“Um mundo em desordem”, criticam OMS e Banco Mundial sobre pandemia da Covid-19

Relatório aponta que o mundo não se preparou e nem estará preparado em uma próxima epidemia global. Estima que os erros de hoje gerarão uma perda de 10 bilhões de dólares para as gerações mais jovens pelas defasagens educativas

Jornal GGN – Um novo relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Banco Mundial aponta que o mundo não estava preparado para a Covid-19 e nem estará em uma próxima epidemia global. O documento ainda estima que os erros de hoje gerarão uma perda de 10 bilhões de dólares para as gerações mais jovens pelas defasagens educativas deixadas pelo coronavírus.

O estudo consta no relatório “Um Mundo em Desordem”, preparado pela Comissão de Avaliação de Preparação Global da OMS e do BM, e destaca, logo no começo, que “a pandemia de Covid-19 está sendo um teste duro sobre a preparação do mundo”.

O grupo também afirma que desde que o primeiro relatório foi divulgado, houve “pouco progresso” e que “essa falta de liderança está agravando a pandemia”. Sem mencionar nenhum país especificamente, o relatório mostra que o enorme impacto financeiro e humano da Covid-19, com bilhões de dólares investidos e quase um milhão de mortos, somente revela que o mundo não estava preparado e não estará em uma eventual futura pandemia.

Em duras críticas, afirma que houve “um fracasso coletivo ao não se terem adotadas a prevenção, a preparação e a resposta ante uma pandemia e ao não ter dado a prioridade devida”.

O documento também destaca que os líderes que tomaram medidas a tempo, com base na ciência, nas pesquisas e boas práticas, não renderam contas, o que gerou um “profundo déficit de confiança” que obstaculizou os esforços de respostas.

Apontam, também, que se está subestimando e ignorando “as devastadoras repercussões sociais e econômicas das pandemia, principalmente sobre os mais vulneráveis”. Como resultado, “as consequências socieconômicas a longo prazo da Covid-19 durarão décadas, e no cenário mais conservador do Banco Mundial estimam-se perdas de ingressos de US$ 10 bilhões para as gerações mais jovens, como resultado dos déficits educativos relacionados à pandemia”.

Para se chegar a esse cenário, o grupo avaliou que houveram falhas na cooperação internacional multilateral, com tensões geopolíticas prejudicando atuações do G7, G20 e outros blocos.

Leia também:  Brasil supera em mortes por Covid-19 a "segunda onda" na Europa

O documento propõe soluções, a futuro, evitando que novas potenciais epidemias resultem nos mesmos desastres que a Covid-19. Calcula que seria preciso US$ 5 por pessoa para os países estarem preparados para um próxima pandemia. E convoca a uma liderança responsável, com sistemas sólidos é ágeis que garantam a segurança sanitária.

 

Leia o documento:

GPMB-AWID-ES-2020-ES

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Cadê meu comentário criticando q o ggn sumiu e censurou o único like q tinha?Agora me aparece três likes,falsificam a realidade,pq reclamei vcs de birrinha me deram três likes q sei q não vale,coisa de mulher antiprofissional !!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome