Revista GGN

Assine
imagem de will
Profissão microempresário

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

Moquequeando

Do Blog do Will

Meu amigo justifica, com sucesso, as imagens mais marcantes de suas férias

MOQUEQUEANDO

Por Alex Barros

Via Facebook

Era uma vez uma humanidade quase primata que comia o que achava no chão e nas árvores, caçava pequenos bichos ou pescava, e os cozinhava sempre diretamente no fogo. Os processos civilizatórios de lugares distintos foram fazendo com que o homem se distanciasse cada vez mais de seus primos macacos e o cozimento da comida com mediação aquosa revolucionou a alimentação. Quem quiser se aprofundar no assunto pode ler - ou tentar ler - o livro mais denso com que tive que lidar até hoje: O cru e o cozido, do antropólogo francês Claude Levi-Strauss.

Os guisados, caçarolas ou curries são típicos em quase todos rincões deste vasto planeta. Vale lembrar da nossa feijoada, do puchero espanhol, dos guisados de carne com cerveja na Inglaterra ou do saborosíssimo chilli con carne do México.

No Brasil, além da feijoada, encontramos o Frango ao molho pardo de Minas, o Xinxim de galinha da Bahia, as caldeiradas de peixe - sejam eles do mar ou dos abundantes rios que crivam nosso território - e por aí vai. As vedetes, no entanto, são as moquecas.

A palavra moqueca vem de um verbo em tupi que quer dizer cozinhar "escondendo" ou "moqueando" a carne nos molhos, que por sua vez sempre têm algum legume, verdura ou vegetal. Voltando à Antropologia, este esconder a carne é parte do distanciamento civilizatório que falava no começo do texto. A corte francesa cria os muitos molhos da tradição gálica para esconder a carne, assim como os chineses picam tudo em cubinhos para que os ingredientes se percam na pletora de formatos.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

A tempo

Documentário de Kim Bartley e Donnacha O'Briain

sobre sobre o golpe ocorrido na Venezuela em abril de 2002. O

golpe foi consumado, pois não houve resistência de Chaves que foi preso.

Mas as manifestações e o apoio de militares fiéis ao país enfraqueceram os golpistas,

e Chaves retornou ao governo. Participação clara da midia privada, empresários e militares oposicionistas

no golpe, além de declarações do governo americano Leia mais »

Documentos

Sem colaborações até o momento.

Áudio

Sem colaborações até o momento.