Início Cinema

Cinema

Globo detona bomba semiótica de canastrice política com série “Ilha de Ferro”

Uma das principais armas na guerra semiótica que levou aos bem-sucedidos impeachment e o golpe militar híbrido foi a “canastrice semiótica”: legitimar a agenda política através da ficção

Incêndio na Cinemateca é tragédia anunciada, denuncia Fernanda Montenegro

“O incêndio na Cinemateca em São Paulo é uma tragédia anunciada. Toda a nossa cultura das artes sofre um cala boca”, afirmou a atriz Fernanda Montenegro

Filme “A Guerra do Amanhã” é propaganda da Doutrina Biden para guerras do futuro,...

Com os indefectíveis RAVs (russos, árabes e vilões em geral e, agora, chineses também) que estão no filme, porém, de forma indireta, metonímica, com efeitos subliminares de propaganda política.

“1983”, o que faríamos nós?, por Ana Claudia Dantas

A filmagem polonesa, ironicamente veiculada ao mundo por um serviço streaming californiano, o Netflix, desmascara a ação repugnante do império EUA junto à elite polonesa

Walter Benjamin e os documentos da barbárie no filme ‘Sound of Violence”, por Wilson...

Se o filósofo alemão Walter Benjamin dizia que todo monumento da cultura é um monumento da barbárie, “Sound of Violence” retoma essa tese da forma mais assustadora possível.

A PsyOp militar que a crítica brasileira não entendeu no filme “Nova Ordem”, por...

O problema para a crítica é que Michel Franco descreve de forma seca e brutal não um golpe militar latino-americano clássico, mas uma PsyOp militar operada como guerra híbrida que explora o demasiado humano

Comentário sobre o Oscar (2), por Walnice Nogueira Galvão

Entre os candidatos a melhor filme, Os 7 de Chicago, em que se destaca Sacha Baron Cohen (o Borat) num papel sério e não debochado como de hábito, resgata uma dívida de meio século.

Comentário sobre o Oscar (1), por Walnice Nogueira Galvão

Em 2021, e com enfática aprovação de todo o mundo, destaca-se o comprometimento sem restrições do Oscar com a diversidade.

No vencedor do Oscar ‘Nomadland’, as estradas que nos levam a lugar nenhum, por...

Um olhar de uma diretora estrangeira (Chloé Zhao) para aqueles que se sentem estrangeiros dentro do próprio país, em desérticas paisagens com estradas que levam a lugar nenhum – a melhor metáfora do atual espírito do tempo.

Jovem cineasta Luan Cardoso lança Deságua

Cineasta estreia filme com a banda pernambucana MOMBOJÓ no dia 1 de maio no canal Music Box Brazil

A propósito de Leon Hirszman, por Walnice Nogueira Galvão

Nos filmes que realizou, 5 longas e 11 curtas, dá para ver que estava sempre em busca de algo – o que o título do livro já implica.

A atualidade da sociologia de Glauber Rocha, por Roberto Bitencourt da Silva

A ferramenta sociológica do “tipo ideal” – proposta pela clássica teoria de Max Weber – aparece em “Terra em transe” com grande senso de oportunidade, dando maior clareza à denúncia anti-imperialista oferecida por Glauber.

Documentário narra a luta histórica dos movimentos por moradia digna

Filme sobre a trajetória dos diferentes movimentos populares de habitação lança plataforma de financiamento coletivo para finalização da produção

Lúcifer Morningstar, o anjo mais humano, por Carolina Maria Ruy

Mas Morningstar é mais contraditório uma vez que busca compreender e assimilar o senso de justiça e de benevolência que sela as relações sociais. Ele não põe em dúvida a divindade, mas a renega em nome da convivência entre os mortais.

A realidade é mais assustadora do que o sobrenatural em ‘O Que Ficou Para...

“O Que Ficou Para Trás” discute os problemas existenciais em torno dos refugiados na Europa e o ressentimento contra os estrangeiros como resultante da geopolítica global

Não existe ficção científica no país do futuro em ‘Branco Sai, Preto Fica’, por...

A mistura de gêneros documentário e sci-fi é proposital: mostrar como no “País do Futuro”, passado, presente e futuro se estendem num estranho eterno presente. Sem existir o amanhã.

Sobre racismo, “Dentro da Minha Pele” é selecionado para festival da Holanda

Documentário que escancara o racismo no Brasil, produzido por Toni Venturi e Val Gomes, terá estreia no International Documentary Filmfestival Amsterdam

Em ‘Borat Subsequent Moviefilm’ o humor enfrenta uma realidade que quer superar a ficção,...

Como será que o novo filme de Sacha Cohen vai conseguir fazer uma sátira crítica de uma realidade que parece ter superado qualquer ficção imaginada pelo Borat de 2006?

Série dinamarquesa ‘Borgen’ desmonta a bomba semiótica de gênero, por Wilson Ferreira

“Borgen” desmonta a bomba semiótica que mais tarde a extrema-direita utilizaria para criar a política de polarizações identitárias e de gênero que transformam a discussão política em um debate irracional.

Reclusões nos filmes brasileiros (II), por Walnice Nogueira Galvão

A reclusão como tema no cinema nacional, juntando poesia e verdade.

Leia também

Últimas notícias