Revista GGN

Assine

Informações para a sua pipoca sair perfeita

Sugerido por Adir Tavares
 
 
 

AFP/Getty

Estudo descobriu a melhor temperatura para fazer pipoca: 180 graus

Cientistas franceses afirmam que conseguiram descobrir a melhor temperatura para fazer pipoca.

Os físicos Emmanuel Virot e Alexandre Ponomarenko, da Escola Politécnica de Paris, afirmam que quando a pipoca chega ao limite de temperatura de 180 graus, a camada exterior do milho vai estourar, não importando o tamanho e a forma do grão.

A pesquisa também revelou novas informações sobre como o milho de pipoca pula e estoura e o som emitido quando o vapor de água é expelido rapidamente no processo.

Todo este processo, desde o grão de milho até a pipoca, demora centésimos de um segundo mas os dois físicos conseguiram estudar cada fase para compreender a base científica do processo de fazer pipoca.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista especializada Royal Society Interface.

Câmeras de alta velocidade

Usando câmeras de alta velocidade, que gravam 2,9 mil quadros por segundo, eles puderam observar a pipoca enquanto ela era aquecida em um forno. Durante o processo, os pesquisadores aumentavam a temperatura em dez graus a cada cinco minutos.

A umidade no interior do grão de milho de pipoca começa a se transformar em vapor quando a temperatura passa de 100 graus, mas quando aumenta para 180 graus, a pressão dentro do grão subiu para cerca de dez vezes a pressão atmosférica no nível no mar.

Sem conseguir aguentar a pressão, a camada exterior do grão arrebenta e a parte interna se expande, forçando o caminho para fora, através da casca já rompida.

Aos 170 graus, apenas 34% dos grãos tinham estourado, mas ao chegar aos 180 graus, 96% das pipocas estouraram.

"Descobrimos que a temperatura crítica é cerca de 180 graus, não importando o tamanho ou a forma do grão" afirmou Virot à agência de notícias AFP.

Continuando com a experiência, os cientistas analisaram a forma como a pipoca pula. A primeira a sair da casca foi uma estrutura mais protuberante, chamada de perna.

A energia reprimida é liberada para esta estrutura e a empurra contra a superfície quente, lançando o grão para o alto, a uma altura que varia de alguns milímetros até centímetros.

"Uma pipoca tem um jeito único de pular, (algo) no meio do caminho entre (o jeito de pular de) uma planta explosiva e animais cuja base são os músculos, como os humanos", disseram os pesquisadores no relatório sobre o estudo.

Por fim, os dois estudaram o som característico feito pela pipoca. Eles descobriram que o ruído não está relacionado com pulo do grão, pois ele ocorria muito cedo.

Ao invés disso, os físicos concluíram que o som é, mais provavelmente, causado pela liberação repentina do vapor de água do grão.

Além disso, depois que o grão de milho estoura, a queda de pressão transforma as cavidades no grão de milho em uma espécie de caixa acústica, onde o som ressoa.

 

Média: 3.4 (5 votos)
12 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de MANREL
MANREL

UNIVERSO COISA DE LOUCO

 

No principio era o GRÃO,  UNI, tudo estava NELE e ELE estava em tudo .

Explodiu , VERSO, tudo estava  NELE e ELE em tudo.

Virou 'UNIVERSO.

No principio sempre foi   o VERBO  "É"

Seu voto: Nenhum

Caraca !!! Como conseguir

Caraca !!!

Como conseguir sobreviver sem essa informação e comendo pipocas fora desse padrão de temperatura.

Daqui pra frente, depois dessa informação, o meu mundo será diferente, bem melhor.

Ufa !! até que enfim uma noticia boa.

Seu voto: Nenhum

Consagre os seus sonhos e projetos ao Senhor, e eles serão bem sucedidos, creia.

gAS

Gostei muito mais da receita

Gostei muito mais da receita do Emerson, que da descoberta dos cientistas ociosos. Um Nobel para vc, Emerson !!!

Seu voto: Nenhum

lenita

Doutor PhD em pipoca

Minha receita:

Milho de qualidade (Yoki premiun ou similar) na panela com fogo baixo e mexendo para o milho aquecer por igual.

Quando o milho perder a transparência deixe de um lado da panela, para uma caçarola grande uma colher de sobremesa de óleo. Já com fogo máximo, ponha uma colher de sopa de manteiga SOBRE o óleo.

Feche a panela e mexa sempre até parar de estourar.

Deixe uma vasilha ao lado para o caso de ter que retidar um pouco se a quantidade de milho tiver sido demasiada.

Abra a panela e ponha o sal. Feche e sacuda um pouco. Querendo nessa hora pode agregar mussarela ou parmesão picado. Nesse caso aguarde antes de consumir, uns dois minutos para o calor fazer efeito.

Se desejar sabor de alho, logo após a manteiga ter derretido, coloque o alho previamente salgado e laminado na espessura de 1,5- 2 milimetro.

Pipoca doce? Minha religião não permite!

Aproveite.

 

Seu voto: Nenhum

e.t.

Coma com o uso de hashi. 

Se gostar pode respingar molho de pimenta.

E como hoje é Carnaval, acompanhe com cerveja. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Meire
Meire

Tempo esquenta no Paraná!

Os professores do Paraná, devem ter se fortalecido com essa receita, antes das manisfestações!

Seu voto: Nenhum
imagem de aaj
aaj

A pipoca é uma crisálida?

Que coisa mais digna do IgNobel! A 180o vem a surpresa inevitável. Fiiquei sentindo as dores do parto de cada grão, imaginando a alegria de liberar o eu interior, para se descobrir maior do que jamais imaginado.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de basílio
basílio

Mas que "pesquisa" relevante

Mas que "pesquisa" relevante e interessante!
Ciência pura!
Comprova também que a famosa frase de Einstein sobre a imensidão do universo e da boçalidade humana aplica-se também a pseudo ciência e a pseudo cientistas.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Pipoqueiro Expert
Pipoqueiro Expert

Isso me fez lembrar uma reportagem da Veja nos ridicularizando

Sim, não me atirem sapatos! Já fui assinante (oferta de um banco de 1 ano de assinatura digrátis para colocar uma conta qualquer em débito automático, quem pagou o prejuízo, não sei).

Com é de se esperar de uma revista anti-Brasil, era um artigo sobre cientistas brasileiros que desenvolveram uma variedade de milho que estourava mais facilmente.

No final, o comentário era algo como:

"só resta descobrir a real utilidade de tal desenvolvimento pelos 'cientistas'  brasileiros".

Não se perguntaram sobre a sua própria como revista.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

os pré-colombianos já sabiam

os pré-colombianos já sabiam que dentro do grão  de

maiz moravam espíritos que, se fossem irritados pela falácias trollistas da época,

aqueceriam de tal forma que explodiriam de indignação....

é claro que a ciencia despreza o mito para ver a realiidade como ela é.... 

mas que o mito tem um caráter especial, isso tem....

alguém poderia postar aí a histrória da pipoca...

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A história da pipoca no cinema

A pipoca realmente decolou nos EUA em meados da década de 1880, mas levaria 50 anos para se tornar o petisco favorito nos cinemas. De acordo com Andrew Smith, autor de "Popped Culture: A Social History of Popcorn", inicialmente os donos das salas de cinema não aceitaram a ideia da pipoca. Eles tinham belos tapetes e carpetes e não queriam por lá a pipoca (que podia sujar o recinto).
Então, a Grande Depressão aconteceu. Os filmes passaram a ser um entretenimento popular e barato. Vendedores de pipoca, do lado de fora, também forneciam um lanche igualmente barato. 
Foi somente no início da década de 1930 que uma empresária chamada Julia Braden, de Kansas City, convenceu proprietários a colocar quiosques de pipocas no interior de cinemas. Naturalmente, outros proprietários foram estabelecendo também seus próprios estandes. 

http://blogdopg.blogspot.com.br/2013/10/a-historia-da-pipoca-no-cinema.html

Seu voto: Nenhum
imagem de Gabriel Moreno
Gabriel Moreno

Nassif e sua ironia fina. Ou

Nassif e sua ironia fina. Ou eu que tô viajando.

Seu voto: Nenhum
imagem de Meire
Meire

Coincidência!

Tive a mesma estranha impressão. ...Só sei que se este artigo tivesse sido escrito na época da ditadura acredito que teria sido censurado pela possível associação a eclosão de movimentos sociais (que no caso seria contra a ditadura). ...E uma vez censurado o artigo, o espaço teria que ser preenchido às pressas, como por exemplo alguma receita culinária, como era praxe acontecer!

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.