Início Análise

Análise

Concentração da Riqueza Financeira desde o Golpe, por Fernando Nogueira da Costa

O problema não é carência de autonomia financeira, mas sim de autonomia tecnológica, devido ao baixo investimento em Educação de qualidade, Ciência e Tecnologia.

‘Revelação’ de Bonner é o tautismo da Globo marchando para o fim, por Wilson...

Em crise financeira e vivendo do rentismo, a Globo tenta salvar a imagem do seu jornalismo no mercado de notícias, fazendo um controle de danos das suas intervenções políticas, para manter a sua marca valorizada à espera de um comprador.

Planejamento Estatal e Mercado, por Fernando Nogueira da Costa

Planejamento Estatal e Mercado têm sido vistos como opostos incompatíveis, tanto por socialistas sectários quanto por anticomunistas dogmáticos. No entanto, uma mistura dos dois é essencial em qualquer sociedade moderna.

Austeridade contra Aumento da Arrecadação Fiscal, por Fernando Nogueira da Costa

Infelizmente, argumentos factuais e lógicos não demovem a obstinação dos economistas e jornalistas neoliberais.

ABED: Os (des)caminhos da economia brasileira

Em 2020 o Produto Interno Brasileiro – PIB apresentou um desempenho negativo de -4,7%, interrompendo o já pífio crescimento observado nos anos mais recentes de 2015 a 2019

Exército não se percebe como parte do povo ao qual deveria servir, por Luis...

A relativa calmaria permitiu que os governos posteriores a 1985 se desinteressassem da questão e quase nada fizessem para adequar as Forças Armadas ao controle civil e à convivência democrática.

CPI do Negacionismo: A Ciência no campo das disputas político-ideológicas

Em um processo de midiatização da CPI, vemos senadores fazendo perguntas para os interrogados que foram tiradas da web, produzidas por internautas via Twitter. Por sua vez, recorrem às agências de checagem de fato, que se colocam como nova autoridade epistêmica para garantir a ‘verdade’ e os ‘fatos’.

Copa América no Brasil? A apropriação e ressignificação semiótica alt-right, por Wilson Ferreira

A guerra de bastidores que a Globo trava com a Conmebol e SBT reflete a “hipertelia” e “tautismo” da grande mídia - o destino de todos os sistemas tecnológicos.

“Sinto nojo, uma enorme tristeza”, diz Eliane Brum sobre mídia esconder atos contra Bolsonaro

"O que testemunhamos com essas capas é uma traição a todos os princípios do jornalismo. Essas capas são uma mentira", afirma a jornalista sobre a cobertura de O Globo e Estadão

Sexo, fascismo, o “pênis” da Fiocruz e Alan Moore, por Wilson Ferreira

Argumento que ecoa as teses de Wilhelm Reich sobre a psicologia de massas do fascismo, basicamente em torno de duas teses principais: preocupação exagerada em relação à sexualidade e erotismo e representações do poder e da rudeza

A mídia, as manifestações e o presidente incomível, por Eliara Santana

A beleza de manifestações cujo mote é a vida não foi dimensionada pela mídia corporativa brasileira. Imperou o silenciamento como linha editorial. Intencional e bem decidido.

Conduzir para não ser Conduzido: Crítica à Ideia de “Financeirização”, por Fernando Nogueira da...

Autor reuniu, em livro digital, uma coletânea de estudos sobre Finanças. Acrescentei outros artigos-resenhas e reflexões recentes, críticas à literatura de denúncia da “financeirização”.

Maria Helena Machado: Não se produz saúde sem assegurar condições adequadas de salário e...

Pesquisadora faz uma reflexão sobre a importância desses profissionais, que estão na linha de frente do combate à Covid-19. Já são quase 800 óbitos nesse grupo, em decorrência do coronavírus.

A realidade paralela da psy op militar: a bomba semiótica ‘Operação Pícaro’, por Wilson...

Psy op militar - operar duas facas no pescoço antes das eleições: na de Lula (a ameaça de nova condenação) e na da opinião pública – o fantasma da intervenção militar.

A referência fascista no passeio de moto de Bolsonaro

Presidente brasileiro emula passeio de Mussolini com apoiadores, realizado em junho de 1933 em Roma, capital da Itália

É a CPI da Pandemia ou do Genocídio? Pouco importa, o show psy op...

Para quê tudo isso? Seguindo a cartilha de Milton Friedman (Escola de Chicago), criar crises reais ou percebidas como reais para tornar politicamente inevitável a agenda neoliberal. No radar, a privatização do SUS.

Govcoins, as moedas dos bancos centrais que vão reescrever a história do sistema financeiro,...

Hoje em dia, o dinheiro tem marcas variadas, oferecidos por bancos com diversos Ratings até a aventura perigosa dos bitcoins. As moedas dos BCs teriam pontuação alta, pagamento centralizado e barato.

Como foi a primeira semana de depoimentos na CPI da COVID-19 no Senado?

A CPI da pandemia teve uma semana agitada, na qual foram ouvidos o atual ministro da Saúde e dois de seus antecessores. Theófilo Rodrigues analisa esta primeira semana de oitivas

PMs, milícias e governo Bolsonaro: uma relação de apoio, favores, vantagens, privilégios e carteiradas

Milícia não sobrevive sem braço político de apoio, favores, vantagens, privilégios e carteiradas. Por isso, ela é financiadora de campanhas eleitorais – Jacqueline Muniz

Daniel Cara: ‘Construir a política de educação junto com os educadores é inegociável’

É importante envolver os professores num processo de transição, da educação remota para educação híbrida e depois uma transição da educação híbrida para a educação presencial, que é a única que funciona

Leia também

Últimas notícias

GGN