De acervos e ex-presidentes

Educadas, minhas filhas menores dizem que sou distraído. Me chamar de lerdo seria falta de respeito.

Mas às vezes sou lerdo mesmo. Na conversa com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ele argumentava que nenhuma universidade iria preservar adequadamente seus arquivos pessoais.
Imediatamente lembrei-me do CDPOC; imediatamente ele recusou: “mas lá é uma outra instituição”. Estranhei, já que, embora aposentado da USP, FHC não é vinculado a nenhuma universidade.

Depois é que caiu a ficha: como é que poderia o acervo de FHC ficar como um sub-acervo na casa de Getúlio Vargas?

Foi lerdeza da minha parte, admito.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora