

- 2017-01-06 21:20:38

Podem colocar essa na conta

Podem colocar essa na conta do janó, do dalagnol, fernando lima. Eles ainda vão sentir na pele os desdobramentos da sabotagem que impuseram ao país graças ao estrelismo narcisista desses caras sem pátria do mpf que assistimos nos últimos dois ou três anos. E o que é deles está bem guardado.

Fauzi Achoa

- 2017-01-06 21:12:49

Então viva a PEC. Abaixo o
Então viva a PEC. Abaixo o monstro go.

Ivan Pedro

- 2017-01-06 21:09:28

Sem dúvidas!

Corretíssimo, André !!! Além disso não tem essa estabilidade sem "oversight" que temos por aqui. Procuradores lá têm que provar o desempenho e decisões todo ano, caso contrário, são exonerados !!!

JB Costa

- 2017-01-06 21:08:24

Como toda desgraça é  pouca,

Como toda desgraça é  pouca, para produzirem bem menos. 

JB Costa

- 2017-01-06 21:06:21

Esse é o problema: ao se

Esse é o problema: ao se olhar somente para o umbigo perde-se, claro, a visão para adiante. Aí corre-se os riscos inerentes.

 

Andre Araujo

- 2017-01-06 21:04:07

http://work.chron.com/pay-sca

http://work.chron.com/pay-scale-federal-prosecutors-14713.html

Negativo. As corporações juridicas ganham no Brasil bem mais que nos EUA.

Miope

- 2017-01-06 21:02:43

Primeira análise a mostrar o que ocorrerá com a burocracia

Está e a primeira análise a mostrar o que a burocracia empoderada pela CF88 fez consigo mesma a partir da fragilidade institucional. Como diz o André Araújo todos estamos no mesmo barco. Outras categorias também não se aperceberam ainda, e.g. Teremos menos médicos por UPA. Logo cada profissional trabalhará em dobro. Diversos pequenos empresários eram (são)  contra transferências tipo Bolsa Família, logo sua própria demanda cairá. Ainda ouço conhecidos culpando a coligação PT/PL e PT/PMDB por isso. Todavia em 13 de maio teremos um ano de PMDB e aliados no poder....

MarFig

- 2017-01-06 20:59:11

Não entendi. Como o MPF pode

Não entendi. Como o MPF pode ter uma estrutura financeira bem gerida com esses salårios?

 

https://jornalggn.com.br/noticia/procuradores-da-republica-recebem-ate-r-121-mil-liquidos

Cláudio Melo

- 2017-01-06 20:58:32

Como furam o teto, furarão o

Como furam o teto, furarão o congelamento -que será apenas para os brasileiros-, furarão um Iceberg, explodirão a Antartida os polos mas o deles eles garantirão, isso é certo. 

joel lima

- 2017-01-06 20:39:36

O Brasil conta com uma elite

O Brasil conta com uma elite do funcionalismo público que ganha igual o que se ganha em país desenvolvido - enquanto o funcionalismo público que tem que lidar com a ponta mais pobre da sociedade ganha mal. Não há país de verdade com uma lógica perversa dessa. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador