Lula, Ciro & Marta, por Patrícia Valim

Qualquer que seja o movimento político de Marta daqui pra frente e assim por diante, sua candidatura à prefeitura de SP ainda é uma virtualidade.

Foto Estadão

Lula, Ciro & Marta

por Patrícia Valim

Marta Suplicy é uma das mais bem cotadas para a prefeitura de SP nas eleições de 2020. Em qualquer cenário, Marta sai com pelo menos 10% das intenções de voto nas pesquisas, sobretudo nas periferias e regiões mais pobres de SP em razão dos CÉUs.

Ciro Gomes – que é malcriado, mas não é besta -, teve um pouco mais de 1 milhão de votos na cidade de São Paulo. O reduto político de sua família, Ceará, obteve os maiores índices educacionais. Liguem os pontos. Não à toa, Ciro Gomes está tentando levar Marta para o PDT.

No entanto, a governança de Marta Suplicy em SP foi petista. Lula e o DN sabem disso. Sabem também que o que está em disputa é a sobrevida do PT paulista, a disputa pela oposição ao dorismo e a construção da oposição ao bolsonarismo nacionalmente. Ganhar a prefeitura de SP é central para o PT.

O convite para Marta Suplicy voltar ao PT obriga Ciro Gomes a se mexer mais rápido e mais explicitamente, e coloca Marta Suplicy na lona: como foi descartada pela direita depois de cumprir o papel de bate pau, ou ela irá se aliar ao PDT e a alguém que irá trucidá-la politicamente em SP, ou ela garantirá alguma sobrevida na política, no PT. Além de obrigá-la a rever publicamente suas posições durante o Golpe de 2016.

Qualquer que seja o movimento político de Marta daqui pra frente e assim por diante, sua candidatura à prefeitura de SP ainda é uma virtualidade. Vamos usar a energia para derrotar o bolsonarismo. A política não é fígado. Muito menos marido traído.
#AbaixooRegime
#LulaLivre

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  As duas prisões de Lula, por Marcio Sotelo Felippe

6 comentários

  1. Marta é passado, escolheu o caminho dela pela direita mais raivosa, não é problema do PT, Lula erra feio com essa mania de concertação……

    Em um momento em que se reclama por renovação se voltar para essa personagem, com histórico ruim de traição não é uma aposta inteligente…..

    Por meu lado, não aceito nem o profexô que dá aulas no instituto que abona todas as patifarias contra os trabalhadores e aposentados…….o povo sempre toma na toba, e quando a situação fica preta é ele quem deve perdoar, ou abrir mão de seu presente, esperar o bolo crescer???

    10
    1
  2. Ao ver Lula convidar Marta pra retornar ao PT, fiquei sem entender. Explico:
    Quando Marta participou do encontro na PUC/SP pra formação de uma frente ampla, ela foi esculhambada pelos sites que amplificam as posições da direção do PT. O “crime” político de Marta era apresentado como imperdoável e ela deveria cumprir uma dolorosa pena pelo resto da eternidade. Não era dado sequer a possibilidade dela fazer uma autocrítica. “Que arda no fogo do inferno” bradaram os imaculados.
    Esse artigo da Patrícia esclareceu o que ocorre nos bastidores. E mais uma vez constatamos que Ciro continua sendo o alvo preferido do PT. Por que será ?

    2
    2
  3. Seguindo a lógica apontada pela autora deste post,os tucanos devríam ter sido vitoriosos ao longo desta últimas 3 décadas na disputa da Presidência.Não existe dúvida que ter a maior quantidade de capitais tocando a sua música é uma vantagem,mas,isso não faz nenhuma das grandes capitais definidora de coisa alguma.
    Entrega a Marta pro Ciro eles se merecem.Ciro é um morto político,nunca passou de um vulgar concorrente a Presidência ,muito barulho e pouca vergonha.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome