Revista GGN

Assine

Nassif: Os problemas de Danellon, a Dallagnol paulista

Não começou bem a história da Lava Jato paulista.

Resume-se à transferência, para São Paulo, do desmembramento de algumas denúncias analisadas pelo STF (Supremo Tribunal Federal), contra réus que não disponham de foro privilegiado. De imediato, ganhou a cara da procuradora Thaméa Danellon, lotada em São Paulo, apresentada como a chefe da Lava Jato paulista.

Pelos primeiros movimentos, Thaméa representa a face mais comprometedora da Lava Jato.

É ativista política, conforme demonstrou participando ativamente das convocações do MBL (Movimento Brasil Livre) a favor do impeachment. Aliás, é sintomático o fato de terem sido abertas representações contra procuradores que participaram de atos contra o impeachment, e nada ter sido feito contra os que participaram ostensivamente dos atos a favor. Mas, enfim, esta é a cara do MPF.

Em São Paulo, Thaméa transformou-se em figura fácil de programas nitidamente partidários.

Em participação recente no Roda Viva, a procuradora expôs todo o Ministério Público, ao receber lições de direito de um jornalista. Sua reação foi ir ao programa da notória Joyce Hasselman, para poder distribuir afirmações taxativas sem risco de ser questionada,  ocasião em que atacou o STF (Supremo Tribunal Federal), apontando-o como risco à Lava Jato.

No programa Pânico, da Jovem Pan, ela se permite criticar o hermetismo dos Ministros do Supremo, ou, como diz o apresentador do programa, “dos veinhos que ficam votando”.

Nesses tempos de Lava Jato, o Ministério Público Federal foi afetado de várias maneiras.

Primeiro, o jogo político, no qual os principais lances eram casados com eventos políticos. Depois, o protagonismo indesculpável de procuradores, se colocando como heróis nacionais e se apropriando (inclusive monetariamente, através de palestras)  dos benefícios de uma investigação que era mérito das prerrogativas constitucionais do MPF. Some-se a atuação política indevida, com pregações em redes sociais, rádios e TVs. Finalmente, o vazamento escandaloso de informações visando conquistar espaço junto aos veículos de comunicação.

Com exceção dos vazamentos – porque, a rigor, não há ainda o que ser vazado – a procuradora Thaméa simboliza todos os vícios desse MPF, o salvacionismo, o ativismo político, a figura fácil em programas de rádio e TV.

É cautelosa apenas nos elogios aos seus chefes presentes e futuros. É significativa a maneira como elogia o chefe que sai, Rodrigo Janot, e, mais ainda, a chefe que entra, Raquel Dodge.

Nos elogios ou nas críticas denota um tipo de personagem público que se pretendia superado depois dos intocáveis de Curitiba, com suas conduções coercitivas espetaculosas, divulgação de conversas íntimas, imposição de humilhações públicas a pessoas e um facciosismo desmoralizante para o MPF. Mais uma vez se verá os episódios canhestros de um MPF a reboque dos MBLs da vida.

 

Média: 4.7 (38 votos)
52 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Clever Mendes de Oliveira
Clever Mendes de Oliveira

Ignoramos como alcançar o que queremos e o que queremos

 

Luis Nassif,

Ontem eu terminei um comentário e o enviei para você junto ao seu post “Nassif: A ignorância econômica da Lava Jato” de segunda-feira, 24/07/2017 às 08:42, aqui no seu blog. Até pensei em o trazer para cá, pois parece-me pertinente, uma vez que este seu post “Nassif: Os problemas de Danellon, a Dallagnol paulista” de domingo, 23/07/2017 às 17:30, como o outro tratam do aspecto do comportamento e do conhecimento fora do campo jurídico um tanto imaturo ou tacanho desses nossos jovens procuradores.

O endereço do post “Nassif: A ignorância econômica da Lava Jato” é:

https://jornalggn.com.br/noticia/nassif-a-ignorancia-economica-da-lava-jato

O que me prendeu mais a atenção tanto neste seu post “Nassif: Os problemas de Danellon, a Dallagnol paulista” como no post “Nassif: A ignorância econômica da Lava Jato” foi a oportunidade de discutir um tema a que eu tenho me dedicado mais ultimamente e que é o desconhecimento ou a ignorância que temos sobre a realidade no campo das ciências humanas.

Desde as manifestações de junho de 2013, eu venho insistindo em destacar quanto da nossa realidade em especial no campo político é desconhecida. Desconhecemos o funcionamento da democracia, desconhecemos o funcionamento do capitalismo, desconhecemos o papel do Estado no sucesso do capitalismo. Enfim, há uma total ignorância sobre quase tudo.

O filósofo Harry G. Frankfurt tem um livrinho cujo título é "Sobre Falar Merda" e que trata de uma situação que até pode não ser de ignorância. Ele faz uma distinção entre o mentiroso que pode até desconhecer a verdade, mas que não vai contra ela e o que fala merda que é aquele que não está nem ai sobre o que ele está falando.

O texto de Harry G. Frankfurt para mim tem um defeito na medida que ele tenta criar uma barreira para o leigo expor a sua opinião. Eu considero que onde a academia não chegou a um conhecimento definitivo, a opinião do leigo não pode ser descartada de antemão.

É a falta do conhecimento definitivo que leva tanto leigo como acadêmicos a se manifestarem de modo a parecer infantil para quem tem mais domínio sobre determinada realidade. E muitas vezes quem tem mais domínio tanto pode ser um leigo como um acadêmico.

É por isso que eu tive certa resistência ao texto de Harry G. Frankfurt, pois não é só entre os leigos que se constatam afirmações destrambelhadas. Na academia sempre houve aqueles professores cuja orientação política ou o comportamento como cidadão era o mais vexatório possível. O post “Juristas denunciam ataques sofridos por editor do Justificando após crítica a evento do MP-RJ” de terça-feira, 25/07/2017 às 09:48, dá uma boa amostra desses posicionamentos ou manifestações que são verdadeiros despautérios quando não expressam pronunciamentos de mais pura barbárie. O endereço do post “Juristas denunciam ataques sofridos por editor do Justificando após crítica a evento do MP-RJ” é:

http://jornalggn.com.br/noticia/juristas-denunciam-ataques-sofridos-por-editor-do-justificando-apos-critica-a-evento-do-mp-rj

Em meu comentário para você lá no post “Nassif: A ignorância econômica da Lava Jato”. eu dei alguns exemplos de posts onde se percebia que o problema da ignorância aflorava. Alguns são os mesmos, mas indico a seguir três posts que servem de exemplos de ignorância manifestada e em cada caso de modo bem distinto seja de modo expresso seja ainda por inferição.

1) Como primeiro exemplo menciono o post “Sala de visitas: Pedaladas, o delito de Dilma Rousseff” de sexta-feira, 21/07/2017 às 06:39, aqui no seu blog em que há um vídeo em que a primeira parte que vai de 1min00seg até 45min40seg consiste de entrevista de João Villaverde sobre as pedaladas fiscais. João Villaverde, era apenas um leigo jornalista, mas se tornou um especialista no assunto, a ponto de lançar o livro “Perigosas Pedaladas” não podendo mais ser considerado um leigo. No entanto, na entrevista, João Villaverde não consegue esclarecer as dúvidas que existiam sobre o problema das pedaladas fiscais: o que são pedaladas, quando elas ocorreram, elas são crimes? Ele equipara destinação de recurso do FGTS para outras finalidades como equivalente a atraso na disponibilização de recurso, não toma a Lei de Responsabilidade Fiscal que não impõe penalidade apenas como uma legislação de transparência como é o modelo de “The Fiscal Responsibility Act 1994” da Nova Zelândia que a nossa Lei copia, nem explora seja sob o aspecto jurídico, seja sob o aspecto de contabilidade pública, seja sob o aspecto de economia financeira as legislações do resto do mundo para saber se juros moratório é tratado de modo equivalente ao financiamento que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede no seu artigo 36 que o ente público tenha com os seus bancos públicos. O endereço do post “Sala de visitas: Pedaladas, o delito de Dilma Rousseff” é:

http://jornalggn.com.br/noticia/sala-de-visitas-pedaladas-o-delito-de-dilma-rousseff

2) Outro post a destacar a questão da ignorância e que eu chamei a atenção em meu comentário para você junto ao post “Nassif: A ignorância econômica da Lava Jato” é o post “Para o "mercado", se PSDB não for o vencedor, eleição de 2018 vira um risco” de segunda-feira, 24/07/2017 às 17:18, aqui no seu blog fazendo menção ao artigo de Angela Bittencourt no jornal Valor Econômico intitulado “Eleições podem impor retrocesso às reformas” e que pode ser visto no seguinte endereço:

https://jornalggn.com.br/noticia/para-o-mercado-se-psdb-nao-for-o-vencedor-eleicao-de-2018-vira-um-risco

Desta feita quem fica em total ignorância somos nós leitores, pois Angela Bittencourt não nos informa quem é o "experiente profissional sempre dedicado ao setor privado e que hoje compõe a diretoria de uma importante gestora de ativos" que ela teria entrevistado para fazer o artigo e que afirmara se o eleito em 2018 não fosse alguém do mercado iria causar um retrocesso. O experiente profissional tanto pode ser um Bernard Madoff brasileiro ou de outra nacionalidade qualquer, como pode ser a nossa cópia ou de novo cópia estrangeira, daqueles gênios que assessoravam o fundo de hedge Long Term Capital Management e que quebrou em 1998.

3) E por fim serve também para mostrar como a ignorância se espraia em todos os poros de uma sociedade o post “A curiosa história de Paulo Rabello de Castro, por Luis Nassif” de segunda-feira, 17/07/2017 às 06:48, publicado aqui no seu blog. No post você chama atenção para entrevista de Paulo Rabello de Castro dada na Jovem Pan a Denise Campos de Toledo e Marco Antonio Villa. O endereço do post “A curiosa história de Paulo Rabello de Castro, por Luis Nassif” é:

http://jornalggn.com.br/noticia/a-curiosa-historia-de-paulo-rabello-de-castro

Em pouco mais de meia hora em razão da verve e boa elocução de Paulo Rabello de Castro a ignorância que habita nas mentes dos nossos comunicadores do dia a dia ficava tão evidenciada que dava até pena. O triste é saber que meia hora depois da entrevista eles provalmente continuarão a afirmar os mesmos dislates que diziam antes.

Então nada nessas manifestações dos nossos procuradores surpreendem. São o senso comum que habita em todos nós e que na falta de uma explicação definitiva nós o emitimos imbuídos de uma certeza que um pouco mais de cautela e capacidade de se autoquestionar já nos teria encaminhado para uma postura mais cética.

Clever Mendes de Oliveira

BH, 26/07/2017

Seu voto: Nenhum

A garota de programa

da Joyce na tv, tambem fraudou o concurso publico ?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Um prostíbulo

A "justiça" no Brasil sempre foi uma merda elitista e protetora da classe rica. Com o "advento" da "procuradora ativista danellon" e do "procurador probo (minha casa, meu foda-se o pobre) dallagnol", ela desceu ao nível dos puteiros de quinta categoria.E o pior é que não passa de um prazer, falso, medíocre e hipócrita (e sem querer acabei de me dar conta que fui injusto com os prostíbulos de quinta categoria!).

Seu voto: Nenhum (2 votos)

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

A melhor, eu vi no FB,

A melhor, eu vi no FB, hoje:

 

" Já estão chamando Moro e Dallagnol de Debi & Lóide." Adorei!

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

"Patria minha... A minha patria é desolação"

"O Ministério Publico tem que se conformar com a leis que estão ai. Tem que se conformar com a Constituição." Frase de Reinaldo Azevedo no ja historico programa do Roda Viva sobre a condenação de Lula. A procuradora Danellon sera tão superficial quanto sua imagem passa a impressão ? Em todo caso, se ela é a cara da Lava Jato SP, explica o porquê do como de estarmos na situação que estamos. O filme Policia Federal: A lei é para todos (e o Aécio e o Serra riem de rolar no chão) deve estrear dia 7 de setembro (ê falta de imaginação) e com isso, também, teremos um termômetro de quanto o fascimo esta em voga em nosso Pais. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

As mariposas

Ficam rondando as lâmpidas

As procuradoras os holofotes.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Caro Nassif, Problemas para

Caro Nassif,

Problemas para quem ?

Só se for para o PT. Pois para os demais, ela pelo visto, é a solução.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

MPF no Panico e Kim no MPF

Putz! E agora deram de frequentar programas de auditório de qualidade duvidosa e dar entrevista para youtubers pseudo jornalista coxinha!

É pule de dez ela ainda comparecer ao Programa do Ratinho e da Mariana Godoy, ao Antagonista, fechando a turnê na Globonews.

Essa geração XYZ despolitizada, fútil e materialista (a maioria e a mais abastada), analfabeta de pai e mãe, ainda causará muitos estragos ao Pais, em todas as esferas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Jose B
Jose B

Os saltimbancos do

Os saltimbancos do antipetismo e comentaristas de portais estão invadindo o judiciário e MP.

Grande nível.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de j.marcelo
j.marcelo

Para o MPF já começou as

Para o MPF já começou as eleições 2018 e imaginem para quem é q vai sobrar? Haa estes moralistas e salvadores da pátria viu!!
Obs:Em meus comentários anteriores citei "moral e ética" e "salvar o Lula e o Brasil" propositalmente,para q todos da direita, seja jornalistas,procuradores e etc...leitores coxinhas em geral,vejam o quanto é ridículo e sem noção este salvacionismo de vcs(MPF, judiciário,políticos e empresários),tenho certeza das críticas quanto a esta escrita minha,mas mostrei q suas críticas a mim,na verdade serve a vcs coxinhas,TOMAAA !!!!

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Notade3x
Notade3x

É evidente que esta força

É evidente que esta força tarefa da lava jato em Sao Paulo é mais um esforço do MP para manipular o jogo politico. Abastecer a midia com vazamentos e processos contra o campo progressista durante as eleicoes do proximo ano. Vira muitas denuncias e escandalos saidas desta forca tarefa durante a campanha e principalmente nas vesperas das eleicoes.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Perderam a vergonha

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de rvizin
rvizin

Não se perde aquilo que nunca se teve.....

Perderam??? Que nada, nunca tiveram vergonha na cara. São uns descarados sem-vergonha. Não se perde aquilo que nunca se teve.....

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Essa esculhambação toda só ocorre por que o PGR, o STF e o CNMP

Essa esculhambação toda só ocorre por que o  PGR, o STF e o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) permitem.

Detalhe: Todos os integrantes do STF e do CNMP, assim como o PGR, são nomeados pelo Presidente da República!

Ou seja, o descaso e a falta de critério dos presidentes Lula e Dilma nas nomeações dos membros do STF do CNMP e do PGR permitiu essa total degeneração dessas instituições.

 

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

"Detalhe: Todos os

"Detalhe: Todos os integrantes do STF e do CNMP, assim como o PGR, são nomeados pelo Presidente da República!

Ou seja, o descaso e a falta de critério dos presidentes Lula e Dilma nas nomeações dos membros do STF do CNMP e do PGR permitiu essa total degeneração dessas instituições."

 

Não se deixe iludir com tão pouco Senhor Wilton. Não é bem esse o problema meu caro Wilton Santos. Considere que, para cada Eugenio Aragão são milhares de Delagnoll, Gilmar Mendes, Sérgio Moro. Até quando tudo parece favorável, vosmecê tropeça numa indicação que tinha tudo pra dar certo e, pqp!...  lá vem uma desgraça como Joaquim Barbosa...Ah!...

Além do mais meu caro, todas estas instituições foram cuidadosamente desenhadas para funcionar sem grandes riscos. Tanto é assim, que em 1964 e, recentemente em 2016. Os senhores da casa grande não tiveram o menor escrúpulo em mandar tudo às favas. E, aplicaram as regras de algibeira golpeando as tais instituições democráticas. Justificativas fajutas é o que abunda, nestas trapaças.

Mas, é assim mesmo Wilton, como diz o povo: não devemos desistir. E, considerando que água mole em pedra dura tanto bate até que fura. Ou, no desespero resolva-se partir pra mão-grande.

Orlando

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de bonobo de oliveira, severino
bonobo de oliveira, severino

Aponte um, então!

Talvez o Wilson conheça algum membro dessa casta que não se enquadre nesse perfil de sabujice, ignorância, fragilidade ética e moral, covardia, deslumbramento com holofotes, complexo de vira-latas e falta de compromisso com o interesse público, que caracteriza a esmagadora maioria de representantes conhecidos e famosos dessa classe. Se conhecer, ele poderia indicar, pelo menos, um nome e, ainda assim, não restaria justificada e nem fundamentada a sua acusação de responsabilidade da autoridade que indicou sobre a péssima qualificação moral do indicado. Mas, ainda assim, para, pelo menos, atenuar o absurdo da sua manifestação, ele teria a obrigação moral de indicar, pelo menos, UM nome. Com a palavra o Wilson. Não vale o Eugênio Aragão porque ele já fez a sua auto-crítica assumindo que fez campanha pela nomeação do duroc Janot que, até agora, parece que conseguiu a proeza de ser pior PGR que seua antecessores. Pode arriscar a Dodge porque a sua qualificação ainda merece de nós o benefício da dúvida. Como mereceram o Fachin, o Barroso, o Lewa, o Tori e todos os outros que se borraram na primeira ameaça das quadrilhas chantagistas da Globo/Mossack-Fonseca.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Sobrou pra mim e vou chutar,é uma coxinha sem recheio!

...

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Comentário.

A Procuradora tomou uma surra do Tio Rei - https://www.youtube.com/watch?v=IOs33BGg3YQ - pois foi genérica e apoia a Lava Jato com base nos seus supostos fins ("acabar com a corrupção"), o que também são genéricos. Ora, ela não poderia deixar de ser genérica! No máximo, uma opinião de botequim. Ao colocar o que é a Lava Jato por meio daquilo que os Procuradores, o MPF e quetais fazem, assim como a construção do processo em si e as sentenças, não restou dúvida sobre a fragilidade da Lava Jato, mas também a penúria mental da Procuradora.

A Lava Jato cada vez mais se parece com encontro de turminha, em que cada um apoia o que o outro faz, fugindo de qualquer dúvida,  de qualquer bom senso, de qualquer senso de realidade, com o agravante daquela muleta psicológica muito preciosa, que é de ter lado mesmo não admitindo. Todo mundo amarrado.

Os elogios da Procuradora fazem parte daquele estratagema da "subserviência malandra". Claro, há alguém acima dela, e os atos dela são olhados e serão julgados por pares que não fazem parte da patota (é um fio da navalha que o Moro conhece muito bem, com todo o corporativismo judiciário; a reforma das sentenças por instâncias superiores ao juiz de Curitiba). Mas esse estratagema tem um curto-circuito, que é a crítica que ela faz ao STF; vai ser difícil a Procuradora não patinar mais adiante.

Até que demorou para chegar alguma coisa em São Paulo. Afinal, empreiteiras que agiram de forma vergonhosa em nível federal possuem negócios e concessões de todos os tipos aquele estado. Difícil não achar tucano. Até o mundo mineral sabe. Então, continua aquela aparente função dupla da Lava Jato, mas, agora, dentro de terreno minado.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Edward Chaddad
Edward Chaddad

Quem a escolheu, a final, tem a mesma opinião que ela.

É importante não discutir apenas a promotora e suas opiniões. É importante saber também e levar ao nosso conhecimento quem a escolheu para chefiar a tal Força Tarefa aqui em São Paulo. Não suporto ver juízes e promotores submeterem-se a entrevistas para televisão, jornais, revistas e colocarem opiniões no facebook. 

A atuação deles deve ser nos autos e não fora deles. Nos autos é que devem explicar suas ações e opinarem, dentro da lei e da jurisprudencia.  Não fora deles. Sempre que o fazem, inadvertidamente praticam funções  políticas, que não são funções deles.

E é importante que todo o Judiciário e o Ministério Público, inclusive a Polícia Federal, entendam que é o povo quem os paga. São servidores e não representam o povo. Devem falar somente nos autos e cumprir mais a lei.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Lavajateiros deviam começar a redigir SUAS próprias delações (!)

Quando a Lei voltar ao Brasil, deveriam ir para a cadeia! Senão por nada mais, pela canhestra ilegalidade da tentativa de grampo - com o FBI! - em Temer em NY. Contra o Direito Internacional, o Direito Brasileiro e contra a soberania nacional!!

Entenda:

Atualizado 21/7: Globo vs. Temer: o exemplo mais ilustrativo da tragédia brasileira

Por Romulus

A Globo nunca ficou do lado perdedor...

Assim, em constatando a derrota final dos Procuradores, não hesitará 2 segundos antes de jogar o PGR Rodrigo Janot e o MPF ao mar...

À Globo, no curto prazo, basta que siga a Lava a Jato de ~Curitiba~...

(que visa exclusivamente a Lula e ao PT!)

É verdade que o “passo maior que as pernas” – a guerra total contra ~toda~ a classe política tocada pela Lava a Jato de ~Brasília~ – animou a Globo (e a Finança) num primeiro momento...

Afinal, a implantação da “Noocracia (escamoteada!)/ “‘Democracia’ à iraniana” no Brasil – seu projeto de longo prazo – estava a apenas um passo...

Mas aí...

Chegou o Ortega y Gasset e estragou a “festa”:

 

"Entre o ser e o crer que já se é...

... vai a distância entre o sublime e o ridículo"

 

- Certo, Globo/ MPF/ Janot??

 

LEIA MAIS »

*

Trecho:

Como compreender matéria do jornal Valor Econômico – de propriedade dos irmãos Marinho! – relatando a tentativa de ação controlada (grampo) – em parceria com o FBI! – para dar um flagrante em Temer na cobertura de Joesley/ JBS em NY senão como o empurrar de Janot para a “prancha” do navio (pirata)?

../../Desktop/walk-the-plank%20prancha%20.png

 (matéria reproduzida na Parte III) Essa iniciativa, por óbvio, é totalmente ILEGAL!

E não só no Brasil!

Temer tem foro no STF, certo?

Perguntas (retóricas!):

- Janot teve autorização para a ação do Tribunal??

- A cooperação com o FBI, para o fim de dar um flagrante em Temer, passou pelo canal que determina a LEI – o Ministério da Justiça??


*

Mas tem mais...

Essa tentativa de flagrante de Temer nos EUA, com parceria do FBI, viola até mesmo o DIREITO INTERNACIONAL!

O costumeiro, mas também o codificado!

O Artigo 31 da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, de 1961, combinado com o Artigo 14 (1) (b) conferem, expressamente, imunidade de jurisdição – e de execução! – ao Chefe de Estado em missão no país que recebe a sua visita!

Simples assim.

Essa história está muito mal contada...

- Algum juiz federal americano determinou que o FBI violasse a Convenção de Viena (!) e desse um flagrante no PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL (!!) em NY??

Duvido muito...

Só posso crer que Janot e suas contrapartes no FBI ficaram afoitos com a possibilidade do flagrante e esperavam, com o tanto de barulho que ele geraria, fazer com que questionamentos de ordem ~legal~ (!) ficassem em segundo plano...

Como no grampo feito no Jaburu/ acordo de delação “generoso” com a JBS, Janot tentou apresentar um fait accompli à sociedade... um “prato feito”.

Infelizmente para Janot, contudo, o grampo de NY não se realizou...

*

Mas...

Ficaram as suas pegadas!

Certo??

*

Se a Lei voltar a valer no Brasil quando Raquel Dodge se tornar a PGR, Janot deve sofrer a punição administrativa MÁXIMA do Conselho Nacional do Ministério Público!

E mais: deve ir para a CADEIA!

*

Inclusive...

Fossem outros tempos...

Sem dúvida seria mandado para Corte MARCIAL!

*

Alô, FFAA!!

LEIA MAIS »

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Egomet Leão
Egomet Leão

"Nesses tempos de Lava-Jato,

"Nesses tempos de Lava-Jato, o Ministério Público Federal foi afetado de várias maneiras"

É a mais pura verdade, Nassif.

E, para consertar isto, a solução está em assumir que um dos maiores culpados por isto foi o próprio Governo do Lula. Foi ele que deu toda essa "independência" e consequente tolerância com o exibicionismo desses servidores públicos, que atingem estes cargos, não por desempenho e mérito, mas - pasme-se! - apenas porque passaram num concurso.

Agora, parece que temos de eleger o Lula de novo, para resolver esse enorme problema (que inclusive gera despesas fabulosas aos cofres públicos, e apenas traz resultados pífios, burros até - como os fabricados fraudulentamente em pseudos "powerpoints").

Foi o Governo do Lula quem reaparelhou o Ministério Público e lhe criou condições de se travestir no que é hoje.  

Temos de eleger Lula novamente, mas não sem antes exigir dele a promessa de que vai corrigir isso tudo logo a seguir da sua posse. A promessa de que ele trabalhará para nos devolver serviços do Ministério Público que valham a pena, com gente realmente capacitada e que tenha chegado até lá mediante histórico de uma carreira que comprove qualificação ao cargo. 

Portanto, há de ser Lula de novo, para destruir de vez com a esculhambação que tomou conta do País.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

"Criei um monstro" (Sepúlveda Pertence)

A independência do MP veio com a Constituição de 1988.

Nada a ver com o Lula, com a Dilma ou qq outro PR, que apenas indica o PGR, com indicação sujeita à aprovação do Senado.

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Cansaço

E eu estou cansado de ajudar a pagar os absurdos salários destes procuradorinhos e procuradorinhas - e que só serve para fazerem este espetáculo de péssimo gosto e baixíssimo nível. Por mim, estariam todos demitidos. Sumariamente.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Henrique Finco

imagem de rl
rl

Exemplo

Anteontem, sexta feira, o Parlamento da Polônia aprovou lei que rebaixa o judiciário para o nível mais baixo do funcionalismo público.  De acordo com informações correntes, os membros da corte suprema serão nomeados - e demitidos - pelo ministro da Justiça. Quando vamos chegar lá?

Seu voto: Nenhum (16 votos)

CUIDADO !

Presidente polonês Duda vetou 2 das 3 leis aprovadas pelo Parlamento do governo Kaczynski, governo ultra conservador de direita. Duda, que também pertence ao partido PIS de Kaczynski justificou seu veto observando que as leis têm que obedecer à Constituição e têm que ser amplamente aceitas oelo povo, o que não foi o caso. Hà semanas o pivo está protestando nas ruas com vekss contra essa reforma do Judiário, que acaba com a divisão dos 3 Pderes. Duda praticou vox populi e durpreendeu seu próprio partido e a oposição que obviamente era contra.
 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Adriano Batista
Adriano Batista

Perigo para lava jato

Só falta dizer que a Constituição é um perigo para a Lava-jato.

Seu voto: Nenhum (14 votos)

Não... a safra de

Não... a safra de nazi-fascistóides parece não ter fim. Loucura!

 

Seu voto: Nenhum (13 votos)

cara, muito bem colocado, loucura mesmo...

o ponto fraco de todos surge justamente no momento da divisão de forças..............................

dividem-se para se afastar do autojulgamento no ponto de origem

Seu voto: Nenhum (6 votos)

preocupante...

com mais duas ou três ações desses novos integrantes políticos o MPF deixará de ser fundamental

Seu voto: Nenhum (4 votos)

quantos ao todo, 10?

10 que não auxiliarão em nada os mais de mil  em processo de lamentação,

mas não pelos erros, pelo fracasso na melhor oportunidade de se acabar de vez com a corrupção

Seu voto: Nenhum (3 votos)

lembram os namorados dos anos 70...

só que trocando chicletes mastigados e já sem sabor

a tal da sentença histórica passando de boca em boca

Seu voto: Nenhum (2 votos)

ainda fazem isso hoje, os namorados...

trocam chicletes diretamente na boca? delícia

falar nisso, eis que entra um sacana no bamheiro da casa de praia e vê três copos com dentaduras dentro, quase que numeradas ou muito bem identificadas pelas cores dos copos

ao notar que um dos copos era bem maior, pega as dentaduras dos outros copos e coloca nele

ó céus! que dúvida cruel! testar uma por uma?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

sacou?

o melhor dos erros passados, quando reconhecidos, é que fica mais fácil "repará-los" no futuro

aprender é isso, ponto, o resto é politicagem barata

Seu voto: Nenhum (1 voto)

danellon - perfume francês

"...a procuradora Thameia simboliza todos os vícios desse MPF, o salvacionismo, o ativismo político, a figura fácil em programas de rádio e TV."

Não, não e não. Thameia encarna (não apenas simboliza) o vazio total. 

E um oxímoro, 'vazio total'. Mas é isso. Reinaldo surgiu, quando contestando a procuradora, como um humanista, um lógico, um dialético, arrasando a acusação contra Lula.....e a procuradora, ridícula, balbuciando nada.

Themeia representa o problema de uma instituição que não consegue escapar da burrice cósmica, da regressão ao infinito. Nem mesmo seu visual, com nariz ajeitado, feminino, ajuda, pois sua estupidez estonteia.

O Ministério Público Federal atingiu seu clímax inferior, seu anti-clímax. Para minha infelicidade, afirmo que pertenci ao MPF por uns 16 anos.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Fabian Bosch

imagem de Mauro Silva 2
Mauro Silva 2

Expurgo

Há anos o judiciário como um todo, incluindo todas promotorias, faz jus a um expurgo total em seus quadros.
Esse tipo de gente não se tornou apenas dispensável: tornaram-se nocivos ao país.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Sim

Concordo plenamente. O remédio seria demissão sumária para estes procuradorinhos e procuradorinhas....

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Henrique Finco

imagem de Álvaro Noites
Álvaro Noites

No Dudiciário como um todo

No Dudiciário como um todo deveriam haver expurgos também.

Do contrário, o Brasil não evolui, eles estão encalacrados lá para manter o país do mesmo jeito que é a mais de 500 anos.

Seu voto: Nenhum
imagem de WG
WG

A procuradora, tal como moro,

A procuradora, tal como moro, é mais um pé de cabra das oligarquias para ferrar Lula e o PT.  Essas figuras do MP são os jagunços da plutocracia. 

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de jossimar
jossimar

Se dependesse de mim teríamos

Se dependesse de mim teríamos mais 1200 desempregados neste país.

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Nadraas
Nadraas

O tempo do dialogo

O tempo do dialogo passou.

Isso não quer dizer que a farsa (dialogo) não aconteça (novamente)  para tudo se repetir na proxima decada. O lado positivo é que livra os hipócritas de problemas de consciência e seus egos e superegos continuam tendo orgasmos multiplos com sua sabedoria e viés civilizatório.. Esse prazer é muito mais satisfatório do que ver o resultado de dezenas de milhares de brasileiros atirados no esgoto a céu aberto, afinal os culpados serão sempre os outros.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Rei
Rei

Lava-Jato ainda vai passar recibo de inocência para o PSDB!!!

Chega de alimentar esperanças nessa porcaria de operação!!!

AINDA SEREMOS OBRIGADOS A OUVIR NO FUTURO DE AÉCIO, SERRA E ALCKMIN, QUE ELES FORAM INVESTIGADOS E A LAVA-JATO NÃO ACHOU NADA PARA ACUSA-LOS... JÁ O PT FOI DESTRUÍDO PELAS INVESTIGAÇÕES!

NÃO É SÓ PRENDER LULA... FAZ PARTE DO GOLPE PASSAR O RECIBO DE INOCÊNCIA PARA A ALTA CÚPULA DO GOLPE!!!

A Lava-Jato é, sempre foi e sempre será uma operação 100% político-partidária... deve ser terminada imediatamente!!! Que outra operação tome seu lugar, essa aí deve ser encerrada para não causar mais prejuízos ao país!!!

1-O juiz é o mais partidário possível!!! Não consigo mais ler textos apontando os mil partidarismo de Moro... ele nem finge mais! Não adianta argumentar com ele... é um fanático!

2-O Ministério Público é uma piada pronta! Esse Dallagnol fervoroso religioso citando a si mesmo em acusações e falando que o PSDB é inocente pois não fazia parte do governo... game over! Pode reiniciar o jogo... esse aí já é caso perdido!

3-Polícia Federal passando imagem de Lula sendo preso para filme da Globo... tem coisa pior??? Chega... essa Polícia não presta para nada!

4-A imprensa mais canalha da história brasileira... sem limites... Veja, Globo, Jovem Pan, FSP, Estadão... se superando em mediocridade a cada dia... é o fim!!!

O Brasil não sabe combater a corrupção... a tentativa saiu mais cara que a própria corrupção!

Tem que encerrar essa merda!!! 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Entendi o que quis dizer, mas

acho que é mais produtivo, mesmo se doi a alma, dizer: "os ministérios públicos de todo o brasil são tragédias"

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Rei
Rei

Corrupseption: O combate à corrupção usado em prol da corrupção

O Brasil criou uma nova camada de corrupção... a corrupção do combate à corrupção... a Matrix dentro da Matrix... o sonho dentro do sonho do filme Inseption... aqui é o pesadelo dentro de outro pesadelo.

Daqui a pouco vai ter gente pagando propina para virar celebridade do combate à corrupção e dar palestra... aparecer na Veja...

As instituições brasileiras estão longes de ter o mínimo preparo para fazer uma operação como a Lava-Jato. Não existe competência, inteligência, postura, capacidade, segurança, imparcialidade... NADA!!!

O que se vê é uma falência múltiplas dos órgaos... um fracasso coletivo de todas as instituições: dos Policiais Federais na linha de frente até o alto escalão do STF, passando pela imprensa e pela opinião pública. Fracasso total!

Todos erraram e fracassaram ao tentar fazer justiça... todos seguiram as convicções... é uma sequência de erros inacreditável! E não acaba nunca... cada dia surge um novo desdobramento... uma nova delação... uma nova gravação... um novo delator... um novo procurador...

O perigo maior para a quadrilha de Temer e Aécio já passou... aos poucos eles vão domando a situação e transformando essa operação em perseguição declarada aos rivais e ainda vão receber em papel timbrado da Polícia Federal um atestado de inocência para ser esfregado na cara da população durante as eleições.

Chega desse show!

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Arrazante!

Ressaltando:

"O Brasil criou uma nova camada de corrupção... a corrupção do combate à corrupção..."

UAU!

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Olha a surra

Seu voto: Nenhum (18 votos)
imagem de Victor Suarez
Victor Suarez

A garota vai aprender, assim

A garota vai aprender, assim como Moro e Dallagnol, que para fazer política eles teriam de pedir demissão dos seus cargos, se filiar a um partido político e aí sim, usar redes sociais para opinar, pintar e bordar.

A menina é fraca como Dallagnol e Moro, e só estão na mídia porque estão a serviço dela.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Deslumbrada

Essa procuradora é só mais uma dondoca (notaram os penduricalhos, a pulseira de pérolas, o relojão dourado?) deslumbrada, ideóloga e partidária de direita, e bajuladora de quem possa promover a sua imagem/posição, como bem anotado pelo Nassif ao mencionar o cuidado que ela teve de elogiar o PGR que sai, mas sem se descuidar de elogiar quem entra.

Mas tecer elogios sem qualquer reserva, elogios rasgados e adjetivados ao juiz Moro, e chamar de "irretocável" a sentença do triplex sem apontar uma única prova concreta razoável que legitime a sentença condenatória, foi o fim da picada.

O comentário do jornalista inominável foi direto: Como é possível condenar alguém (por lavagem e corrupção) baseado apenas em alegados indícios circunstanciais, quando esses mesmos indícios, ao serem confrontados com provas robustas e acachapantes em sentido contrário e que foram apresentadas pela defesa, são, no mínimo, neutralizados? (Ressalto que Moro reservou apenas cinco parágrafos para a tese da defesa na sentença de trezentas laudas).

Ou seja, provas de que o triplex nunca pertenceu ao Lula ou de que o mesmo nunca foi o seu proprietário oculto, além de não ter sido produzida uma única prova de que Lula foi beneficiado por contratos da Petrobras apontados na denúncia, (fato este admitido por Moro em resposta aos embargos declaratórios) foram simplesmente IGNORADAS. Em suma, não têm como esses supostos indícios subsistirem ou prevalecerem para sustentar decreto condenatório diante dessas provas abundantes e cabais em sentido contrário!

E nem se diga que cabe ao MPF acusar somente, pois segundo a lei, o mesmo deve funcionar como custos legis, (fiscal da lei) devendo de ofício, por força de lei, pleitear a absolvição quando nos autos, após a instrução, verificar não haver provas suficientes para a condenação, ou restar provada, como no caso em tela, a inexistencia do fato ou não haver prova da existência do fato (art. 386, I e II do CPP).

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"Viver significa lutar."

Sêneca

imagem de naldo
naldo

Primeiro, péssima escolha,

Primeiro, péssima escolha, deveria zelar pela justa medida da justiça,

já que o procurador não precisa ser isento, mais um flanco dessa operação que ninguém aguenta, que servirá de palanque para alguns e desancar adversarios para outros; muito estranho ver esse jornalista defendendo o Lula, bizarro, como dizem os fãs do super-homem, estamos vivendo no "mundo invertido".....

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Surra mesmo!

Eu vi, tomei um susto enorme!  Pra comeco de conversa, eu nao imaginava que depois de Dalagnol, um OUTRO procurador brasileiro conseguisse o triumfo de soar mais burro que ele, segundo porque eu nao conheco o rosto do jornalista e achei dificil acreditar que era "ele" mesmo!

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Júnior 5 Estrelas
Júnior 5 Estrelas

E ai Di Union,essa Barbie

E ai Di Union,essa Barbie oxigenada merece um beijo na bunda,segundo procedimentos Trumpnianos,ou voce a entregaria a sanha imposta pela quadrilha comandada por Don Altobello?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.