Bolsa fecha para o feriado em queda de 1,20%; dólar cai 1,02%

Incertezas com impacto do coronavírus sobre as economias levaram investidores a realizar lucros; cotação da moeda norte-americana chega a R$ 5,09

Jornal GGN – A bolsa de valores fechou em queda após três pregões de alta, por conta do ambiente volátil nos mercados e realização de lucros diante de um feriado prolongado.

O Ibovespa (índice da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo) fechou o dia em queda de 1,20%, aos 77.681 pontos e com um volume negociado de R$ 25,251 bilhões.

Os investidores continuam esperançosos sobre uma possível estabilização no ritmo de contágio do novo coronavírus.

Entretanto, as incertezas existentes quanto ao efeito da pandemia sobre as economias atenuaram a euforia vista no começo da semana, o que levou os agentes a embolsarem parte dos lucros obtidos nos últimos dias.

No câmbio, a cotação do dólar comercial fechou em queda de 1,02%, sendo negociada a R$ 5,0886 na compra e R$ 5,0906 na venda.

O mercado cambial continuou a repercutir a divulgação da ata do Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, que mostrou detalhes sobre o plano de resgate econômico estruturado em tempo recorde no mês passado, conforme a pandemia se disseminava pelo país. Dentre outras decisões, o Fed cortou as taxas de juros para zero, ampliou o acesso a dólares por bancos centrais estrangeiros e retomou a compra de ativos.

No Brasil, o Banco Central realizou leilão de swap cambial tradicional pelo segundo dia consecutivo, com oferta líquida de até 10 mil contratos distribuídos entre 01/06/2020 e 04/01/2021.

 

(com Reuters)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A Economia Solidária como eixo da reconstrução nacional, por Renato Dagnino

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome