Máximas de Alckmin

Lula sempre foi campeão de foras nas suas declarações públicas. Desde o inesquecível “aqui é tudo limpinho”, sobre uma cidade da África, até a campeã “minha mãe nasceu analfabeta”.

Mas no campo do falou e não disse, o candidato oposicionista Geraldo Alckmin é imbatível.

Vamos a algumas Máximas de Alckmin.

Máximas de Alckmin – 1
Sobre a nova investida do PCC:

“É uma reação a ação da Polícia. E há que se perseverar, não retroceder um milímetro e enfrentar o problema do crime organizado”.

Máximas de Alckmin – 2
Sobre Joaquim Roriz, governador do Distrito Federal:

“Lá, do outro lado, no Palácio do Planalto, tem o governo do faz-de-conta. Faz de conta que não viu, que não ouviu, que não sabia da corrupção. Neste palanque é o governo do dito e feito. Aqui se assume compromisso e se cumpre. É o palanque de quem diz e faz”.

Máximas de Alckmin – 3
Sobre o combate ao crime organizado que atua nos presídios, através dos líderes presos:

“O combate ao crime organizado que atua nos presídios deve ser feita com investigação, inteligência policial e com a prisão dos membros do crime”.

Máximas de Alckmin – 4
Sobre a eleição e Lula:

“Acho que o PT já teve a sua oportunidade. Agora, como o presidente gosta de metáfora futebolística, é hora de ir para a reserva. É hora de time novo, energia nova”, afirmou ele.

Máximas de Alckmin – 5
Sobre o reajuste dos aposentados:

“Lamento muito o veto, e é difícil dizer qual a medida que tomaria. Eu procuraria ter trabalhado para criar condições para melhorar a situação dos aposentados.”

Máximas de Alckmin – 6
Sobre acordos comerciais:

“Ao invés de partirmos para uma maior competitividade entre os países do bloco caminhamos para maior protecionismo e com inúmeros furos na questão da União aduaneira”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome