Revista GGN

Assine

Temer dá indícios de que irá ignorar lista tríplice na sucessão de Janot

Interlocutor do Planalto afirma que governo está à procura de perfil distinto do atual PRG e pede sugestões de nomes fora da ANPR

José Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN - O presidente Temer deve romper com uma tradição iniciada no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de escolher o mais votado entre os representantes do Ministério Público Federal para ocupar a cadeira de Procurador-Geral da República. O modelo de eleição foi criado pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) que monta uma lista com os três nomes mais votados pelos mais de 1.200 membros do MPF encaminhada ao presidente da República para escolher o novo chefe da entidade que, além do MPF, abriga o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Militar e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Pela Constituição, o presidente da República não é obrigado a escolher como procurador-geral um dos nomes aprovados na listra tríplice do ANPR. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, não seguiu a convenção dos mais votados pelo associação.

Leia também: GGN entrevista os candidatos à PGR: Ela Wiecko

Os indícios de que Temer seguirá o mesmo caminho foram levantados pelo Estadão, primeiro pela tensão entre o Planalto e o MPF, após o atual mandatário da PRG, Rodrigo Janot, tomar a frente de investigações contra o peemedebista, segundo porque o novo Ministro da Justiça, Torquato Jardim, fez declarações recentes sugerindo que outras associações ligadas ao Ministério Público da União (MPU) apresentem nomes para o cargo, além da ANPR. Ainda, segundo o Estadão, um interlocutor do presidente Temer teria dito que o Palácio do Planalto está à procura de um perfil distinto de Janot, considerado hoje como o principal inimigo do governo.

 
 
 
 
BRASÍLIA - O presidente Michel Temer vai analisar outras opções, além da lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), para a escolha do sucessor de Rodrigo Janot no comando da Procuradoria-Geral da República. Caso isso aconteça, o presidente vai romper com uma tradição (ele não é obrigado pela lei a aceitar a indicação da associação) de indicar o nome mais votado pelos procuradores entre três apresentados pela entidade.
 
A disputa pela cadeira de procurador-geral ganhou atenção especial desde que Ministério Público Federal e Palácio do Planalto entraram em rota de colisão. O novo chefe do MPF assumirá em setembro, quando vence o mandato de Janot.
 
Temer é alvo de inquérito criminal no Supremo Tribunal Federal (STF) aberto com base na delação premiadas dos acionistas e executivos do grupo J&F – holding que inclui a JBS. O presidente, investigado pelos crimes de corrupção passiva, obstrução de Justiça e participação em organização criminosa, poderá ser denunciado nos próximos dias pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
 
Caso seja acusado formalmente, o Supremo precisará obter uma autorização da Câmara dos Deputados para abrir ou recusar uma ação penal.
 
Oito subprocuradores se inscreveram para concorrer na eleição interna organizada pela ANPR. Todos defendem a continuidade das investigações da Operação Lava Jato. A votação que definirá a lista tríplice da categoria será no fim deste mês.
 
Histórico. Constitucionalmente, o presidente da República não precisa escolher o procurador-geral entre os nomes aprovados pela ANPR. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não seguiu a lista votada pela associação, em 2001, quando a iniciativa foi inaugurada pela instituição.
 
Na avaliação do Palácio do Planalto, segundo afirmou um interlocutor do presidente, o novo procurador-geral da República deve ter um perfil distinto de Janot, considerado hoje o inimigo número 1 do governo.
 
Declarações recentes do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, deixaram a associação dos procuradores federais em alerta. O ministro sugeriu que outras associações ligadas ao Ministério Público da União (MPU), além da ANPR, apresentem nomes para o cargo.
 
A fala foi vista como um indicativo de que o Planalto pode quebrar a tradição iniciada no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de escolher o mais votado entre os representantes do Ministério Público Federal. O procurador-geral da República é chefe, ao mesmo tempo, do Ministério Público da União – que abriga, além do MPF, o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Militar e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.
 
“Deve o Brasil se perguntar se a alguém interessa, e a quem interessaria, enfraquecer o Ministério Público Federal neste momento da vida nacional. Acreditamos, firmemente, que não é esta a intenção das entidades do Ministério Público da União, mas mesmo as nossas coirmãs chamamos a refletir se não estão sendo usadas como peças de um jogo que visa a prejudicar, enfraquecer e retirar a liderança efetiva e independente do Ministério Público Federal”, afirmou, por meio de nota, o presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti.
 
Candidatos. Dentre os oito candidatos a chefiar a Procuradoria-Geral da República que se inscreveram na eleição da associação, metade é considerada de oposição a Janot – Carlos Frederico Santos, Raquel Dodge, Eitel Santiago e Sandra Cureau. Concorrem também Nicolao Dino, aliado do atual procurador-geral, e candidatos que apresentam críticas moderadas à atual gestão: Mario Bonsaglia, Ela Wiecko e Franklin Rodrigues da Costa. Neste mês, mais de 1.200 membros do Ministério Publico Federal votarão em três dos oito concorrentes.
 
Média: 2.3 (3 votos)
22 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Duke
Duke

Escolher um procurador da

Escolher um procurador da lista tríplex?

Seu voto: Nenhum

A única coisa boa que Temer fará ?

Com certeza este é um dos poucos motivos de ainda não terem deposto Temer. Só ele teria a obstinação suficiente para dar um fim nesta lista tríplice que tanto mal fez ao país.

Políticos, empresários, todos esperam ansiosamente pelo dia em que o novo PGR será nomeado. Se for alguém anti lista tríplice, o país terá crescimento econômico assegurado, caso contrário, continuarão evitando de investir aqui, onde empresários são presos sem provas, e negocios bilhonários são arruinados por causa de " indícios ".

E principalmente, milhões de empregos são destruidos em nome do " combate à currupsaum ". A cruzada contra a " currupsaum " virou uma cruzada fanática e sem limites, onde tudo era permitido.

Pelo menos alguma coisa de bom pelo país então fará o " nosso "  tão odiado presidente.

Será que era tão difícil, Lula ou dilma terem feito isto, e enterrado a tal lista tríplice logo que viram que não estava dando certo ? Precisou vir um homem sem honra como Temer para fazê-lo ?

Talvez deponham Temer após ele nomear o PGR. Antes disto, eu duvido.

Meus votos para que nenhum presidente tenha no futuro nenhuma " recaída republicanista " e que não dê autonomia a instituição nenhuma que não seja regulada por voto popular.

 

Seu voto: Nenhum

Ze Guimarães

O  crime organizado que tomou

O  crime organizado que tomou de assalto o poder já tem em mãos o TSE, Congresso Nacional, TCU, PF, STF(só falta tirar enquadrar o Fachin), de forma que mais mais um menos um não faz diferença não, que volte os velhos tempos do engavetador geral e PF na coleira que, é claro, devidamente enquadrados, não terão mais condições de usar seus poderes instituicionais para dar golpes de Estado pelo menos enquanto os golpistas estiverem no poder.  O MPF usou mal a autonomia que lhe foi dada pelo campo progressista, que arque com as consequencias de seu ato insano.  Que voltem para a escola e aprendam o sobre a importancia da defesa do interesse nacional, se bem que aprenderam, mas no que diz respeito a defesa do interessa nacional dos EUA, foram lá aprender, o Moro foi, o Dallagnol foi, o Janot foi prá lá entregar a Petrobrás ao mesmo tempo em que o Brasil, se depender da tal cooptação sic cooperação internacional, não conseguirá nem mesmo que os EUA puna o piloto americano que derubou o avião no espaço aéreo brasileiro matando quase 200 pessoas. Era uma vez um pais republicano, agora se vê que o pais estava bem aquém da visão de Lula, que pôs em pratica uma forma de autonomia das Instituições adequada a pequenos paises escandinavos, mas não a um pais continente como o nosso

Seu voto: Nenhum

 

...spin

 

 

Vai nomear quem ele quiser. E

Vai nomear quem ele quiser.

E o discurso já está prontinho: chega de sindicalismo e de PT, PT, PT.

Mais uma vez: é pra isso que serve bode expiatório; para aliviar e justificar qualquer coisa.

Seu voto: Nenhum

PJ não VOTA!

O Jornalismo acabou e a eleição não tem fim!

imagem de JoaoMineirim
JoaoMineirim

O MPF quer ser um novo poder

O MPF quer ser um novo poder político independente e sem responsabilidades. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Tide
Tide

ENGAVETADOR GERAL DA REPÚBLICA

Dentre os candidatos e dentro da lista tríplice, o Temer irá escolher o melhor ENGAVETADOR GERAL DA REPÚBLICA.

Seu voto: Nenhum

legitima regra idiota!

se a responsabilidade é do presidente, ele escolhe quem quiser, sem nenhum cabresto. não deviam ter aceito isso, mas quiseram se mostrar republicanos. deram poder as forças antirepublicanas

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Esse documento em que a perícia da PF constatou ter sido feita uma rasura, o senhor sabe quem o rasurou?

A vida é curta demais para se beber cerveja barata!!

A folha é contra a corrupção no pt, no psdb não!!!

 Frede69

Sem memória.

A principio em nome da contenção de gastos, os salários ficarão congelados.

Haverá a desvalorização das carreiras de procuradores por motivos fúteis.

Trocas serão a tônica para desarticular a categoria.

Em 10 anos os salários voltarão ao patamar da época do FHC!

Estão duvidando disto?

A miséria já está voltando para o resto do Brasil...

O Brasil sem fome ficará no passado!

Lixões, favelas retomadas por criminosos é sinal de quê?

Que a corrupção foi vencida?

Faltou muito de conhecimento da história do brasil e vivência ao MP!

É duro de acreditar...

Mas, vocês caíram nessa...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

Faz muito bem pq os pares só

Faz muito bem pq os pares só indicam picaretas. A melhor maneira de indicar um pgr, minimamente, decente, é excluir, de cara, o indicado pelos parceiros.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Comentário.

Como aconteceu no TSE, a intenção é não colocar alguém pra ferrar o próprio Temer.

Engraçado, ainda não li a palavra "aparelhamento" a respeito destes acontecimentos.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

PT

PT naif...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Véio Zuza
Véio Zuza

Se fizer isso,

Se fizer isso, independentemente do nome a ser indicado, estará prestando um SERVIÇO ao país -  aos seus sucessores, sejam eles quem forem... Só se espera que o novo Presidente, a ser eleito em 2018, seja ele quem for, não tenha uma "recaída"...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de ml
ml

 Quaisquer atitudes de Temer

 Quaisquer atitudes de Temer a respeito do MP são mal intencionadas e, em última instância, ilegítimas. Não é menos verdade, no entanto, que é necessário reformular totalmente o MP. Ao longo do tempo, ficou claro que o MP foi mal concebido sob o prisma da divisão dos poderes e de um estado democrático.

O ápice desse “monstro”, para usar a expressão do Sepúlveda Pertence, foi a sua importante participação na derrubada do governo eleito, ou seja, na violação da soberania da vontade popular. Não obstante, essa reforma só pode ser feita legitimamente quando o estado de direito for restaurado.

Lista tríplices indicativas não se justificam, a meu ver, para o MP e outros órgãos com poder de estado cujos membros não são eleitos. Na verdade, a reformulação do MP deverá ser parte constituinte, imprescindível, da instauração de um verdadeiro estado democrático.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Rei
Rei

O PT foi republicano na prática e levou fama de puta pela mídia.

A imprensa conseguiu transforma o "republicanismo pamonha" do PT em "bolivarianismo" graças a atuação constante e massacrante de comentaristas mnipuladores como Reinaldo de Azevedo.

Apesar de ter seguido sempre essas indicações técnicas, a percepção que a sociedade teve é de que o PT indicava os membros do judiciário de maneira política ou ideológica.

Não faltam corrente de watsapp falando que o PT escolheu a maioria do STF... e o PT nunca respondeu a essas críticas de maneira clara e objetva... agora é tarde para reclamar.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Só inocentes caem no conto da

Só inocentes caem no conto da lista tríplice. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Rui Ribeiro
Rui Ribeiro

Lula tratou democraticamente uma instituição anti-democrática

Lula e Dilma trataram democraticamente uma instituição anti-democrática. Esses Procuradores são bandidos fura-tetos salarial da constituição. Não merecem o respeito da população trabalhadora, pois trabalham para proteger aqueles que exploram e oprimem os trabalhadores.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Rei
Rei

Republicanismo Lula/Dilma virou "aparelhamento" na mídia

O republicanismo de Lula e Dilma nesse caso foram completamente distorcidos pela imprensa brasileira que noticiou que o PT estava aparelhando as instituições... e a população engoliu tudo.

O PT não desmentiu nem combateu a imprensa... agora o resultado é esse... 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Darcy Sales
Darcy Sales

Pisaram tanto em Lula como em

Pisaram tanto em Lula como em Dilma, tripudiaram sobre o PT.

Criaram mil argumentos e power points cretinos.

Cuspiram no prato que os alimentou.

Os perseguidos - Lula, Dilma e o PT - nunca tentaram interferir nos seus trabalhos e prerrogativas.

Agora espernear é o que sobrou para fazer.

Por mim, mandei fazer a pipoca e já me acomodei na poltrona. 

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Por mim, MPF,poderia fechar

Por mim, MPF,poderia fechar as portas ou ser sustentado pelas empresas de comunicação. Custa muito caro e não serve pra nada.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de ze sergio
ze sergio

temer....

Continuaremos  a nos iludir? Temer está pavimentando o caminho da volta do Tucanato. Interferir e ignorar outros Poderes da República e do Estado já é praticado em SP há décadas. Como chegamos ao Engavetador Geral da República em anos FHC? Que República?! Que Democracia?! Que Alternância de Poder?! Que Separação entre Poderes. Isto é para as viúvas do período  do Regime Militar, que agora se escondem. MP fazendo o papel de advogado do governo e depois recebendo cargo público em Secretárias ou Ministérios. Será que esquecemos dos governos tucanos no Planalto e no Bandeirantes? Juntamente com isto o retorno das Privatarias e Terceirizações. Morte nas plataformas da Petrobrás, esta semana. Alguma coincidência com a Petrobrás gerida pelo genro de FHC. Será que somos tão idiotas? Acabamos de morder o rabo. Inciaremos interminavelmente outro período de "cachorro atrás do rabo?"

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de ricardoaraxa
ricardoaraxa

Pois é né,e a retribuição que

Pois é né,e a retribuição que eles dão ao Lula é ficar lhe perseguindo.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de IA2
IA2

Temer esta certo em escolher

Temer esta certo em escolher um procurador alinhado com os objetivos do governdo dele. Errado estavam Dilma, a Anta e o Lula que escolheram procuradores ideologicamente contrários ao projeto político de seus governos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de ze sergio
ze sergio

IA2

Não fale tamanha besteira. Reflita. Se existe algo de grandioso nos governos Lula e Dilma, foi a possibilidade da liberdade e transparência entre Poderes. O que apressou nossa chegada à liberdade e enfrentar aberrações que não são de Governo mas de Estado. Aqueles que não fizerem da mesma forma apenas protelarão a tragédia. Finalmente, despidos de qualquer inocência e ilusão, enfrentaremos nossa realidade. O Brasil a partir de agora será o que projetarmos e

 

 

 

construirmos dele.  

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.